Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Se o seu perfil de investidor é mais focado em alternativas arrojadas, saiba que o investimento em Bitcoin pode ser uma opção relevante para o seu patrimônio.

Em 2020, o Bitcoin ficou ainda mais em evidência nas manchetes dos jornais, tendo em vista o salto que deu de US$ 7.300 para US$ 29.433, o que em reais significa uma valorização de 419%

Neste artigo, a intenção é explicar um pouco melhor sobre esse fenômeno financeiro e entender como é o seu funcionamento. Acompanhe a leitura e confira!

Afinal, o que é Bitcoin?

No intuito de servir como um meio de pagamento, semelhante às moedas que utilizamos, mas com foco no âmbito virtual, o Bitcoin foi desenvolvido em 2009. Tudo começou a partir de um artigo, assinado pelo pseudônimo Satoshi Nakamoto, que explorava a possibilidade de registrar transações mediante a um banco de dados.

Com isso, alguns meses após, o software mencionado no artigo começou a funcionar e o Bitcoin foi a moeda utilizada por um grupo de entusiastas dessa ideia. Basicamente, é uma moeda digital descentralizada, ou seja, não há uma instituição como o Banco Central para controlar ou regular as informações. 

Muito adotada por novos usuários, essa criptomoeda é uma forma não burocrática de reserva de valor, que tem chamado a atenção de investidores e empresas. Vale ressaltar que a criptomoeda Bitcoin é apenas um dos vários tipos de criptoativos, que são ativos criptografados por meio da tecnologia blockchain.

Como o Bitcoin funciona na prática?

Blockchain é o software utilizado tanto para o cadastro de transferências de Bitcoins quanto para a mineração de novas moedas, oferecendo maior segurança às transações. É um sistema complexo que depende de uma grande rede de computadores pelo mundo para funcionar, servindo como uma espécie de livro contábil digital. Por serem informações criptografadas, isso ajuda a proteger o seu patrimônio em relação a possíveis ataques de hackers ou programas mal intencionados.

Como o Bitcoin não é devidamente regulamentado, existem corretoras específicas que exercem a mediação de liquidez entre compradores e vendedores: as exchanges. Na prática, assim como ocorre com o investimento em ações, que é preciso ter conta em uma corretora de valores, você fará o cadastro na exchange de sua confiança

Basta transferir o capital disponível para a exchange, escolher o Bitcoin ou outra criptomoeda que queira e definir o valor cambiado para a ordem de compra. Depois disso, como forma de proteção a mais, você pode transferir os seus Bitcoins para uma carteira à parte, copiando a chave pública informada no aplicativo. Para resgatar os valores em reais, basta apenas realizar o processo inverso, isto é, transferir da sua carteira para a exchange e depois para o seu banco. 

Quais são os fundamentos que podem influenciar o seu investimento?

Seja qual for o investimento que pretenda fazer, o ideal é sempre ter um bom planejamento e estudar o mercado para compreender se é uma boa ou não. Partindo desse princípio, veja abaixo que existem três grandes fundamentos que podem tranquilizar você a respeito do investimento nessa moeda digital.

Segurança

Por ser um investimento de alto risco, o fator segurança é um dos mais questionados quando a pauta é Bitcoin, porém, os investidores contam com recursos de proteção. Como havíamos mencionado, por conta do serviço de blockchain, as transações são criptografadas, sendo que corretoras e carteiras costumam ser confiáveis.

Todavia, para que deite a cabeça no travesseiro e durma com tranquilidade, dê preferência para exchanges de qualidade, levando em conta os níveis de segurança. Como essa criptomoeda não é controlada por instituições financeiras ou governos, também não há o risco de interferência na cotação ou confisco de Bitcoins.

Aceitação

Diferentemente do final da década de 2000, o Bitcoin é muito mais conhecido hoje em dia e isso reflete na liquidez da moeda, permitindo uma transação rápida. Boa parte do mercado já demonstra aceitação diante da utilização do Bitcoin como moeda ou mesmo reserva de valor, o que gera mais credibilidade e confiança.

Não é à toa que a Tesla, empresa do bilionário Elon Musk, já é favorável a utilização de Bitcoins e deve aceitar pagamentos por meio da criptomoedas no futuro. Além disso, a Mastercard planeja permitir que varejistas aceitem criptomoedas e, até mesmo, o BNY Mellon abrirá uma nova unidade para abrigar uma custódia digital.

Escassez

Traçando um paralelo com o ouro, o Bitcoin é um criptoativo escasso, há algo em torno de 18,73 milhões espalhados pelo mundo para se ter uma ideia. Na contramão da impressão desenfreada de dinheiro pelos bancos centrais de cada país, os Bitcoins têm um limite de 21 milhões, minimizando a mineração aos poucos. Isso configura como uma boa notícia para quem deseja formar uma reserva de valor, especialmente por ser um ativo que não corre o risco de problemas inflacionáriosMesmo com a altíssima volatilidade presente nessa moeda digital, o Bitcoin tem servido como importante fator de diversificação no cenário cambial. 

Quais são as modalidades de investimento em Bitcoin?

Além da compra direta da moeda por meio das exchanges, você pode optar por alternativas menos arriscadas e que podem contribuir com a segurança da sua carteira. Um bom exemplo disso são os fundos de investimento, que já se renderam aos aportes em criptoativos para compor a carteira e, com isso, proporcionar boas rentabilidades. Ao investir em fundos com essa finalidade, você conta com uma certa segurança institucional, levando em consideração que os fundos seguem as regras da CVM.

Rentabilidade

Só nos últimos 12 meses, o Bitcoin já valorizou mais de 468%. E, somente, em 2021, a alta já é de mais de 96%. Um desempenho em tanto. Confira o movimento do ativo no gráfico abaixo:

Já pensou na grande oportunidade que você pode ter perdido? Mas calma. Estamos aqui para lhe ajudar e fazer de tudo para que você não perca mais chances como essa!

O que você encontra de Bitcoin na Capitalizo?

Pensando em uma carteira de investimento agressiva, você pode encontrar recomendações de ativos inerentes ao universo das criptomoedas na Capitalizo. 

É uma maneira interessante de diversificar os seus investimentos, especialmente visando o longo prazo e vislumbrando uma possível valorização da moeda digital. Com a Capitalizo, você dispõe de fundos de investimento que focam não somente em Bitcoins, mas em outras criptomoedas de uma maneira geral

Além disso, nunca é demais lembrar que é possível compor o seu portfólio de ativos com alternativas de investimentos, seja da renda variável, seja da renda fixa.  Para finalizar, muito mais do que se preocupar com a alta ou baixa do Bitcoin, ou se é uma bolha de mercado, lembre-se da importância de estudar bem um ativo antes de investir e contar com a ajuda de profissionais da área

Nossos resultados

Abaixo, você confere o desempenho em rentabilidade da Carteira Diversificada Agressiva da Capitalizo (que conta com fundos de investimentos que possuem criptomoedas em seu portfólio) em comparação com o Ibovespa e o CDI. Perceba que, desde outubro de 2017, a Carteira Diversificada Agressiva da Capitalizo rendeu 85,89%, contra somente 17,98% do CDI no mesmo período. Isso representa 431,67% do CDI!

Além disso, temos uma novidade o Carteiras Capitalizo dá acesso ao Invista em Ações. E, nele, há uma carteira composta exclusivamente por criptomoedas, incluindo o Bitcoin.

Então, o que acha de ter análises e recomendações especializadas sobre ações, fundos, títulos de renda fixa e criptoativos? Pois bem, adquira o produto Carteiras Capitalizo e tenha a possibilidade de compor a sua carteira com as melhores alternativas do mercado!

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795
Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855
Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Atendimento

E-mail

contato@capitalizo.com.br

Telefone

4003-9127 (para todo Brasil)
em dias úteis, das 8:30 às 17:30

Redes Sociais

Pagamento

Segurança

Capitalizo Análises e Recomendações – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis