Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

TIMP3 - Vale a pena investir nas ações da Tim?

Confira o nosso artigo e o vídeo explicativo e saiba se vale a pena investir nas ações da Tim - TIMP3.

A empresa

A TIM iniciou suas atividades no Brasil em 1998, dentro do processo de privatização de empresas estatais de telefonia. A Telebrás possuía o monopólio dos ativos operacionais desde a década de setenta, quando adquiriu quase todas as empresas atuantes. Com a cisão dos ativos da empresa e os leilões de autorizações e concessões para operadoras privadas, o Grupo Telecom Italia entrou no mercado brasileiro. Subsidiárias foram instaladas para prestar de serviços no segmento móvel. Naquela época, o grupo controlador já era um dos líderes do setor na Europa, disponibilizando soluções em telefonia fixa, móvel e internet.

Anos 2000

Em 2009, a TIM adquiriu a Intelig Telecom, assim deteve 100% do capital social da empresa. Então, sucedeu a administração de sua rede de fibra óptica, centrais telefônicas e conexão a redes internacionais em sistemas de cabos submarinos. Em 2011, foi incorporada a infraestrutura da AES Atimus, antiga subsidiária do grupo AES Brasil que conta com uma rede de fibra óptica nas regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro.

Atualmente, a companhia atua na área de telecomunicações. A empresa oferece, principalmente, serviços móveis de voz, dados e acesso à internet de banda larga. Desde 2011, quando foi aprovada a adesão pelos acionistas em assembleia geral extraordinária e assembleia especial de preferencialistas, as ações estão listadas no Novo Mercado, segmento máximo de governança corporativa da B3.

Atuação

O portfólio da empresa inclui telefonia móvel e fixa, ultra banda larga fixa e acesso à internet em dispositivos diversos. Possui aproximadamente dez mil colaboradores e noventa mil quilômetros de rede de fibra óptica e atua com telefonia fixa apenas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. O market share no segmento móvel, onde a empresa conta com cobertura em todo território nacional, é de 24,1%, ficando atrás da Claro (24,6%) e da Vivo (32,1%), e na frente da Oi (16,5%).

A base móvel de clientes supera 55 milhões, 63% do segmento pré-pago e o restante pós-pago. Essa divisão vem mudando gradualmente, o primeiro vem regredindo e o segundo aumentando, seguindo a nova tendência do mercado. Os principais pilares da estratégia da TIM são: implementação de sistemas digitais, expansão da oferta de banda larga fixa e desenvolvimento de  redes de fibra óptica. Os desafios estão centrados na redução do número de clientes pré-pagos, redução de tarifas de interconexão e aumento do uso de soluções OTT para fazer chamadas sem custo adicional.

Controle acionário

A TIM Participações é controlada pela subsidiária do Grupo Telecom Italia, TIM Brasil Serviços e Participações, que detém uma fatia de 67% das ações ordinárias. O free float chega a 33%, englobando acionistas menores, configurando um capital relativamente pulverizado.

Ações na B3

As ações negociadas na B3 apresentaram desvalorização de 8,0% em 2018, enquanto o Ibovespa desenvolveu 15,0%. Nos últimos dez anos, as ações ordinárias registraram variação positiva de 118,7%, frente a 111,1% do benchmark.

Vídeo - Vale a pena investir nas ações da Tim - TIMP3?

Quer receber as melhores recomendações de ações para montar sua carteira de longo prazo?

Adquira o nosso produto Invista em Ações e receba análises e recomendações de ações de empresas com forte potencial de crescimento, empresas em recuperação, Small Caps e boas pagadoras de dividendos. Sendo você, um investidor iniciante ou não.

Se você procura recomendações verdadeiramente fundamentalistas, seguindo uma estratégia Buy and Hold, com baixíssimo giro de carteira e orientação para aportes periódicos, esse é o produto recomendado para você.

Acesse agora nossas recomendações de diferentes Carteiras 

Carteira Dividendos

Carteira Crescimento

Carteira Top Recomendadas

Small Caps

Você quer receber análises e recomendações de curto e médio prazos na Bolsa de Valores?

Conheça o Full Trader e tenha acesso ao produto mais completo do mercado para suas operações na Bolsa de Valores.

Receba de forma clara e objetiva recomendações de compra e venda de ativos, que serão acompanhadas pelo nosso time de analistas. Se está a procura por recomendações que utilizam estratégias sólidas, minimizando riscos e maximizando seus ganhos, esse é o produto recomendado para você. Seja você um trader iniciante ou com experiência.

Acesse agora as mais diferentes recomendações

Day Trade

Swing Trade e Position Trade em Ações

Rastreador de Tendências (estratégia exclusiva)

Índice Futuro e Dólar

Opções

Long&Short

Termo e Aluguel de Ações, Boi Gordo e Milho Futuro

Importante: O Produto Invista em Ações está incluso no Full Trader.

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

___

Fonte: Valor, InfoMoney, Quantum, Estadão, Broadcast, Folha, Exame, B3, MoneyTimes.

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Capitalizo análises e recomendações de investimentos.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Capitalizo Consultoria Financeira – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis