Compartilhe

Confira os destaques dos últimos dias e as ações para ficar de olho essa semana, 20-26 de maio de 2019.

O mercado

IBOVESPA

O IBOVESPA fechou a semana com baixa de 4,52% a 89.992 pontos. No ano, o índice acumula alta de 2,4%.

Destaques de alta e baixa

Baixa: GOLL4 (-19,51%), AZUL4 (-14,26%), CVCB3 (-13,41%), KRTO3 (-12,87%), SBSP3 (-12,36%)

Alta: JBSS3 (17,67%), CSNA3 (+6,95%), MRFG3 (+5,97%), BRFS3 (+5,92%), NATU3 (+1,53%)

Calendário de proventos

Pagamento de proventos (JCP/Dividendos)

20/05: RENT, FESA, PETR

21/05: LEVE, SQIA

22/05: PCAR, WISZ, GRND

24/05: SEER, SHOW

Ex-proventos (JCP/Dividendos)

20/05: GOAU, GGBR, TAEE

22/05: CRFB, BBAS, TUPY

Destaques corporativos e do mercado

Destaques econômicos/políticos

Enquanto no campo internacional segue o impasse entre EUA e China, aqui no Brasil o mercado voltou a se preocupar com o andamento da Reforma da Previdência. Foi cogitado, inclusive, a possiblidade de envio de novo texto da Reforma da Previdência, hipótese já desmentida pelo deputado Marcelo Ramos- presidente da comissão especial da reforma.

Durante a semana teremos a divulgação de dado de inflação (IPCA-15) e de confiança da indústria, consumidor e comércio.

Destaques corporativos

SulAmérica (SULA11) confirma a compra de 25% da Órama

A SulAmérica informou duas operações: a venda da sua participação na Caixa Seguradora e a aquisição de 25% da Corretora Órama. Ambas no valor de R$100 milhões.

Com esse movimento a SulAmérica pretende expandir as operações da plataforma digital da Órama, agregando ao seu portfólio produtos de renda fixa, fundos de previdência, fundos imobiliários, entre outros.

IPO da Caixa Seguridade protocolado essa semana

O IPO da Caixa Seguridade, um dos mais esperados do mercado, deve ser protocolado essa semana – possivelmente já na segunda-feira (20/05).

A Caixa Seguridade

Com quase 10% de participação de mercado, a empresa viu seu lucro líquido crescer quase 14% em 2018, chegando a R$1,477 bilhão.

Já a receita das empresas do grupo cresceu 20,2%, sendo 22,1% nos produtos de seguridade (seguros, previdência e capitalização) e 6,7% nos negócios de consórcio. A empresa apresentou ainda em 2018 um ROE de 33%.

Ultrapar (UGPA3): resultados operacionais fracos

A empresa anunciou lucro líquido de R$251 milhões no primeiro trimestre de 2019. Esse número representa uma alta de 245% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já a receita líquida da Ultrapar atingiu R$20,74 bilhões de reais no trimestre – praticamente estável sobre 2018.

Apesar dos resultados mais altos, impulsionados por bases de comparação mais baixos, a empresa segue apresentando resultados operacionais mais fracos em todas as frentes de negócios: Ipiranga, Oxiteno, Ultragaz e Extrafarma.

Metal Leve (LEVE3): resultados afetados pela Argentina

A queda de mais de 60% na venda de veículos na Argentina, além da variação cambial no nosso país vizinho e fraco crescimento na Europa impactaram os resultados da Metal Leve.

No primeiro trimestre desse ano, a empresa registrou receita líquida de R$623,2 milhões, uma leve alta de 0,7% na comparação com o mesmo período do ano passado. Já o lucro líquido apresentou queda de 10,5%, chegando a R$63,9 milhões na comparação anual.

JSL (JSLG3): maior lucro da história no primeiro tri

Com resultados melhores em todas as frentes de negócios (JSL Logística, Movida e Vamos), a JSL teve seu melhor primeiro trimestre da história. A companhia divulgou receita líquida de R$2,21 bilhões, com alta de 14,2% em relação ao primeiro trimestre de 2018. Já o lucro líquido cresceu 142%, chegando a R$60,8 milhões.

Além disso, a empresa anunciou programa de recompra de ações. A JSL irá recomprar até 6,7% das ações em circulação.

Cemig (CMIG4): lucro cresce 72%

Como era esperado, a Cemig divulgou forte resultado no primeiro trimestre desse ano. A empresa viu sua receia subir 20%, chegando a R$5,9 bilhões. Já o lucro líquido da companhia cresceu 72%, atingindo R$797 milhões. A companhia segue como uma das nossas preferidas no setor elétrico.

Panorama da semana

Confira o vídeo dessa semana:

 

Conheça o INVISTA EM AÇÕES para receber as melhores análises e recomendações para montagem de uma carteira de ações de longo prazo. Tenha acesso a atualizações de 3 Carteiras Recomendadas com diferentes perfis: Carteira Dividendos, Carteira Crescimento e Carteira Top Recomendadas. Receba, ainda, análises e recomendações das melhores ações da Bolsa de Valores.

Caso você queira receber análises e recomendações de médio e curto prazos, conheça o FULL TRADER. O produto mais completo de recomendações de operações em Bolsa de médio e curto prazos. Nele você recebe as melhores recomendações nos mais diferentes mercados e estratégias: Day Trade, Swing Trade e Position Trade em Ações, Índice Futuro e Dólar, Opções, Long&Short, Termo e Aluguel de Ações, Boi Gordo, Milho e S&P Futuro.

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

___

Fonte: Valor, InfoMoney, Quantum, Estadão, Broadcast, Folha, Exame. B3, MoneyTimes.

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Capitalizo análises e recomendações de investimentos.

Compartilhe

Capitalizo Consultoria Financeira – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis