Compartilhe

Planejamento financeiro - como fazer o seu

Hoje veremos a importância de termos um bom planejamento financeiro e como podemos fazer o nosso.

Consciência financeira

Você não consegue fazer e seguir um planejamento se não possui a consciência financeira necessária. Se já a possui, é importante sempre reforçar os hábitos saudáveis. Mas se você não a possui, é importante focar numa mudança de vida. Porque você precisa saber para onde irá o seu dinheiro no dia a dia. Faça perguntas a si mesmo como: O que eu quero para o futuro? Como eu me vejo daqui a 10 anos?

Hábitos essenciais

Na aquisição de uma consciência financeira, três pontos são importantes:

1. Acompanhamento de gastos - Tudo o que você gastar durante o dia, anote. Não precisa fazer essa tarefa para sempre, mas é importante que faça no mínimo durante 30 dias. Isso vai lhe demonstrar o que está sendo comprado sem necessidade.

2. Guardar (pelo menos) 10% da renda - Nem sempre é fácil, mas é importante. Você precisa construir um patrimônio para garantir a segurança, tanto em curto como em longo prazo. E só há uma forma de fazê-lo: poupando. É desejável que você guarde, no mínimo, 10% do seu salário mensal.

3. Poupe diariamente - Poupar é a característica que toda pessoa que chegou à independência financeira possui. Poupe, poupe e poupe. Pense duas vezes antes de gastar em algo, pois aquele dinheiro pode ir para sua poupança.

Planejamento responsável

Você deve planejar sua renda para o futuro, então estipule um valor que pretende ter em 1 ano, 5 anos e 10 anos. O tempo pode variar, o mais importante é criar essa projeção. Além disso, faça um orçamento de gastos, tentando fazer uma projeção de quais serão seus custos.

Uma parte do dinheiro que você vai render precisa ir para reservas de emergência. Divida o valor dessa poupança em três partes: reservas de curto prazo, reservas de média e reservas de longo prazo. Uma porcentagem desse valor deve ir para a garantia da sua independência financeira. Lembre-se que você fez uma projeção para 10 anos, então é preciso guardar uma quantia para essa época desde já, pensando em formas de investimento.

Como aplicar o dinheiro

A parte dedicada a aplicação do dinheiro deve ser tratada com muito cuidado. Afinal, você não vai querer perder seu dinheiro em um mau investimento. Então pense nos melhores ativos para o crescimento do seu patrimônio. Ativos são investimentos que não geram despesas para você, como ações, títulos, imóveis para aluguel etc. Diferem-se dos passivos, que nos geram despesas (um veículo, por exemplo).

Tanto os investimentos ativos como os passivos são importantes, mas concentre-se nos ativos. São eles que vão garantir o crescimento do patrimônio, pois eles tendem a sempre trazer mais dinheiro para você, mesmo que não exijam trabalho da sua parte.

Receba as Melhores Recomendações de Investimentos

Quer receber as melhores análises e recomendações de investimentos do mercado? Conheça nossos Produtos, clicando aqui.

 

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

 

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Fontes das Informações: Valor, InfoMoney, Quantum, Estadão/Broadcast, Folha, Exame, B3, MoneyTimes.

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Capitalizo consultoria, análises e recomendações de investimentos.

Compartilhe

Capitalizo Consultoria Financeira – CNPJ: 27.253.377/0001-09 | Avenida Rio Branco, 115, 20º andar – Centro – Rio de Janeiro/RJ – CEP: 20040-004
© 2017 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvidor por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis