Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Empresas do setor de educação - Vale a pena investir?

Hoje vamos a falar a respeito das empresas do setor de educação com ações cotadas na B3. Em especial abordaremos Estácio (ESTC3), Kroton (KROT3) e Ser Educacional (SEER3).

O Setor de Educação

O setor educacional tem apresentado perspectivas de consolidação há algum tempo, principalmente no ensino superior. Durante a década de noventa e início dos anos dois mil, o segmento apresentou crescimento acentuado, com aumento de participantes no mercado e pulverização de alunos por instituição privada.

Conforme as expectativas de desenvolvimento foram se materializando, as organizações com maior representatividade passaram a adquirir faculdades de pequeno e médio porte. Um bom exemplo foi o crescimento da Anhanguera e a compra da instituição pela Kroton, formando um dos maiores grupos educacionais do mundo e reduzindo o espaço para novos entrantes.

Após anos de forte crescimento, o setor demonstra desaceleração. Embora as principais companhias tenham adquirido forte vantagem competitiva ao longo dos anos, ainda existe intensa competição e alta exposição ao ciclo econômico. Isso ocorre uma vez que aumentam a evasão e inadimplência por parte de alunos em períodos de crise.

Um fator que influencia bastante nestes quesitos é a redução de incentivos por parte do governo, notadamente no Programa de Financiamento do Crédito Estudantil. Para reter e atrair mais pessoas, muitas instituições têm optado por descolar do governo e se expor ao risco de financiar seus alunos com recursos próprios.

Gráfico da Evolução dos Contratos de Fies

Influência do Fies

Entre 2010 e 2014 o Fies impulsionou o resultado de grandes instituições de ensino superior privadas. O número de matriculas, por exemplo, aumentou de 3,9 milhões para 4,8 milhões em cursos presenciais. No auge do programa, cerca de 40% dos estudantes eram participantes, chegando a 70% em companhias de menor porte.

Diminuição do Programa 

A partir de 2015 o governo passou a reestruturar este sistema, uma vez que não era mais viável financeiramente. Uma das principais modificações foi a exigência de renda familiar per capita de até três salários mínimos para concessão de crédito a juro zero. Valor esse, muito distante dos vinte salários de alguns anos antes.

Alguns desafios são visíveis no setor. Além da situação do mercado de trabalho, que conta com alta taxa de desemprego, vários alunos com Fies estão se formando e a competitividade é cada vez mais acirrada, com instituições de ensino cobrando até R$ 49 de mensalidade nos primeiros meses.

Além dos fatores mencionados, o cenário macroeconômico incerto e a baixa confiança das famílias impactam diretamente a projeção para alunos ingressantes em cursos presenciais. Para 2018 a expectativa é de queda entre 10% e 15% para este ano.

Evolução dos Contratos de Fies por companhia

Uma solução encontrada para o problema de ex-alunos inadimplentes é o parcelamento da dívida, pois atualmente só é possível quitar com pagamento à vista. Mais de dois milhões e quinhentos mil contratos do Fies estão ativos. Desses, quatrocentos e cinquenta mil estão inadimplentes, formando uma dívida que supera R$ 10 bilhões.

Importante ressaltar que no formato anterior, onde está a maior parte dos contratos, o governo ficava com todo o risco de descumprimento.

Cursos emergentes têm encontrado mais espaço em nichos específicos do mercado. Mesmo em ramos alternativos, a movimentação de fusões e aquisições também está presente, com muitas participantes aumentando de tamanho e despertando interesse em fundos de private equity. Um dos segmentos que mais cresce no Brasil é a parte de games, programação e robótica. Este mercado vem em crescimento devido ao aumento do interesse de jovens, preenchendo algumas lacunas deixadas pela educação pública.

Empresas do Setor

Ser Educacional (SEER3)

A Ser Educacional, que conta com grande participação no Nordeste, local prioritário de programas do governo, matriculou apenas duzentos estudantes com Fies no início do ano. Em 2017, a mesma companhia havia conseguido sete mil e quinhentos novos alunos com o programa. Com esta retração, o foco passou a ser a expansão via aquisições, ao invés do crescimento orgânico.

Para ampliar a participação no Rio de Janeiro, a compra da Unigranrio está em fase final e deve sair pelo montante de R$ 500 milhões. A dependência de incentivos do governo no Nordeste é muito maior do que no Sul e no Sudeste, afetando a empresa e reduzindo seu desempenho operacional. A queda em novos alunos foi de 13% em 2018.

Gráfico da Evolução da Receita das Empresas 

Estácio (ESTC3)

A Estácio apresentou redução de 7,6% nas matrículas para cursos de graduação presencial no início deste ano. A perda só não foi maior porque a companhia ofereceu condições diferenciadas para os calouros.Dentre as condições, podemos citar o pagamento de R$ 49 nos primeiros meses e a compensação do valor em parcelas ao longo de quatro anos. Com a promoção, 90% dos que ingressaram no semestre utilizaram este modelo, aumentando a exposição ao risco de inadimplência.

Kroton (KROT3)

Ao contrário de outras concorrentes, a Kroton mantém seu projeto de crescimento e aguarda a aprovação do Cade para aquisição da Somos. A líder de mercado foi a que mais perdeu estudantes beneficiados com o Fies. Em 2017 61% dos alunos de graduação presencial estavam no programa e hoje chega a 28,7%. A expectativa é que até o final de 2020 essa representatividade seja reduzida para 5%.

Comparativo entre as Principais Empresas

As três possuem situação financeira diferenciada. Porém, em todos os casos as disponibilidades superam o total da dívida. De acordo com os resultados dos últimos doze meses, a Estácio apresentou a maior rentabilidade patrimonial, com ROE de 17,09%. Além disso, a companhia também teve o maior crescimento das receitas (8,76%).

A Kroton conta com a estrutura de capital mais conservadora, com proporção da dívida sobre o capital próprio de 1,62%, e a maior margem líquida (33,6%). A Ser Educacional registrou ROE de 11,39% nos últimos doze meses e conta com a estrutura de capital menos conservadora, com o endividamento representando 20,76% do patrimônio líquido.

Quadro Comparativo

Perspectivas  para o Setor e nossa Recomendação

As expectativas para o setor não são positivas. Além disso, acreditamos que a guerra de preços e a exposição à inadimplência sejam altamente prejudiciais para as participantes.

A Kroton possui o melhor posicionamento no setor. E companhia tem geração operacional de caixa superior às demais, fluxo de caixa livre positivo e alta liquidez em seus ativos, uma vez que conta com R$ 1,5 bilhão em caixa e alavancagem financeira líquida controlada. Mesmo assim, não recomendamos nenhuma ação de empresas do setor e aguardamos perspectivas mais positivas para o futuro.

Por outro lado, as ações podem aparecer nas nossas recomendações de curto prazo. Para o longo prazo, como dito acima, não recomendamos exposição no setor.

Quer receber as melhores análises e recomendações para a montagem de uma carteira de ações de longo prazo?

Esse conteúdo é um resumo do Relatório de Análise Setorial de Ações. O relatório completo é publicado, periodicamente, no nosso plano INVISTA EM AÇÕES.

Sobre o Invista em Ações

Conheça nosso produto INVISTA EM AÇÕES e tenha acesso a atualizações de 3 Carteiras Recomendadas com diferentes perfis: Carteira Dividendos, Carteira Crescimento e Carteira Top Recomendadas. Receba ainda, análises e recomendações das melhores ações da Bolsa de Valores.

Caso você queira receber análises e recomendações de médio e curto prazos, conheça o FULL TRADER.

 

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Fontes das Informações: Valor. InfoMoney. Quantum. Estadão. Broadcast. Folha. Exame. B3. MoneyTimes.

Importante: Leia o nosso Disclosure, antes de investir.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Capitalizo Consultoria Financeira – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis