Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Natura é uma das grande empresas brasileiras do setor de cosméticos. Fundada em 1969, a companhia trabalha com uma grande variedade de produtos, por exemplo: cuidados com o cabelo, dermocosméticos, maquiagem, perfume, etc. Atualmente, além da marca Natura, a empresa fez aquisições de outras grandes marcas do mercado como Avon, The Body Shop e Aesop.

Agora, caso você tenha interesse em investir nas melhores empresas da bolsa, conheça o Invista em Ações. Com nosso produto, você tem acesso à diversas carteiras de investimos para longo prazo, como: Top Fundos, Dividendos, Small Caps, Internacionais e muito mais!

Números da empresa

A Natura tem valor de mercado por volta de R$ 61,3 bilhões. Só no Brasil são 58 lojas físicas da marca Natura, ainda que seu principal foco seja a revenda por meio de consultoras. Já as marcas The Body Shop e Aesop estão presentes em 73 e 23 países, respectivamente, com lojas físicas e on-line. Sua receita está principalmente focada em 55% na marca Natura e 28% na Avon.

Pontos Positivos 

  • Posição de mercado: a Natura está entre as marcas líderes do segmento de higiene, perfumaria e cosmético, possuindo em torno de 12% de participação do mercado e é a 4ª maior empresa de produtos de beleza do mundo. Confira melhor na imagem abaixo:

  • Diversificação dos canais de venda: o maior foco na venda on-line e abertura de pontos de atendimentos físicos serão importantes avenidas de crescimento.
  • Diversificação internacional: ativo com diversificação geográfica e de moeda. 
  • Modelo integrado: fábricas no brasil e em outros países, além disso a Natura é referência em centros de pesquisas e inovação.

Pontos Negativos: 

  • Alavancagem da empresa: é necessário acompanhar a evolução do endividamento da Natura em função das aquisições da empresa.
  • Variação cambial: por estar exposta a outras moedas, a Natura fica sujeita a variação cambial. 
  • Problemas de integração com as aquisições: existe a possibilidade de que as integrações de novas empresas não sejam satisfatórias e futuramente causem problemas para o funcionamento da empresa. 

Resultados do 2T20

No 2T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 7,0 bilhões, representando um decréscimo de 12,7% em relação ao 2T19. A queda na receita é explicada, principalmente, pelo fraco desempenho em outras países da América Latina, com impacto da redução no número de consultoras da marca Avon.

A empresa reportou Ebitda de R$ 651,9 milhões no 2T20, representando decréscimo de 25,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. A margem Ebitda ficou em 9,3%, com perda de 1,6 p.p. em relação ao obtido no 2T19.

A companhia reportou prejuízo líquido de R$ 388,5 milhões no segundo trimestre de 2020, revertendo o pequeno lucro obtido no 2T19, ainda com efeito de custos de transformação e despesas relacionadas à aquisição da Avon.

Rentabilidade das Ações

As ações negociadas na B3 apresentaram alta de 73,98%, ao longo de 2019, enquanto o Ibovespa desenvolveu 31,58% no mesmo período. Desde setembro de 2015, as ações ordinárias da companhia registram uma variação positiva de 363,34%, contra 116,60% do benchmark. Em 2020 as ações de Natura apresentam resultado de 26,36%, enquanto o IBOV marca -14,82%.

Comprar ou não comprar Natura (NTCO3)?

Natura é uma “velha conhecida” nossa. Em 2017 quando o mercado duvidava da capacidade da companhia em absorver com qualidade a compra da The Body Shop, entendíamos exatamente ao contrário. Na nossa visão, o movimento da empresa era acertado e que a chance de colher bons frutos era bastante elevada. Na época, inclusive, recomendamos uma compra de NTCO3, que trouxe retorno de quase 300% para quem seguiu a nossa recomendação. 

Entendemos que hoje o desafio da compra e integração com a Avon é muito maior, mesmo que a Natura já esteja capturando sinergias de forma muito efetiva. Continuamos gostando muito da empresa e a colocamos como uma das empresas mais diferenciadas em termos de gestão e governança da B3. Além disso, 

Vale ressaltar que Natura é um exemplo de empresa de crescimento. Agora o que mais importa não é ‘’dar lucro’’, mas sim crescer em vendas. Por isso não espere que Natura seja uma daquelas empresas ‘’reloginho’’, com lucros constantes e crescentes. 

Por outro lado,acreditamos que a empresa continuará crescendo muito forte e que, nos próximos anos, vai entregar resultados bastante positivos.

E você, quer ter acesso a todas recomendações da Capitalizo e montar uma carteira com alto potencial de crescimento para o longo prazo? Conheça o Invista em Ações. Com ele, você terá acesso a análises completas das maiores empresas da B3 e 6 carteiras completas: Dividendos, Small Caps, Top Recomendadas, Crescimento, Buy&Hold e Internacionais.

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Atendimento

E-mail

contato@capitalizo.com.br

Telefone

4003-9127 (para todo Brasil)
em dias úteis, das 9h às 19h

Redes Sociais

Pagamento

Segurança

Capitalizo Análises e Recomendações – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis