E-book Previdência Privada e Seguros de Vida

E-book Previdência Privada e Seguros de Vida

Conheça as melhores opções para sua aposentadoria e proteção do seu patrimônio e sua família. Baixe agora o E-book Previdência Privada e Seguros de Vida

O que é Previdência Privada?

Previdência Privada é uma solução complementar à Previdência Social. Com ela, você economiza pequenos valores periodicamente e proporciona um futuro mais seguro e confortável para você e sua família.

Apesar de ser um investimento facultativo, a Previdência Privada é, hoje, uma alternativa bastante procurada pelos brasileiros, com o objetivo de complementação de renda.

Todos os Planos de Previdência Privada são fiscalizados pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), órgão do Governo Federal.

Como escolher um Plano de Previdência?

Para contratar um Plano de Previdência Privada de acordo com o seu perfil é necessário seguir 3 passos importantes, que estão detalhados abaixo.

O primeiro deles é a escolher a modalidade (PGBL ou VGBL), o segundo é escolher o regime de tributação (Tabela Progressiva ou Regressiva), e o terceiro é identificar a modalidade de plano ideal (Renda Fixa, Multimercado ou Fundo Dinâmico).

Por que é importante comparar?

A grande maioria dos fundos de previdência distribuídos em larga escala, possuem retorno abaixo do CDI e altas de taxas, tanto de administração, quanto de carregamento. De acordo com dados da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), no histórico dos últimos 5 anos até o dia 26 de setembro de 2016, apenas 11,1% dos fundos de planos de previdência conseguiram superar o CDI. Esse dado mostra a importância do investidor de sempre comparar para encontrar os melhores planos para aplicar. Por isso é importante:

-Buscar planos compatíveis com seus objetivos;

-Pesquisar e escolha planos com taxa de carregamento zero;

-Escolher planos com taxa de administração menor que 1,5% na renda fixa e 3% nos compostos;

-Dar atenção para a rentabilidade e histórico do fundo e da instituição;

-Considerar seriamente a portabilidade.

Receba as Melhores Recomendações de Investimentos

Quer receber as melhores análises e recomendações de investimentos do mercado? Conheça nossos Produtos, clicando aqui.

 

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

 

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Fontes das Informações: Valor, InfoMoney, Quantum, Estadão/Broadcast, Folha, Exame, B3, MoneyTimes.

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Capitalizo consultoria, análises e recomendações de investimentos.

E-book Investimentos no Exterior

E-book Investimentos no Exterior

Da mesma forma que os investimentos em Ouro e Dólar são considerados ‘’portos seguros’’, diversos ativos financeiros de vários países do mundo também são muito seguros, além de rentáveis – especialmente os investimentos feitos nos EUA. Cada vez mais investidores têm se atentado a isso e já consideram os investimentos no exterior como parte importante da diversificação na montagem de sua carteira de investimentos. Confira como investir no exterior.

A outra opção, com maior eficiência fiscal e utilizada por investidores de alto patrimônio, é a abertura de uma empresa no exterior (“offshore”) que permite o diferimento de pagamento de imposto de renda até a repatriação dos recursos.

A seguir, vamos detalhar as duas opções de investimentos no exterior, deixando o dinheiro no Brasil e enviando o dinheiro para fora.

Como investir no exterior?

Existem, basicamente, duas maneiras de se investir no exterior: enviando recursos para fora ou comprando produtos no Brasil que invistam no exterior.

Se o investidor optar por deixar os recursos no Brasil, ele pode investir, por exemplo, em fundos de investimento “multimercado” ou de “investimento no exterior”.

Ao mandar os recursos para exterior, o investidor pode abrir uma conta pessoa física fora do Brasil. Mas com isso, passa a ser obrigado a recolher mensalmente o IR devido sobre os rendimentos (carnê-leão).

  • Fundos
  • Ações
  • dolar
  • investimentos
  • fiis
  • moedas
  • renda
  • fixa

Fundos de investimentos internacionais

Os fundos de investimentos internacionais investem recursos no exterior. Através desses fundos, é possível investir em ativos estrangeiros, como ações americanas, títulos do governo americano, ações europeias e até ativos brasileiros negociados no exterior.

Investir nesse tipo de fundo é a maneira mais fácil de investir em ativos no exterior, com custo baixo, sendo uma ótima oportunidade de diversificação de carteira com boa liquidez no caso de resgates.

A emissão desse instrumento poderá ser feita em duas modalidades:

A.Valor Nominal Protegido: quando há garantia do valor principal investido.

  1. Valor Nominal em Risco: quando há possibilidade de perda até o limite do capital investido.

Receba as Melhores Recomendações de Investimentos

Quer receber as melhores análises e recomendações de investimentos do mercado? Conheça nossos Produtos, clicando aqui.

 

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

 

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtubee inscreva-se.

Fontes das Informações: Valor, InfoMoney, Quantum, Estadão/Broadcast, Folha, Exame, B3, MoneyTimes.

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Capitalizo consultoria, análises e recomendações de investimentos.

E-book COE

E-book COE

Já pensou em combinar a proteção oferecida pela renda fixa com a possibilidade de ganhos mais robustos proporcionada pela renda variável? Conheça o COE .

COE – Certificado de Operações Estruturadas

Já pensou em combinar a proteção oferecida pela renda fixa com a possibilidade de ganhos mais robustos proporcionada pela renda variável?

Essa é a proposta do COE, um tipo investimento que permite acessar retornos de diversos ativos nacionais ou internacionais, como commodities, ações, moedas, ETFs e índices.  Lançado em 2014 no Brasil, é considerado a versão brasileira das Notas Estruturadas, muito populares na Europa e nos Estados Unidos desde a década de 90.

O COE é sempre emitido por um banco e existe em duas modalidades:

Valor Nominal Protegido: quando há garantia do valor principal investido.

Valor Nominal em Risco: quando há possibilidade de perda do capital investido.

Conclusão

O COE é uma excelente forma de diversificação de investimentos. Por não ser um investimento que fica ‘’sempre aberto’’ para novas aplicações, precisamos investir no momento que o COE for ofertado. Normalmente essas ofertas ocorrem todo início de mês e possuem uma grande diversificação entre os tipos de ativos que vão compor as carteiras de cada um. Se ficou com alguma dúvida, fale com a gente.

Não custa lembrar: esse material é de cunho educacional e não representa oferta, análise ou recomendação de investimentos.

Receba as Melhores Recomendações de Investimentos

Quer receber as melhores análises e recomendações de investimentos do mercado? Conheça nossos Produtos, clicando aqui.

 

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

 

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtubee inscreva-se.

Fontes das Informações: Valor, InfoMoney, Quantum, Estadão/Broadcast, Folha, Exame, B3, MoneyTimes.

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Capitalizo consultoria, análises e recomendações de investimentos.

E-book Como Especular na Bolsa de Valores

E-book Como Especular na Bolsa de Valores

Conheça os principais mercados e conceitos para fazer suas operações de curto prazo, e aprenda como especular na Bolsa de Valores

Como começar

Assessoria, conhecimento, algum tempo para acompanhar o mercado e boas ferramentas de análise e negociação, são requisitos importantes para quem quer entrar no mundo da Bolsa de Valores.

A somas dos requisitos acima deve resultar em uma ESTRATÉGIA que, se executada com DISCIPLINA, pode nos PROTEGER de perdas e GERAR grandes GANHOS.

Lembrando que, independente da estratégia escolhida, ela deve ser clara em relação ao momento de compra e venda de um ativo.

Basicamente, o mercado se divide em operações de curto, médio e longo prazo.

O Stop, significa sair de uma operação

O Stop de Perda, significa cessar os prejuízos, encerrar a operação e partir ‘’pra outra’’.  Um bom trader sabe que não vai ganhar sempre e que, não pode deixar uma operação errada estragar o ganho de operações que deram certo.

Lembre-se: ‘’o melhor prejuízo, é sempre o primeiro’’.

Já o Stop de Ganho, significa sair da operação com lucro, quando nosso objetivo for atingido. Um bom trader sabe que é importante não ser ganancioso demais, e muito menos entregar o ganho para o mercado.

Lembre-se: ‘’lucro bom, é lucro no bolso’’.

Como começar

Stop, alavancagem e disciplina

Mercado de ações e ferramentas de negociação

Operações a termo

Venda alugada de ações

Saiba como operar opções de compra

Contrato futuro de dólar

Contrato futuro de índice

Importância da Análise Técnica

Figuras gráficas, indicadores e estratégias operacionais

Receba as Melhores Recomendações de Investimentos

Quer receber as melhores análises e recomendações de investimentos do mercado? Conheça nossos Produtos, clicando aqui.

 

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

 

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Fontes das Informações: Valor, InfoMoney, Quantum, Estadão/Broadcast, Folha, Exame, B3, MoneyTimes.

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Capitalizo consultoria, análises e recomendações de investimentos.

E-book Análise Técnica

E-book Análise Técnica

A análise técnica ou análise gráfica, de maneira resumida, é uma abordagem que utiliza gráficos como ferramenta principal para determinar o melhor momento (e preço) para comprar e vender ativos. Em complemento a utilização de gráficos, a análise técnica inclui também uma série de teorias sobre como acontecem os movimentos do mercado.

As características principais da Análise Fundamentalista são:

  • Tenta medir o valor intrínseco de um ativo, ou seja, determinar um valor adequado que reflita a situação da empresa no presente e as expectativas futuras.
  • O valor intrínseco inclui fatores difíceis de quantificar como posicionamento da empresa no mercado.
  • Análise fundamentalista estuda as questões relativas à economia e perspectivas do segmento a que pertence a empresa.
  • Avalia como ocorre o gerenciamento da empresa.

Análise Técnica x Análise Fundamentalista

As principais características da análise técnica são:

  • Analisa os dados gerados pelas transações como preço e volume.
  • Utiliza os gráficos na busca de padrões
  • Visualiza a ação dos componentes emocionais presentes no mercado
  • Analisa as tendências e busca determinar alvos (até onde os preços irão se movimentar).

Conclusão

As duas escolas têm por objetivo determinar o que comprar/vender quando comprar/vender. Contudo, utilizam abordagens claramente diferentes para atingir esse objetivo

Quer receber as melhores as recomendações de operações de curto prazo na Bolsa de Valores?

FULL TRADER é o produto mais completo de recomendações de operações em Bolsa de médio e curto prazos. Receba as melhores recomendações nos mais diferentes mercados e estratégias: Day Trade, Swing Trade e Position Trade em Ações, Índice Futuro e Dólar, Opções, Long&Short, Termo e Aluguel de Ações, Boi Gordo, Milho e S&P Futuro.

Conheça o nosso Produto FULL TRADER.

 

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

 

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Capitalizo consultoria, análises e recomendações de investimentos

Receba nossos relatórios Grátis