Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O setor industrial é um dos chamados pilares da economia brasileira, juntamente com o Agronegócio e o setor de serviços. É, em sua definição, um dos mais abrangentes setores econômicos, já que engloba desde as áreas de mineração e petróleo, até indústrias de bebidas e equipamentos.

Ainda citando sua forte representatividade para o Brasil, em média cerca de 25% do nosso PIB é composto pelo setor, sendo considerado, portanto, um dos grandes termômetros da nossa economia. Por mais que ainda contabilizemos certos atrasos em relação a países mais desenvolvidos, não podemos deixar de considerar a grande evolução apresentada desde os primórdios dos incentivos à industrialização promovidos por aqui.

Se analisarmos os demais setores que englobam a produção industrial brasileira, podemos destacar cinco que detém grande significância. Além das já citadas atividades de mineração e de bens de consumo (o exemplo de bebidas, no caso), também se sobressaem os setores de energia, de químicos e automotivo.

Em nossa bolsa, temos um número razoável de companhias que estão atreladas a produção industrial, atuando em setores distintos, mas que compõe nossa grande cadeia produtiva. Cinco exemplos dessas empresas são: Vale (VALE3), Petrobras (PETR4), Klabin (KLBN11), Ambev (ABEV3) e Weg (WEGE3). Abaixo, separamos um breve resumo destas companhias, juntamente com os resultados apresentados no terceiro trimestre de 2020.

Empresas da B3

Vale (VALE3)

A Vale é uma das maiores mineradoras do mundo. A companhia lidera a produção de minério de ferro e níquel. A Vale produz minério de alta qualidade.

Para o 3T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 57,9 bilhões, representando um acréscimo de 42,4% em relação ao 3T19. Além dos ganhos com a valorização do Dólar frente ao Real, merece destaque o forte resultado advindo do mercado de minério de ferro, impulsionado não somente pela maior demanda externa, como também pelos melhores preços praticados.

A empresa reportou Ebitda Ajustado de R$ 32,8 bilhões no 3T20, representando alta de 79,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. A margem Ebitda foi de 56,7%, com ganho de 11,7 p.p. em comparação ao 3T19. O Ebitda foi positivamente impactado pelos ganhos de receitas, dado maior preço do minério e maior volume de venda, como comentado.

A companhia reportou lucro líquido ajustado de R$ 15,6 bilhões no 3T20, sendo este 138,7% maior que o lucro apresentado no mesmo período do ano anterior. A margem líquida ficou em 27,0%, com ganho de 10,9 p.p. na comparação anual.

Petobras (PETR4)

A Petrobras é uma empresa estatal brasileira, sendo considerada como uma das maiores do mundo, estando presente em cerca de 19 países de cinco continentes. A companhia é líder mundial no desenvolvimento de tecnologia avançada para a exploração petrolífera em águas profundas e ultra profundas.

Para o 3T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 70,7 bilhões, representando um decréscimo de 8,2% em relação ao 3T19. Destaque negativo para a queda no volume de vendas de diesel, gasolina e querosene para aviação e redução no preço do petróleo no mercado internacional.

A empresa reportou Ebitda Ajustado de R$ 33,4 bilhões no 3T20, representando alta de 2,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. A margem Ebitda Ajustada foi de 47,3%, com ganho de 5,0 p.p. quando comparado ao 3T19.

A companhia reportou prejuízo líquido de R$ 1,5 bilhão no 3T20, revertendo o lucro líquido de R$ 9,1 bilhões reportado no 3T19. Destaque negativo para o impacto da variação cambial sobre empréstimos e financiamentos.

Klabin (KLBN11)

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, além de ser uma grande produtora de celulose no mundo. Também é líder na produção de papéis e cartões para embalagens. Sendo aproximadamente 60% do volume total de produção em papel assim como da sua receita.

Para o 3T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 3,1 bilhões, representando um acréscimo de 25,0% em relação ao 3T19. Destaque para o aumento nos preços de papéis e embalagens no mercado interno, retomada da demanda por celulose no hemisfério norte e no mercado chinês e maior volume de exportação de kraftliner.

A empresa reportou Ebitda Ajustado de R$ 1,2 bilhão no 3T20, representando decréscimo de 12,0% em relação ao mesmo período do ano anterior. A margem de Ebitda Ajustada ficou em 40,0% no 3T20, com perda de 17,0 p.p. na comparação anual.

A companhia reportou prejuízo líquido de R$ 191,0 milhões no 3T20, revertendo o lucro reportado no 3T19, o qual foi marcado por reconhecimento de crédito tributário, afetando a base de comparação. Entretanto, o prejuízo foi reduzido em 49,9% quando comparado com o obtido no segundo trimestre de 2020.

Ambev (ABEV3)

A Ambev é uma empresa de bebidas brasileira e a maior produtora de cerveja da América Latina. Está presente em 18 países das Américas e é líder em 6 dos países onde opera – Brasil, Argentina, Canadá, Uruguai, Bolívia e Paraguai. No Brasil, as marcas Skol, Brahma e Antártica detêm mais de 50% de participação no mercado. É controlada pela AB Inbev, maior cervejaria do mundo, que detém 62% da empresa.

Para o 3T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 15,6 bilhões, representando um acréscimo de 30,5% em relação ao 3T19. Destaque para o maior volume de vendas e incremento na receita por hectolitro no Brasil, sendo parcialmente compensado pela retração nos volumes na América Central e Caribe, América do Sul e Canadá. No mercado interno, o aumento no consumo teve contribuição do auxílio emergencial.

A empresa reportou Ebitda Ajustado de R$ 5,1 bilhões no 3T20, representando alta de 15,0% em relação ao mesmo período do ano anterior. A margem Ebitda Ajustada foi de 36,9%, com ganho de 4,4 p.p. quando comparado ao 3T19.

A companhia reportou lucro líquido de R$ 2,3 bilhões no 3T20, sendo 9,4% menor que o reportado no 3T19. A margem líquida ficou em 15,1%, apresentando 6,7 p.p. na comparação entre os trimestres. A queda se deve muito em função do aumento em despesas financeiras e perdas com derivativos em operações de hedge.

Weg (WEGE3)

A WEG é uma empresa global de equipamentos eletroeletrônicos. Ela atua principalmente no setor de bens de capital com soluções em máquinas elétricas, automação e tintas. Além disso, atua dentro e fora do Brasil, sendo que hoje quase 60% das receitas vêm de fora, seja via exportação ou produção em outros países.

Para o 3T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 4,8 bilhões, com crescimento de 18,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. Destaque para a forte recuperação de equipamentos eletrônicos industriais no mercado interno, impulsionada pela alta demanda dos setores de construção civil e agroindústria.

A empresa reportou Ebitda de R$ 935,3 milhões no 3T20, representando crescimento de 27,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. A margem Ebitda foi de 19,5%, com ganho de 1,5 p.p. em comparação ao terceiro trimestre do ano passado.

A companhia reportou lucro líquido de R$ 644,2 milhões no 3T20, sendo 25,2% maior que o reportado no mesmo período do ano anterior. A margem líquida ficou em 13,4%, apresentando ganho de 0,7 p.p. na comparação entre os trimestres. Conjuntamente aos ganhos operacionais, destaque para a contribuição da variação do dólar médio, que passou de R$ 3,97 para R$ 5,28, e para os ganhos de escala.

Raking das Ações

Realizamos um estudo comparativo de alguns indicadores dos ativos, o qual é mostrado na tabela abaixo.

NOME TICKER DIVIDEND YIELD P/L P/VPA ROE
AMBEV ABEV3 3,70% 23,98 2,67 11,39%
KLABIN KLBN11 2,06% -7,85 9,92 -97,18%
PETROBRAS PETR4 3,14% -5,77 1,04 -18,24%
VALE VALE3 6,05% 20,94 1,67 6,61%
WEG WEGE3 0,52% 83,94 15,84 18,76%

A análise da tabela acima nos permite identificar que Klabin (KLBN11) e Petrobras (PETR4) apresentam P/L e ROE (Retorno sobre o patrimônio líquido) negativos. Isso se deve pelo acumulado dos prejuízos obtidos nos últimos trimestres.

Em termos de dividendos, Ambev (ABEV3) e Vale (VALE3) se apresentam como as empresa que mais distribuíram proventos nos últimos doze meses, em relação as demais mostradas na tabela. Destaque para os dividendos de Vale, se mantendo relativamente altos mesmo com a interrupção na distribuição por conta da tragédia de Brumadinho.

Por fim, Weg apresenta os maiores valores de P/L e P/VPA, dado as fortes valorizações de seus papéis nos últimos meses. Entretanto, a companhia também apresenta o maior ROE, indicando bom retorno sobre os capitais investidos por seus acionistas.

Rendimentos das Ações

Os gráficos abaixo apresentam a valorização das ações das companhias citadas, em comparação com a rentabilidade do índice Bovespa, para os últimos 12 meses.

Quer receber as melhores recomendações para montar sua carteira de ações de longo prazo?

Conheça o Invista em Ações. O guia que vai te ajudar a construir e diversificar seu patrimônio. Receba análises e recomendações para a montagem da sua carteira de ações e conheça os ativos que podem trazer altos retornos em longo prazo. Acompanhe a nossa recomendação de diferentes Carteiras e invista com o suporte e acompanhamento da melhor equipe de analistas do mercado.

Acesse agora nossas recomendações de diferentes Carteiras 

Carteira Dividendos

Carteira Crescimento

Carteira Top Recomendadas

Carteira Small Caps

Conheça o Full Trader e receba análises e recomendações de curto e médio prazos na Bolsa de Valores

Full Trader é o produto mais completo do mercado para suas operações na Bolsa de Valores. Adquirindo, você recebe:

  • Recomendações de compra e venda de ativos acompanhadas pelo nosso time de analistas via app, WhatsApp e Painel do Trader;
  • Acesso ao nosso pregão ao vivo;
  • Contato direto com nossos analistas via WhatsApp;
  • Recomendações e análises em tempo real de operações Day Trade, Swing Trade e Position Trade em Ações, Rastreador de Tendências (Estratégia Exclusiva), Índice Futuro e Dólar, Opções, Long&Short, Termo e Aluguel de Ações, Boi Gordo e Milho Futuro;
  • Acesso ao produto Invista em Ações.

Acesse agora as mais diferentes recomendações

Day Trade

Swing Trade e Position Trade em Ações

Rastreador de Tendências (estratégia exclusiva)

Índice Futuro e Dólar

Opções

Long&Short

Termo e Aluguel de Ações, Boi Gordo e Milho Futuro

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

___

Fonte: Valor, InfoMoney, Quantum, Estadão, Broadcast, Folha, Exame, B3, MoneyTimes.

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Capitalizo análises e recomendações de investimentos.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Atendimento

E-mail

contato@capitalizo.com.br

Telefone

4003-9127 (para todo Brasil)
em dias úteis, das 9h às 19h

Redes Sociais

Pagamento

Segurança

Capitalizo Análises e Recomendações – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis