Ranking de Fundos de Ações

Ranking de Fundos de Ações

Quem gosta de aproveitar todas as oportunidades e potencial de rentabilidade que a Bolsa de Valores pode proporcionar, mas não tem tempo, paciência e/ou conhecimento para avaliar, selecionar e acompanhar ativo por ativo, pode optar pelos Fundos de Investimentos.

Uma das principais vantagens de um fundo são as escolhas de uma gestão profissional, especializada na administração do portfólio. Investindo em um fundo, você também conta com uma diversificação estratégica de ativos, evitando expor-se a eventuais riscos decorrentes da concentração como crises pontuais e/ou setoriais.

Fundos de Investimentos em Ações

Dentre os diversos tipos de Fundos de Investimentos, existem os fundos de ações, que são aqueles focados em selecionar e inserir em seu portfólio os papéis de empresas listadas na Bolsa de Valores.

Realizamos um estudo com o rendimento dos principais fundos de investimento em ações disponíveis no mercado. Vale ressaltar que constam nessa categoria, Fundo de Ações Long Only, Long Biased e no Exterior.

O Ranking leva em contato o fechamento dos últimos 12 meses:

Fundos de Ações – Rentabilidade em 12 Meses

FUNDOS DE AÇÕES RETORNO 12M
LEGG MASON ROYCE US SMALL CAP OPPORTUNITY FIA IE 109,78%
TRIGONO DELPHOS INCOME FIC FIA 105,65%
TRIGONO VERBIER FIA 105,21%
TRIGONO FLAGSHIP 60 SMALL CAPS FIC FIA 104,02%
EXPLORITAS LATAM FIC FIA 103,12%
TREND IBOVESPA ALAVANCADO FIA 92,03%
ORGANON FIC FIA 87,59%
TARPON GT FIC FIA 86,96%
KADIMA EQUITIES FIC FIA 68,69%
LUMINUS FIA 63,65%

Conheça o Top Fundos e receba as melhores recomendações e acompanhamento do mercado de Fundos de Investimentos

O Top Fundos de Investimentos é o produto mais completo do mercado. Adquirindo nosso produto, você receberá informações para investir nos mais diferentes Fundos:

  • Fundos de Renda Fixa
  • Fundos de Previdência
  • Fundos Internacionais
  • Fundos Multimercados
  • Fundos de Ações 
  • Fundos Imobiliários
  • Três Carteiras Recomendadas de Fundos de Investimentos e a nossa Carteira de Fundos Imobiliários

Além da possibilidade de diversificação de carteira, você terá acesso total a nossa equipe de atendimento via telefone, e-mail, WhatsApp e Telegram, sempre que precisar. 

Desde outubro de 2017, nossa Carteira Recomendada de Fundos de Investimentos em Ações já rendeu mais de 117%. No mesmo período, o desempenho do Ibovespa, o principal indicador da bolsa de valores brasileira, foi de cerca de 56%. Já o S&P 500, um dos principais índices do mercado de capitais norte-americano foi de 41%.

Conte você também com essa e muitas outras carteiras vencedoras!

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795
Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855
Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Como fazer uma análise fundamentalista de ações eficiente?

Quem se insere na bolsa de valores pode ter duas posturas diferentes: a de especulação e a de investimento. A primeira mantém o foco no lucro que pode ser obtido no curto prazo — e, para isso, faz uso de análises técnicas ou gráficas.

Já no segundo caso, o objetivo é identificar empresas sólidas e com perspectivas de resultados financeiros positivos no futuro. Diferente da especulação, no investimento de longo prazo é preciso se certificar de que a companhia tenha bons fundamentos e que ofereça projeções promissoras.

Uma das principais alternativas para encontrar estas empresas na bolsa é descobrir como fazer uma boa análise fundamentalista. Afinal, ela permite ao investidor entender a situação do negócio e basear melhor suas decisões na bolsa. Então continue a leitura e aprenda a fazer uma análise fundamentalista de ações eficiente!

O que é a análise fundamentalista de ações?

A análise fundamentalista parte do conceito de fundamentos, que são indicadores que mostram a saúde financeira de uma companhia, assim como outros aspectos importantes. Por exemplo, sua participação no mercado, a qualidade da sua gestão, etc.

Todos são pontos essenciais para as decisões de sociedade. Afinal, se você fosse convidado para se tornar um dos sócios principais de um negócio teria que avaliar as possibilidades e os riscos inerentes a ele, não é mesmo?

O investimento em ações também deve ser visto dessa forma. Ainda que a quantidade de papéis comprados não garanta a você uma participação majoritária, o retorno obtido com os investimentos depende da saúde da empresa.

O lucro do investidor com as ações pode se dar tanto com o recebimento de proventos quanto com a valorização do preço dos papéis.

No primeiro caso, trata-se da divisão de parte dos lucros da empresa e distribuição entre os acionistas. Logo, o negócio precisa ser sólido e ter resultados positivos para lhe dar dinheiro.

No caso da valorização das ações a lógica é parecida. Se você pensa em lucrar com a venda dos papéis no futuro, é preciso escolher companhias que ofereçam expectativas positivas. Caso ela enfrente problemas ao longo do tempo, a tendência é que os papéis se desvalorize.

Portanto, saber como fazer uma análise fundamentalista eficiente proporciona um melhor manejo de riscos e aumenta suas chances de sucesso. A estratégia de avaliar empresas, inclusive, foi e ainda é defendida por grandes investidores – como Benjamin Graham e Warren Buffett.

Como fazer análise fundamentalista?

Um dos principais objetivos da análise fundamentalista é avaliar o presente e as perspectivas de futuro da empresa para encontrar oportunidades na compra de ações. Para isso, um aspecto é central: a informação.

A avaliação dos fundamentos consiste em buscar dados sobre as companhias listadas na bolsa e refletir sobre eles — tanto individualmente como em conjunto. Assim, pode-se saber mais sobre o desempenho do negócio e fazer previsões sobre o comportamento dele no longo prazo.

Ficou claro até aqui? Então veja a seguir quais são os passos essenciais para entender como fazer uma análise fundamentalista eficiente e encontrar boas oportunidades de investimento na renda variável:

Conhecer os principais fundamentos

Existem diversos fundamentos que merecem a atenção dos investidores. Como expliquei, eles envolvem tanto a realidade financeira da empresa quanto seus aspectos de gestão – e também fatores relacionados ao mercado e à economia de maneira mais ampla.

Ou seja, não é recomendado analisar somente a empresa, de maneira isolada. Afinal, ela faz parte de determinado setor, está exposta a riscos e possibilidades da economia nacional e internacional, etc.

Nesse sentido, os fundamentos podem ser quantitativos ou qualitativos – e você precisa entendê-los para fazer uma análise mais adequada.

Qualitativos

Os qualitativos dizem respeito a evidências que não são medidas, necessariamente, em números. Um exemplo é a qualidade da gestão, que pode ser percebida pela transparência de informações e pela reputação da empresa no mercado, por exemplo.

Quantitativos

Já os quantitativos indicam fundamentos numéricos — especialmente úteis para avaliação da saúde financeira e dos resultados do negócio. Alguns exemplos são:

  • A receita e o lucro da empresa: mostram como o negócio vem se comportando e lucrando nos últimos anos;
  • O valor intrínseco: avalia o valor da empresa e projeta qual seria o preço justo da ação para refleti-lo;
  • O Preço/Valor Patrimonial: cálculo que mostra a relação do preço de mercado da ação em relação ao seu patrimônio;
  • O ROE: taxa de retorno de investimento dos acionistas;
  • O Dividend Yeld: a quantidade (em percentual) de dividendos pagos em relação ao preço da ação.

Acompanhar informações sobre as empresas

Uma vez que você conheça os principais fundamentos da empresa, e eleja aqueles que usará para realizar sua análise fundamentalista, um cuidado indispensável é acompanhar as informações sobre as companhias que despertam seu interesse.

Afinal, os dados que proporcionam a análise partem das informações compartilhadas pelo negócio e das notícias que envolvem a empresa e/ou o seu setor. Em relação aos fundamentos quantitativos, você deve ficar atento às análises contábeis.

As empresas de capital aberto devem divulgar seus balanços para informar investidores e interessados — geralmente, a divulgação acontece trimestralmente. Dois documentos essenciais são o Balanço Patrimonial e a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

Ao acompanhar os dados relevantes sobre as empresas, fique atento e busque fazer uma avaliação histórica dos negócios. Não é indicado considerar apenas o último trimestre ou mesmo o último ano. O ideal é ter um histórico amplo para saber como a companhia vem se comportando ao longo dos anos.

Comparar empresas do mesmo setor

Outro ponto importante é se atentar à comparação entre companhias. Ao avaliar as informações de dois ou mais negócios de seu interesse, você deve considerar empresas de um mesmo setor.

Do contrário, há o risco de ter resultados sem fidedignidade, já que os dados comparados não terão relação entre si.

Entender o ambiente macroeconômico

Todos os resultados de uma companhia têm relação também com o ambiente macroeconômico — do Brasil e do mundo. Afinal, diversos acontecimentos internacionais impactam negócios brasileiros.

Assim, vale a pena acompanhar notícias sobre:

  • O PIB atual e as expectativas em relação a ele;
  • A taxa de renda e desemprego no país;
  • Os índices de inflação e o poder de compra da população;
  • A taxa de juros nacional e a taxa de câmbio com moedas relevantes;
  • A competitividade da empresa no mercado nacional e global;
  • O crescimento do setor no qual a empresa se insere.

Contar com suporte de especialistas

Como você pode ver, a tarefa de realizar uma análise fundamentalista de ações é bastante complexa, já que são muitos detalhes envolvidos na hora de descobrir como avaliar um papel.

Por isso, a última dica para analisar os fundamentos das companhias com eficiência é contar com suporte de profissionais especializados no assunto.

Quem contrata o produto Invista em Ações, oferecido pela Captalizo, por exemplo, tem a vantagem de encontrar as informações fundamentalista reunidas de maneira simples e muito mais prática para o investidor.

Desta forma, fica muito mais fácil não apenas fazer uma análise fundamentalista muito mais eficiente, como também contar com recomendações de especialista acerca das melhores ações disponíveis no mercado.  

Assim, você se sentirá muito mais seguro ao tomar suas decisões de longo prazo na bolsa e fará bons investimentos no mercado financeiro!

Quer começar a construir uma carteira muito mais sólida a partir de agora? Então contrate o produto Invista em Ações. Assim você tem acesso a Carteiras de Dividendos, Crescimento, Top Recomendadas, Small Caps, Buy & Hold Raíz, Ações Internacionais e recomendações de Fundos de Ações.

Além disso, toda semana são enviadas atualizações das melhores ações, como aviso de pagamentos de dividendos, fatos relevantes, análises setoriais e análises de relatórios trimestrais e semestrais para incrementar sua carteira de ações e impulsionar seu patrimônio!

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Swing Trade – Como funciona + Resultados das nossas recomendações

Swing Trade

O Swing Trade é uma das operações mais procuradas por investidores que querem fazer operações de curto prazo na Bolsa de Valores. Abaixo, separamos alguns tópicos importantes para entender melhor como funciona o Swing Trade e também as nossas recomendações nesse tipo de operação:

O que é Swing Trade?

Swing Trade é um tipo de operação que tem como objetivo captar movimentos de curto prazo na Bolsa. As operações costumam durar de um dia até um mês.

Como são definidos os pontos de entrada e saída das operações?

Na Capitalizo, utilizamos Análise Técnica (gráficos) para determinar os pontos de entrada e saída das operações. O acompanhamento é feito através dos gráficos diário e de 60 minutos.

Tipos de Operações e Mercados

As nossas recomendações dão tanto na “ponta comprada” (para ganharmos com a alta dos preços), quanto na “ponta vendida” (para ganharmos com as baixas dos preços). Além de enviarmos recomendações com ações, eventualmente também são recomendadas operações nos Contratos Futuros de Boi Gordo e Milho.

Como são enviadas as recomendações de Swing Trade?

Todas as recomendações são enviadas pelo nosso Aplicativo, pelo nosso sistema (exclusivo para desktop) ou pelo Telegram (onde você também pode interagir com nossa equipe de atendimento, em caso de dúvidas). Igualmente, você sempre será avisado quando houver uma recomendação e quando for indicado encerrar a operação.

Quanto eu posso perder?

A assertividade média das recomendações de Swing Trade é de 56%. Isso significa que de cada 10 recomendações, temos lucro em mais da metade. O prejuízo (stop) médio fica entre 1% e 5%.

Quanto eu posso ganhar?

Por tratar-se de um investimento de Renda Variável, não é possível projetarmos nem prometermos nenhum ganho. Porém, considerando os resultados passados, as operações com ganho (gain) costumam render entre 5% e 10%.

Apenas como exemplo, seguem os resultados de algumas das recomendações enviadas:

Resultados acumulados da estratégia (somente operações encerradas):

-2017: + 69,23%

-2018: + 9,29%

-2019: + 37,29%

-2020: + 62,97%

-12 meses: + 67,71%

-Total acumulado desde 2017: + 325,86%

-Taxa de acerto total: 56,32%

Importante lembrar ainda que, mantendo nossa política de transparência, os resultados de todas as recomendações estão disponíveis para os clientes Full Trader em nosso sistema.

E você, quer fazer operações de curto prazo? Conte com as recomendações de Swing Trade da Capitalizo.

Conheça o Full Trader e receba as melhores recomendações de curto, médio e longo prazos na Bolsa de Valores

Full Trader é o produto mais completo do mercado para suas operações na Bolsa de Valores. Adquirindo, você recebe:

  • Recomendações de compra e venda de ativos acompanhadas pelo nosso time de analistas via App, Telegram e Painel do Trader;
  • Acesso ao nosso pregão ao vivo exclusivo para operações Day Trade;
  • Contato direto com nossa equipe via  WhatsApp, Telegram, Telefone e E-mail;
  • Recomendações e análises em tempo real de operações Day Trade (Índice, Dólar e Ações), Swing Trade (Ações, Milho e Boi), Position Trade em Ações, Rastreador de Tendências (Estratégia Exclusiva), Opções, Long&Short, Termo e Aluguel de Ações.
  • Acesso ao produto Invista em Ações e as nossas recomendações de Longo Prazo (Carteiras Recomendadas, Ações no Exterior e Fundos de Ações).

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.

As rentabilidades dos instrumentos financeiros podem apresentar variações em seu preço ou valor. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos e taxas. O analista se exime da responsabilidade de qualquer prejuízo, direto ou indireto, que venham a ocorrer da utilização deste relatório ou conteúdo. Os descritivos das recomendações feitas, objeto de minuciosas análises de ativos para investimento, foram periodicamente publicados e estão devidamente registrados junto ao órgão regulador Apimec (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais). O investimento em ações é indicado para investidores com o perfil moderado e agressivo. Operações alavancadas em ações, em mercados de derivativos e opções podem gerar perdas superiores ao patrimônio do investidor. Pedimos atenção e cuidado com as operações alavancadas em ações (termo, aluguel, long&short, day-trade), opções e mercados futuros (Índice, Dólar, Boi Gordo, Milho, etc).

Destaques da Semana Capitalizo

Destaques da Semana

Confira os destaques das nossas últimas publicações gratuitas do nosso Canal no Youtube e do Blog da Capitalizo. Essa semana, muito conteúdo para você.

Confira também os destaques do mercado do dia 30/04, clicando aqui.

– Relatórios Grátis do Mês

E-Book Especial – Fundos Imobiliários

– Bolsa de Valores – Longo prazo e informações de empresas 

Vídeo – Ações para ficar de olho essa semana | 25/04

Vídeo – Minha SMALL CAP FAVORITA para 2021 | RAPT4 | RANDON

Vídeo – Ações para ficar de olho no PÓS-COVID

Artigo – Ações ‘baratas’: saiba identificar barganhas na Bolsa de Valores

Vídeo – ITAÚSA vai às compras e está virando holding “de verdade” | ITSA4 | ITSA3

Artigo – Confira o desempenho da nossa carteira de ações internacionais

Vídeo – A AÇÃO PARA FICAR DE OLHO EM MAIO/21 | Análises de longo e curto prazos

– Curto e Médio Prazos (Trade)

Artigo – Long e Short – Entenda como funciona + Resultados das nossas recomendações

Vídeo – Fechamento do Pregão 30/04 – Ao vivo, diariamente, no nosso Canal

Vídeo – 4 Características para ser um TRADER DE SUCESSO

Vídeo – 7 AÇÕES QUE ESTAMOS DE OLHO PARA O MÉDIO PRAZO | IRBR3, BBSE3, AERI3, SEQL3, CAML3, DMVF3, MDIA3

– Fundos Imobiliários

Artigo – Informativo Semanal de Fundos Imobiliários 

Vídeo – FIIs para ficar de olho essa semana | 28/04

– Fundos de Investimentos, Carteiras,  e Renda Fixa

Artigo – Destaques econômicos da semana 

Vídeo – 4 anos seguindo as recomendações da Capitalizo | RESULTADOS

Artigo – Ranking de Fundos de Ações

Artigo – ETF: saiba o que é e como funciona

– Criptoativos

Reprise da LIVE | Criptomoedas em queda, é hora de comprar?

Vídeo – Dogecoin (DOGE) | Vale a pena comprar?

Artigo Especial – 3 motivos para investir em Bitcoin e outras criptomoedas

Conteúdos novos e atualizados na plataforma de clientes Capitalizo

Todos os dias, disponibilizamos novos conteúdos para nossos clientes. Veja abaixo as atualizações dessa semana. Para visualizar cada um, entre na plataforma de clientes utilizando seu login. Se você ainda não é cliente Capitalizo, adquira um de nossos produtos e tenha acesso a conteúdos exclusivos.

Relatórios Invista em Ações

-Resumo de Resultados das Recomendações de Longo Prazo, Relatório de Análise da Arezzo (ARZZ3), Atualização de informações sobre a Lojas Americanas (LAME3, LAME4), Atualização de informações sobre a Gol (GOLL3, GOLL4), Relatório de Análise da Vale (VALE3), Relatório de Análise da Energias do Brasil (ENBR3), Atualização de informações sobre a Weg (WEGE3), Atualização de informações sobre a Itaúsa (ITSA3, ITSA4), Relatório de Análise da Engie Brasil (EGIE3), Atualização de informações sobre o Grupo Soma (SOMA3), Relatório de Análise da Hypera Pharma (HYPE3)

Relatórios Top Fundos de Investimentos

-Fundos de Investimentos: Relatório Semana de Aberturas e Fechamentos de Fundos, Relatório de Análise do Brasil Capital 70 XP Seg Advisory Prev FI Multimercado

Fundos Imobiliários: Informativo Semanal de Fundos Imobiliários

Relatórios Carteiras Capitalizo

-Informativo Semanal de Criptoativos, Relatório de Análise do ETF HASH11

Top Renda Fixa

-Panorama Econômico Semanal, Conheça o CDB do Banco Pan

Full Trader

-As análises e recomendações do nosso produto Full Trader são enviadas durante o pregão: Day Trade, Swing Trade, Position Trade, Rastreador de Tendências, Opções e Long&Short.

Quer receber as melhores análises e recomendações de investimentos do mercado?

Conheça nossos produtos de recomendações

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

3 razões para ter criptoativos em sua carteira de investimentos!

Dentre todas as criptomoedas existentes, a mais famosa, com certeza, é o Bitcoin. Mas, além dele, existem ainda outras diversas alternativas que podem ser tão interessantes quanto. Confira 3 principais motivos que nosso setor de análise entende que você deve investir em criptoativos:

1. Segurança

Cada vez mais, muitas exchanges e corretoras confiáveis passam a trabalhar com criptomoedas, além de fundos de investimentos que já contam com essa modalidade em seu portfólio.

2. Aceitação cada vez maior

Instituições gigantescas ao redor do mundo como a Tesla e a Mastercard têm nos planos passar a aceitar criptomoedas como forma de pagamento. O Morgan Stanley vai fornecer acesso a fundos de Bitcoin. Já no Brasil, teremos, em breve, um ETF de criptoativos na B3. Além de muitas outras evoluções.

3. Escassez

O Bitcoin é escasso e tem quantidade muito limitada, o que é bom para um ativo de reserva de valor, ainda mais em um cenário de juros baixos e com a brutal impressão de dinheiro que é feita pelos bancos centrais mundo afora.

Saiba mais e conheça nosso produto que conta com uma carteira composta exclusivamente por criptoativos:

Clique aqui e conheça o Carteiras Capitalizo agora mesmo!

Nos últimos 12 meses, o Bitcoin já valorizou mais de 1.000%, saindo da casa dos R$ 37 mil para uma cotação de mais de R$ 324 mil. Isso mesmo! E, somente, em 2021, a alta já é de mais de 85%. Um desempenho em tanto. Confira o movimento do ativo no gráfico abaixo:

Já pensou na grande oportunidade que você pode ter perdido? Mas calma. Estamos aqui para lhe ajudar e fazer de tudo para que você não perca mais chances como essa!

O preço vai continuar subindo?

É impossível cravar o grau de evolução do valor do bitcoin daqui pra frente. Mas, de uma coisa temos certeza: enquanto esses fundamentos continuarem sólidos, não há motivos para que o bitcoin não suba mais ao longo tempo. E, além dele, existem ainda outras inúmeras criptomoedas que estão em momento semelhante ao do início do boom do Bitcoin e que podem, daqui para frente, lhe proporcionar excelentes lucros!

Agora que você já sabe as vantagens de contar com os criptoativos em seu portfólio de investimentos, você deve estar se perguntando: “mas como vou saber avaliar e escolher exatamente em quais devo investir?”

Quer saber em quais criptomoedas investir e o quanto de cada uma alocar em sua carteira?

Clique aqui e adquira o Carteiras Capitalizo!

Com ele, você tem acesso a uma carteira recomendada composta exclusivamente por Criptoativos. Ela prioriza o retorno de longo prazo e é composta por diferentes tipos de moedas que apresentam bom potencial de crescimento futuro.

E para deixar tudo ainda melhor, utilizando o cupom CRIPTO20 direto na área de compras do nosso site, você garante um desconto de 20% DE DESCONTO ao adquirir o Carteiras Capitalizo!

Clique aqui e adquira com desconto!

Ao adquirir o Carteiras Capitalizo, você tem acesso a recomendações de:

  • Renda Fixa
  • Fundos de Investimentos
  • Fundos Imobiliários
  • 6 Carteiras de ações para longo prazo: crescimento, dividendos, small caps, top recomendadas, buy & hold raíz e internacional
  • 3 Carteiras Diversificadas para diferentes perfis
  • Carteira Tiago Prux
  • Carteira exclusiva de Criptoativos

Fique por dentro ainda dos avisos de pagamentos de dividendos, fatos relevantes, análises setoriais e análises de relatórios trimestrais e anuais.

E mais!

Sendo cliente Capitalizo, você também:

✔ Tem acesso total a nossa equipe de atendimento para tirar dúvidas por e-mail, WhatsApp e Telegram;
✔ Recebe materiais, e-books e relatórios exclusivos;
✔ Pode solicitar uma análise de seus investimentos já existentes;
✔ Assiste às mentorias fechadas para clientes e tira suas dúvidas direto com o Tiago Prux.

Clique aqui e torne-se cliente Capitalizo agora mesmo!

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795
Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855
Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

 

ETF: saiba o que é e como funciona

A maioria dos investidores já deve, no mínimo, ter ouvido a respeito de ETFs, sendo estes uma forma de realizar seus investimentos no mercado de capitais.

Em seu conceito, ETF é a abreviação, em inglês, para Exchange Traded Fund. Chamado também de “Fundo de Índice”, o ETF é um tipo de investimento que aloca seu capital em um conjunto pré-determinado de ativos.

De forma geral, um ETF assemelha-se a um fundo de investimento, podendo alocar seu dinheiro em uma “cesta” de commodities, títulos de renda fixa, ações índices de mercado, entre outros. Vale ressaltar, porém, que a grande maioria dos ETFs possuem uma gestão passiva seguindo uma metodologia pré-determinada.

Quais as vantagens dos ETFs?

Dentre as vantagens de realizar investimentos via ETF, destacamos: diversificação, facilidade e taxas reduzidas.

Como dito, um ETF é formado por um conjunto de ativos. Portanto, seu primeiro grande benefício está relacionado a diversificação. Ao se adquirir um ETF, o investidor acaba usufruindo da performance dos variados ativos que compõe o mesmo. Além do mais, a diversificação é uma das grandes aliadas na redução de riscos.

Quanto à facilidade, um ETF pode ser negociado facilmente no ambiente de bolsa de valores, como uma ação ou cota de fundo imobiliário, por exemplo. Portanto, com simples operações de compras e vendas de ETFs o investidor estará, de forma indireta, negociando grandes quantidades de ativos.

Por fim, vale ressaltar que os ETFs são administrados por companhias de gestão. Por isso, semelhantes aos fundos de investimento, nos ETFs também são cobradas taxas relativas a essa atividade gerencial, mesmo que passiva. As taxas, porém, costumam ser menores que as praticadas pela maioria dos fundos. Um ETF de ações, por exemplo, pode cobrar taxa de administração de 0,5% a.a., enquanto uma taxa de um fundo de investimento acionário é praticada atualmente em torno de 2,0% a.a.

Existem desvantagens ao se investir em ETF?

Sim, como em qualquer ativo mobiliário. Uma das grandes desvantagens dos ETFs refere-se ao fato dos investidores não deterem a gestão do portfólio que o compõe. Nele pode haver papéis que não agrade um determinado investidor, que acaba se vendo impotente diante da situação.

O fato dos ETFs cobrarem taxas pelas suas administrações também pode ser visto como uma desvantagem, uma vez que acaba por subtrair parte da rentabilidade gerada pelos ativos.

Por fim, para o investidor que deseja receber diretamente os proventos distribuídos pelos ativos, um ETF pode não ser uma boa opção, já que os ETFs não distribuem dividendos. Os rendimentos recebidos pelo ETF, a partir dos ativos que o compõe, são reinvestidos dentro do próprio ETF, seguindo sua metodologia pré-determinada.

Quais ETFs existem no Brasil?

Na bolsa brasileira existem, atualmente, mais de 15 ETFs listados. A grande maioria deles é composta por ETFs que investem em ações. No entanto, também há ETFs de títulos de renda fixa.

Dentre todos, destacam-se três: BOVA11, SMAL11 e IVVB11.

O BOVA11 é um ETF que replica o desempenho do índice Bovespa. Portanto, sua carteira é composta juntamente pelas ações das empresas integrantes do IBOV.

Semelhante ao anterior, o SMAL11 também busca retornos replicando um índice. Neste caso, no entanto, o índice é o SMLL. Assim, a carteira deste ETF é composta pelas ações de companhias Small Caps (baixa capitalização) que integram o índice citado.

Por fim, o IVVB11 é o ETF que replica o desempenho do índice americano S&P500, sendo este composto pelas 500 maiores empresas, em termos de valor de mercado, dos EUA.

Engana-se, porém, quem acredita que os ETFs são poucos comuns, dada a pouca quantidade destes no Brasil. Como argumento contrário a esta falácia, cabe citar que nos EUA, por exemplo, os ETFs representam aproximadamente 1/3 de todo volume de suas bolsas.

Quanto rende um ETF?

O gráfico abaixo apresenta o desempenho dos três ETFs citados acima desde maio de 2014:

Pelo gráfico, vemos que o BOVA11 obteve uma valorização de aproximadamente 125% no período citado. Já o SMAL11, ultrapassou este primeiro e valorizou 131%. Por fim, o IVVB11 obteve uma performance de mais de 479% até o momento.

Vale ressaltar que, pelo fato de refletir o desempenho de ações americanas, o IVVB11 também contabiliza os efeitos do câmbio ao se transferir os preços de Dólar para Real.

Por fim, cabe ressaltar que é necessário que o investidor entenda a fundo os ETFs antes de adquiri-los, sabendo avaliar quais os ativos o compõe, quais parâmetros influenciam suas performances e quais são seus riscos. O auxílio de profissionais e especialistas também pode se tornar fundamental antes de se realizar os investimentos.

Além disso, vale ressaltar que, apesar do ETFs serem boas opções de investimento, a escolha e montagem de carteira diretamente em ações pode trazer ainda mais ganhos no longo prazo.

Quer receber as melhores recomendações para montar sua carteira de longo prazo?

Com o Carteiras Capitalizo, você tem acesso a Carteira do próprio Tiago Prux, montada pelos analistas da Capitalizo. O portfólio do Tiago Prux busca reunir as modalidades e ativos (tanto nacionais quanto internacionais) em uma composição global que possa potencializar à rentabilidade com o passar do tempo. O objetivo da carteira é superar o Ibovespa e o Dow Jones no longo prazo.

Resultados

Desde abril de 2017, o portfólio pessoal do Tiago Prux já valorizou mais de 328% contra 90% do Ibovespa, 79% do S&P 500 e 23% do CDI no mesmo período!

Ao adquirir o Carteiras Capitalizo, você tem acesso a recomendações de:

  • Renda Fixa
  • Fundos de Investimentos
  • Fundos Imobiliários
  • 6 Carteiras de ações para longo prazo: crescimento, dividendos, small caps, top recomendadas, buy & hold raíz e internacional
  • 3 Carteiras Diversificadas para diferentes perfis
  • Carteira Tiago Prux
  • Carteira exclusiva de Criptoativos

Fique por dentro ainda dos avisos de pagamentos de dividendos, fatos relevantes, análises setoriais e análises de relatórios trimestrais e anuais.

E mais!

Sendo cliente Capitalizo, você também:

✔ Tem acesso total a nossa equipe de atendimento para tirar dúvidas por e-mail, WhatsApp e Telegram;
✔ Recebe materiais, e-books e relatórios exclusivos;
✔ Pode solicitar uma análise de seus investimentos já existentes;
✔ Assiste às mentorias fechadas para clientes e tira suas dúvidas direto com o Tiago Prux.

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795
Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855
Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Long e Short – Entenda como funciona + Resultados das nossas recomendações

A estratégia de Long e Short (Comprado e Vendido) consiste em uma operação casada (simultânea), na qual um investidor mantém uma posição vendida em um ativo e uma comprada em outro. Esse tipo de operação também pode ser conhecida como arbitragem.

Como ficamos com uma posição neutra (mesmo valor comprado e vendido), o intuito de ganhar com a diferença dos preços dos ativos.

Tipos de Long & Short

Intra-setorial – consiste na compra e venda de ações de empresas que pertencem ao mesmo setor. Exemplos: (USIM5 x GGBR4), (TIMP3 x VIVT3), (CCRO3 x ECOR3);

Intersetorial – compra ações de um setor e vende ações de outro, preferencialmente dos setores com maior peso no Ibovespa. Exemplos: (PETR4 x VALE3), (BBDC4 x ABEV3), (GGBR4 x CMIG4).

Spread ON/PN ou Controlada/Controladora – Compra de ações ordinárias e venda de ações preferenciais, ou vice-versa. Exemplo: (PETR3 x PETR4), (VALE3 x BRAP4), (GGBR4 x GOAU4), (ITAU4 x ITSA4);

Carteira de Ações x Índice – compra de uma carteira de ações e venda de contratos do índice futuro ou BOVA11. Exemplo: uma carteira de ações x BOVA11

Principais Vantagens

-A operação Long e Short é chamada de não direcional, ou seja, não importa se o mercado está subindo ou caindo, mas sim a diferença entre os ativos.

-A operação permite alavancagem financeira, pois é lastreada com margens de garantia. Essas garantias podem ser ações, dinheiro ou mesmo títulos de renda fixa. Dessa forma, você pode ter uma carteira de ações, por exemplo, e usá-la como garantia das suas operações Long e Short. Na prática isso significa que você pode montar uma operação sem precisar colocar dinheiro.

Cuidados

O principal cuidado que devemos ter com esse tipo de operação é não alavancar de maneira exagerada. Comece sempre com valores pequenos e diversificando as operações.

Operacionalizando o Long & Short

Como qualquer tipo de operação de arbitragem, se faz necessária a utilização de margens de garantia depositadas na Bolsa para que se possam realizar tais operações. Tais garantias podem ser na forma de:

Estas garantias são necessárias devido a posição vendida que se toma em um dos papéis em questão, pois, tal venda ocorre a descoberto, ou seja, o vendedor não possui tais papéis, ele os aluga no Banco de Títulos da Companhia Brasileira de Liquidação (CBLC).

As operações de compra e venda dos dois ativos são efetuadas simultaneamente, e com o “casamento” do financeiro, sendo assim quase não há desencaixe em tal operação.

Caso você queira ver na prática como funciona, clique aqui e confira o vídeo explicativo.

Nossas recomendações de Long e Short

As recomendações de Long e Short da Capitalizo fazem parte do nosso produto Full Trader. Temos uma estratégia que é utilizada há muitos anos, o que facilita nosso para nosso cliente na hora de montar a operação.

Vale ressaltar que monitoramos a operação e você só precisa montá-la na sua corretora. Lembrando que os avisos de montagem e desmontagem são enviados pelo Telegram, Aplicativo e também pelo nosso Painel do Trader (se você estiver logado no computador).

Confira na imagem abaixo os nossos resultados acumulados desde agosto de 2017:

Últimos 12 meses:

  • Total acumulado: + 63%
  • Percentual de recomendações com ganho: 66%

Desde agosto de 2017:

  • Total acumulado: + 413,22%
  • Percentual de recomendações com ganho: 68,52%

Conheça o Full Trader e receba as melhores recomendações de curto, médio e longo prazos na Bolsa de Valores

Full Trader é o produto mais completo do mercado para suas operações na Bolsa de Valores. Adquirindo, você recebe:

  • Recomendações de compra e venda de ativos acompanhadas pelo nosso time de analistas via App, Telegram e Painel do Trader;
  • Acesso ao nosso pregão ao vivo exclusivo para operações Day Trade;
  • Contato direto com nossa equipe via  WhatsApp, Telegram, Telefone e E-mail;
  • Recomendações e análises em tempo real de operações Day Trade (Índice, Dólar e Ações), Swing Trade (Ações, Milho e Boi), Position Trade em Ações, Rastreador de Tendências (Estratégia Exclusiva), Opções, Long&Short, Termo e Aluguel de Ações.
  • Acesso ao produto Invista em Ações e as nossas recomendações de Longo Prazo (Carteiras Recomendadas, Ações no Exterior e Fundos de Ações).

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.

As rentabilidades dos instrumentos financeiros podem apresentar variações em seu preço ou valor. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos e taxas. O analista se exime da responsabilidade de qualquer prejuízo, direto ou indireto, que venham a ocorrer da utilização deste relatório ou conteúdo. Os descritivos das recomendações feitas, objeto de minuciosas análises de ativos para investimento, foram periodicamente publicados e estão devidamente registrados junto ao órgão regulador Apimec (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais). O investimento em ações é indicado para investidores com o perfil moderado e agressivo. Operações alavancadas em ações, em mercados de derivativos e opções podem gerar perdas superiores ao patrimônio do investidor. Pedimos atenção e cuidado com as operações alavancadas em ações (termo, aluguel, long&short, day-trade), opções e mercados futuros (Índice, Dólar, Boi Gordo, Milho, etc).

Rastreador de Tendências: Estratégia de operações em médio prazo

O Rastreador de Tendências é uma estratégia exclusiva da Capitalizo para Position Trade criada por Tiago Prux, há mais de 12 anos. Ela une os conceitos das análises fundamentalista e técnica (grafista) para identificar oportunidades no médio prazo na bolsa de valores. O objetivo é aproveitar ao máximo as tendências de alta das ações e ficar de fora do mercado quando uma tendência de baixa pudesse começar. “Tenho em torno de 40% do patrimônio da família nessa estratégia e entendo que ela casa muito bem com a minha carteira de ações em longo prazo”, Tiago Prux.

Atualmente ela é coordenada em conjunto com o analista fundamentalista da Capitalizo, Daniel Karpouzas Barcellos, e o analista técnico, Danillo Fratta. “Eles fizeram um excelente trabalho de ajustes em relação ao que era feito inicialmente. Certamente, o trabalho deles foi fundamental para melhorar os retornos das operações e, por consequência, das minhas operações e dos nossos clientes”, completa Prux.

A estratégia possui dois filtros, um qualitativo e outro quantitativo:

Filtro qualitativo

As recomendações com o Rastreador de Tendências Capitalizo são realizadas em um grupo predeterminado (com avaliações semestrais) de ativos, de diferentes setores da economia. A intenção é separar os ativos que tenham maior potencial de valorização em curto e médio prazos. Por isso, buscamos tanto ações de boas empresas, quanto de empresas que estão em recuperação.

Nessa fase, o Daniel separa os ativos que têm melhor potencial de alta em médio prazo.

Filtro técnico (timing das operações)

São utilizadas médias móveis e padrões em médio prazo – como linhas tendência, canais, suportes, resistências, entre outros – para determinar ponto de entrada, possíveis reduções, stops e alvos das recomendações.

Nessa etapa, o Danillo trabalha apenas com os ativos pré-selecionados pelo Daniel. Toda tomada de decisão de entrada e saída das operações é feita utilizando o gráfico. Dessa forma, a recomendação fica muito mais objetiva. Lembro que também é possível que aconteçam reduções, onde é recomendada a venda de metade da posição com o intuito de garantir ganhos.

Como o objetivo das estratégia é identificar ativos que possam entrar e permanecer em tendência de alta por um bom tempo, a utilização do gráfico do Rastreador de Tendências é fundamental. Apenas como exemplo, abaixo temos um gráfico da Tenda Construtora (TEND3) que está, desde 2017, em um lindo canal de quase 400% de alta:

Mesmo quem nunca ouviu falar em análise técnica ou em gráficos, conseguiu visualizar a forte tendência de alta da TEND3. E é isso que a estratégia busca.

Vantagens do Rastreador de Tendências

▶️ Voltado para buscar rentabilidade no médio prazo, em operações que duram, geralmente, entre 2 e 6 meses;
▶️ Estratégia focada em proteção, visando o maior ganho com o menor risco possível;
▶️ Opção para quem não quer ou não tem disponibilidade para operar muito.

Como são enviadas as recomendações do Rastreador de Tendências?

Todas as recomendações são enviadas pelo nosso Aplicativo, pelo nosso sistema (para quem estiver no computador) ou pelo Telegram (onde você pode interagir com nossa equipe de atendimento caso tenha alguma dúvida). Igualmente, você sempre será avisado quando houver uma recomendação de compra e quando for preciso encerrar a operação.

Qual a duração das operações?

Nessa estratégia, as operações duram, em média, de 2 semanas (normalmente operações com prejuízo) até 6 meses (normalmente operações com forte ganho). Já que as operações são mais “lentas” e têm o intuito de pegar tendências em médio prazo, o investidor que decidir seguir essa estratégia não precisa ficar o dia todo “grudado” na tela do computador e do celular. 20 minutos por dia são mais que suficientes para seguir as recomendações.

Quanto eu posso perder?

Em média, 70% das recomendações terminam com ganho. Dessa forma, em torno de 30% das operações geram prejuízo. O prejuízo médio costuma ficar entre 5% e 10%, mas em alguns casos pode ser maior.

Quanto eu posso ganhar?

Por tratar-se de um investimento de Renda Variável, não é possível projetarmos nem prometermos nenhum ganho. Considerando os resultados passados, em uma operação ”ruim” os ganhos ficam entre 10% e 20%. Já em boas operações, os ganhos costumam ficar entre 20% e 60%. Em operações consideradas excelentes, o resultado depende do tempo e da intensidade da alta. Ou seja, os ganhos podem ser de 60%, 70% ou mesmo acima de 100%.

Resultados acumulados da estratégia (somente operações encerradas):

-2017: + 200,01%

-2018: + 49,70%

-2019: + 153,79%

-2020: + 47,66%

-12 meses: + 57,62%

-Total acumulado desde 2017: + 1.700,45%

-Percentual de recomendações com ganho (total): 77,78%

Importante lembrar ainda que, mantendo nossa política de transparência, os resultados de todas as recomendações estão disponíveis para os clientes Full Trader em nosso sistema.

Conheça o Full Trader e receba as melhores recomendações de curto, médio e longo prazos na Bolsa de Valores

Full Trader é o produto mais completo do mercado para suas operações na Bolsa de Valores. Adquirindo, você recebe:

  • Recomendações de compra e venda de ativos acompanhadas pelo nosso time de analistas via App, Telegram e Painel do Trader;
  • Acesso ao nosso pregão ao vivo exclusivo para operações Day Trade;
  • Contato direto com nossa equipe via  WhatsApp, Telegram, Telefone e E-mail;
  • Recomendações e análises em tempo real de operações Day Trade (Índice, Dólar e Ações), Swing Trade (Ações, Milho e Boi), Position Trade em Ações, Rastreador de Tendências (Estratégia Exclusiva), Opções, Long&Short, Termo e Aluguel de Ações.
  • Acesso ao produto Invista em Ações e as nossas recomendações de Longo Prazo (Carteiras Recomendadas, Ações no Exterior e Fundos de Ações).

Para saber mais ou adquirir o Full Trader agora mesmo, clique aqui!

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.

*Esses números correspondem às operações encerradas até 21/04/2021

As rentabilidades dos instrumentos financeiros podem apresentar variações em seu preço ou valor. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos e taxas. O analista se exime da responsabilidade de qualquer prejuízo, direto ou indireto, que venham a ocorrer da utilização deste relatório ou conteúdo. Os descritivos das recomendações feitas, objeto de minuciosas análises de ativos para investimento, foram periodicamente publicados e estão devidamente registrados junto ao órgão regulador Apimec (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais). O investimento em ações é indicado para investidores com o perfil moderado e agressivo. Operações alavancadas em ações, em mercados de derivativos e opções podem gerar perdas superiores ao patrimônio do investidor. Pedimos atenção e cuidado com as operações alavancadas em ações (termo, aluguel, long&short, day-trade), opções e mercados futuros (Índice, Dólar, Boi Gordo, Milho, etc).

Confira o desempenho da nossa carteira de ações internacionais

A palavra-chave para todo o investidor que deseja se beneficiar com os potenciais ganhos de diferentes classes de ativos e também proteger sua carteira contra crises e/ou riscos concentrados é: diversificação.

Uma excelente maneira de fazer isso é colocar parte do seu patrimônio no exterior, investindo em empresas internacionais.

O Brasil, hoje, representa cerca de, aproximadamente, apenas 1% do mercado financeiro mundial. Além disso, a nossa bolsa de valores costuma oscilar e ser mais influenciada por instabilidades econômicas e políticas internas. É importante, portanto, não ficar tão preso a essas incertezas locais e diversificar seus investimentos no exterior.

São diversos os benefícios:

☑️ Participar de mercados desenvolvidos, como o americano; ou em forte expansão, como o Chinês;
☑️ Exposição a moedas fortes;
☑️ Investir em empresas gigantes e que atuam globalmente;
☑️ Possibilidade de recebimento de dividendos em outras moedas

Em 2020, a pandemia de coronavírus causou uma crise global e os mercados do mundo todo sofreram duras quedas. Mas, para você ter uma ideia, por mais de quatro anos, entre 2010 e 2016, enquanto o Ibovespa apresentou um fraco desempenho e acabou caindo 12%, o Dow Jones subiu 89% no mesmo período. Já o S&P 500, alcançou ganhos de 100%.

Nesta época, uma exposição internacional poderia ter salvado a rentabilidade de muita gente. Confira os movimentos no gráfico abaixo:

Investir no exterior é muito fácil e acessível

Atualmente, ficou muito simples para qualquer investidor pessoa física colocar o seu capital em empresas estrangeiras. Hoje, existem duas principais maneiras de investir em companhias internacionais:

Stocks
São as ações diretas das empresas. Para isso, o investidor deve abrir uma conta em uma corretora de fora do Brasil e enviar o seu dinheiro para lá.

BDR’s
Os Brazilian Depositary Receipts são certificados que replicam as ações internacionais diretamente na bolsa de valores brasileira. Basta você selecionar o código do BDR que deseja adquirir direto no homebroker da sua corretora, assim como você faz com as ações nacionais.

Mas o que fazer?

Como saber quais as empresas possuem as maiores possibilidades de rentabilizar no longo prazo?

Isso você encontra nas recomendações da Carteira Internacional, que faz parte do nosso produto INVISTA EM AÇÕES!

Lembrando que, na nossa carteira recomendada, você confere as empresas e decide se adquire os BDRs ou as Stocks diretamente.

Nossa carteira internacional

Separamos abaixo uma imagem que demonstra a composição da Carteira Internacional Capitalizo a partir da divisão dos setores das empresas nela presentes:

Rentabilidade

Destacamos também três ações que fazem parte da nossa carteira internacional, com suas rentabilidades. Elas pertencem aos setores de maquinário, entretenimento e eletrônicos e valorizaram, respectivamente, 86,4%, 63,5% e 91,1%.

Já pensou poder investir em empresas com essa rentabilidade, além de diversas outras semelhantes? Quer descobrir quais são elas? Não perca tempo, confira o INVISTA EM AÇÕES!

Para se ter uma ideia, nossa carteira recomendada internacional já valorizou mais de 78% desde abril de 2020. No mesmo período, o Dow Jones, um dos principais indicadores da bolsa de valores norte-americana, teve ganhos de 49,61%.

Além da carteira internacional, o Invista em Ações conta com as análises e recomendações de outras cinco carteiras recomendadas de ativos, cada uma visando um objetivo específico: Dividendos, Crescimento, Top Recomendadas, Small Caps e Buy and Hold Raiz.

É o produto ideal para quem deseja identificar boas empresas na bolsa de valores e o objetivo de investir em ações sob a estratégia e o foco no longo prazo, seja visando a rentabilidade ou o recebimento de dividendos.

Clique aqui ou na imagem abaixo para adquirir o Invista em Ações agora mesmo!

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795
Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855
Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Ações ‘baratas’: saiba identificar barganhas na Bolsa de Valores

É possível pagar R$ 0,50 por uma nota de R$ 1,00? Saiba como identificar uma barganha na Bolsa de Valores e comprar ações ‘baratas’.

Benjamin Graham

Pai da filosofia de Investimentos em Valor (ou Value Investing), Benjamin Graham é considerado o mentor do maior investidor de todos os tempos, Warren Buffet. Graham ficou famoso pela frase: “comprar uma nota de US$ 1 com uma moeda de US$ 0,50”.

Graham acreditava que é preciso sempre investir com uma margem de segurança. Isso quer dizer que, como o mercado financeiro muitas vezes gera distorções entre preço e “valor justo” de uma ação, existem sempre oportunidades para comprar ações “baratas”. E para Benjamin Graham, o importante não é só comprar ações baratas, mas também comprar ações dentro de uma margem de segurança, com desconto significativo em relação ao seu valor intrínseco. Dessa forma, não só é mais fácil gerar grandes retornos, como também é possível minimizar os riscos de variação nos preços das ações.

Como identificar ações baratas

Uma das formas mais comuns de se ver se uma ação está “barata” é observar o seu P/VPA, ou seja, o preço por ação dividido pelo valor patrimonial por ação. Esse indicador mostra quanto os investidores estão pagando por cada real dos ativos residuais da empresa.

Vamos supor que a empresa ABCD esteja cotada na Bolsa a R$ 10,00, e que o seu valor patrimonial por ação também seja de R$ 10. Nesse caso, o nosso P/VPA seria de 1,00 (10/10), ou seja, as ações da empresa ABCD estariam sendo negociadas exatamente com o valor do seu patrimônio. Na verdade, isso não é comum, porque as ações, em sua maioria, são negociadas com uma expectativa de crescimento. Dessa forma, é normal que os P/VPAs de grande parte das ações estejam com valores superiores a R$ 1,00.

Porém, como sabemos, o mercado não é perfeito e em muitos casos (especialmente em tempos de baixa) mesmo ações de boas empresas podem cair e serem negociadas até abaixo do seu valor patrimonial. Ou seja, elas valem na Bolsa menos que seu próprio patrimônio. Sim, esse tipo de distorção é mais comum do que se imagina.

Ranking P/VPA

Realizamos um estudo com ações listadas na B3 para identificar as mais baratas em relação ao seu valor patrimonial. Porém, é importante ressaltar que o índice deve ser analisado em conjunto com outros indicadores e não é garantia de ativo subavaliado. Valores muito elevados podem significar oportunidade de crescimento, com incremento do patrimônio através de lucros e aumento do denominador.

Separamos algumas empresas que operam próximo ou abaixo do seu P/VPA:

EMPRESA CÓDIGO P/VPA
D1000 Varejo Farma DMVF3 0,56
Iochpe-Maxion MYPK3 0,58
Banrisul BRSR6  0,59
Josapar JOPA3  0,69
Tecnisa  TCSA3  0,71

Conheça as empresas citadas na lista

D1000 Varejo Farma (DMVF3): P/VPA 0,56

Integrante do Grupo Profarma (que também tem ações na bolsa), a D1000 é uma rede de drogarias formada pelas aquisições das bandeiras Drogasmil, Farmalife, Drogarias Tamoio e Drogaria Rosário. A empresa conta com cerca de 200 lojas no Rio de Janeiro, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Tocantins.

O recente IPO da D1000 captou pouco mais de R$ 460 milhões visando estratégia de crescimento, amortização de dívidas e capital de giro. Um dos grandes objetivos da companhia é ganhar espaço de mercado. A empresa também conta com uma estratégia bem interessante de expansão das marcas próprias, com seus produtos representando mais de 6% do autosserviço da rede.

Um dos maiores desafios da D1000 é superar a desconfiança do mercado com sua controladora, a Profarma, que nunca conseguiu efetivamente entregar os bons resultados esperados pelos investidores, e mostrar que são negócios diferentes. Outra questão é um possível conflito de interesses, uma vez que  a D1000 é uma grande cliente da própria Profarma.

Resumidamente, é um modelo de negócio que tem suas complexidades, mas que pode valer a pena para quem acreditar nessa recuperação.

Iochpe-Maxion (MYPK3): P/VPA 0,58

A Iochpe-Maxion é a maior produtora de rodas do mundo e um dos principais produtores de componentes estruturais nas Américas. Com mais de 100 anos de existência, conta com 31 plantas industriais, localizadas em 14 países, reunindo, aproximadamente, 15 mil funcionários.

A companhia é muito forte no exterior em função de se recuperar mais rapidamente. Como ponto negativo, há um menor crescimento na Ásia em função da crise.

Banrisul (BRSR6): P/VPA 0,59

Com mais de 90 anos de história, o Banrisul é o maior banco do Rio Grande do Sul, com participação de mercado de 48,41% no estado. 

Por lei e contratos, o Banrisul é responsável pela cobrança de impostos, transferência de fundos do Estado e a administração das folhas de pagamento dos servidores públicos estaduais, aposentados e fornecedores. Além disso, fornece serviços para entidades do governo estadual e para a maioria dos governos municipais do RS.

A empresa ainda possui muitos pontos para ajusta. Sua via de crescimento deve ser por meio da expansão dos canais de atendimento, modernização e melhoria de eficiência. Uma privatização do banco, no entanto, é muito difícil no momento.

Josapar (JOPA3): P/VPA 0,69

Há 10 anos no mercado, a Josapar é uma micro cap com valor de mercado de R$ 386 milhões. É conhecida, principalmente, pelas marcas Tio João (arroz), Meu Biju (arroz e feijão), Supremo (adubos e fertilizantes especiais), além da Supra Soy (produtos a base de soja), exportando seus produtos para mais de 40 países. Assim, está entre as 100 maiores empresa de agronegócio do Brasil, com receita de mais de R$ 1,5 bi em 12 meses.

A Josapar tem uma liquidez baixa na bolsa de valores e vale a pena ficar de olho, principalmente quem gosta de se adiantar e, aos poucos, comprar um ativo que não é tão comentado. A tendência é que, futuramente, a empresa possa melhorar em termos de governança e também em termos de liquidez das suas ações, em um processo que foi semelhante ao que foi visto com Irani Celulose e Dimed, por exemplo.

Tecnisa (TCSA3): P/VPA 0,71

Registrando prejuízo desde 2016, a Tecnisa passa por um período de reestruturação. Ela é uma das maiores incorporadoras de empreendimentos residenciais do Brasil, com 43 anos de mercado. Cresceu muito a partir de 2007, diversificando territorialmente. O crescimento, porém, não ocorreu de maneira rentável.

A partir de 2015, a Tecnisa optou por priorizar parcerias financeiras, permanecendo-se responsável pelos processos de incorporação, construção e venda, além de focar atuação na região Metropolitana de São Paulo, sempre com foco na manutenção da sua rentabilidade.

Quer receber as melhores recomendações de ações para montar sua carteira de longo prazo?

Se você tem o objetivo de investir em ações na bolsa de valores sob a estratégia e o foco no longo prazo, seja visando a rentabilidade ou o recebimento de dividendos, o produto perfeito para você é o INVISTA EM AÇÕES.

Com ele, você conta com análises e recomendações para identificar boas empresas, aproveitar o potencial de valorização de seus ativos e acumular patrimônio utilizando a passagem do tempo a seu favor. É o auxílio que você precisa para construir e diversificar seu portfólio, investindo nas melhores companhias do Brasil e do Mundo.

Invista em Ações traz as análises e recomendações de boas empresas e é dividido em seis carteiras recomendadas, cada uma visando um objetivo específico: Dividendos, Crescimento, Top Recomendadas, Small Caps, Buy and Hold Raiz e Internacionais

Fique por dentro ainda dos avisos de pagamentos de dividendos, fatos relevantes, análises setoriais e análises de relatórios trimestrais e anuais.

E mais: sendo cliente Capitalizo, você também:

✅ Tem acesso total a nossa equipe de atendimento por e-mail, WhatsApp e Telegram
✅ Recebe materiais, e-books e relatórios exclusivos
✅ Pode solicitar uma análise de seus investimentos já existentes
✅ Assiste às mentorias fechadas para clientes e tira suas dúvidas direto com o Tiago Prux

Nossos resultados

Confira, nas imagens abaixo, exemplos de algumas das nossas diversas carteiras recomendadas do produto Invista em Ações.

Na primeira, trazemos a rentabilidade da nossa Carteira Recomendada de Ações visando o Crescimento, portfólio de longo prazo que tem o objetivo de garimpar oportunidades nas melhores empresas do Brasil e do mundo com forte potencial de rentabilização. Ela valorizou, desde agosto de 2017, mais de 141%, contra 68% do Ibovespa e 50% do Dow Jones, no mesmo período!

Desde abril de 2018, a Carteira de Ações focada em Dividendos já valorizou, só em rentabilidade das ações que a compõem, mais de 106%! No gráfico abaixo, comparamos a valorização da carteira da Capitalizo com o Ibovespa e também com três dos principais fundos de investimentos focados em dividendos no mesmo período:

Já nossa Carteira Recomendada de empresas Internacionais já valorizou mais de 78% desde abril de 2020. Superando, no mesmo período, o Dow Jones, um dos principais indicadores da bolsa de valores norte-americana.

Quer ir em busca de rentabilidades como essa? Clique aqui e torne-se cliente Capitalizo agora mesmo!

 

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795
Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855
Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Receba nossos relatórios Grátis