Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Se você tem recursos para investir em ações todos os meses, existe a possibilidade de lucrar com dividendos e ter uma renda a mais sem fazer esforço, sabia?

Em meio às inúmeras estratégias possíveis no mercado de capitais, o foco em dividendos é algo que pode proporcionar valores relevantes e substanciais, desde que os investidores compreendam bem o cenário no qual estão inseridos.

Neste artigo, você entenderá o conceito de dividendos, bem como as características de boas pagadoras e a importância de recomendações profissionais. Confira!

O que são os dividendos?

Entende-se como dividendo, a parte do lucro líquido apurado pelas empresas e que, consequentemente, retorna aos acionistas, cumprindo o Art. 202 da Lei 6.404/76

O percentual mínimo de distribuição de proventos deve ser divulgado no estatuto da companhia, sendo que a margem mínima de 25% costuma ser a mais adotada.

Os juros sobre capital próprio também são proventos atrativos, que é quando a empresa investe parte do lucro e redireciona os juros das aplicações aos acionistas.

Dependendo da sua alocação de carteira, pode ser possível lucrar com dividendos por meio de um fluxo de pagamento contínuo a partir do crescimento das empresas.

Como funciona o sistema de datas e recebimentos? 

Depois que você analisar os dividendos das ações e montar uma boa carteira, prestar atenção nas datas inerentes aos proventos é um fator preponderante para se organizar.

A data de declaração ou aprovação, por exemplo, é quando o conselho de administração da companhia revela a quantia a ser paga e a data de pagamento. 

Esse dado você pode acompanhar por meio dos prospectos intitulados como “fatos relevantes”, que trazem informações sobre vários assuntos a respeito da empresa. 

Com relação à data “com”, basicamente é referente à data limite para ter uma ação e receber os seus dividendos, logo, o dia seguinte é considerado como data “ex”.

Os proventos são pagos por ação, portanto, quanto mais ações você tiver de uma companhia, maior o valor a receber na sua conta corrente.

Por ser parte do lucro líquido, os dividendos não têm cobrança de IR, porém, os juros sobre capital próprio são tributados em 15%, pois são oriundos de investimentos.

Sendo assim, vamos imaginar que uma empresa divulgue o pagamento de R$ 0,50 por ação em 31/03, tendo como base a data “com” em 30/12.

Se você tiver 500 ações daquela empresa, por exemplo, dentro da data limite de 30/12, receberá em março o valor de R$ 250,00 de dividendos.

Quais são as características de empresas que pagam bons dividendos?

Muito mais do que observar o índice de dividend yield das empresas, existem aspectos comuns entre boas pagadoras de dividendos que você precisa ficar de olho.

A seguir, trouxemos algumas das características básicas de empresas que tendem a distribuir dividendos atrativos e, consequentemente, são boas opções de aportes.

Boa geração de caixa

Se a companhia tem uma boa demanda de vendas, dispõe de credibilidade no mercado que atua e faz poucas dívidas, a tendência é gerar bons lucros e distribuir dividendos.

Segmentos de bancos, energia elétrica, saneamento básico, calçados, medicamentos, entre outros tipos costumam ser opções que geram bastante caixa durante o ano.

Portanto, você deve focar seus esforços de investimento em empresas mais sólidas, que proporcionam produtos ou serviços de grande interesse ou utilidade pelo público.

Endividamento controlado

Para lucrar com dividendos, você deve observar também os indicadores de endividamento, a fim de identificar se as empresas podem honrar seus compromissos.

As empresas que pagam dividendos recorrentes tendem a apresentar um endividamento baixo, precisando pouco do patrimônio líquido para cobrir dívidas.

Em contrapartida, níveis absurdos de dívidas podem comprometer o fluxo de caixa, muito por conta de longos prazos para cumprir as despesas e grandes amortizações.

Rentabilidade atrativa

Outra vantagem interessante quanto às empresas que remuneram de forma consistente é a rentabilidade, tendo métricas elevadas de retorno sobre o investimento aplicado.

Empresas que apresentam um ROE (Retorno sobre o patrimônio líquido) baixo, por exemplo, necessitam reter mais de seus resultados para investir nos negócios.

Todavia, as empresas que trazem indicadores de ROE altos, precisam investir bem menos e isso pode proporcionar grandes sobras de caixa para distribuir aos acionistas.

Baixo risco

Por mais que a renda variável seja um investimento de alto risco se compararmos com a renda fixa, algumas ações específicas podem ser menos arriscadas do que outras.

É o caso das empresas que disponibilizam proventos com frequência aos seus acionistas, pois apresentam modelos de negócios aos quais as pessoas confiam.

São companhias mais maduras e que sabem a importância de não gastar mais do que podem, gerando assim um bom fluxo de caixa e tendo indicadores animadores.

Como as recomendações da Capitalizo podem ajudar você a lucrar com dividendos?

Se você tem o anseio de saber como compor uma boa carteira de dividendos, saiba que o estudo a respeito do mercado financeiro deve ser um mandamento inviolável.

Quanto mais você se nutre de informações a respeito do ramo de negócios das companhias, notícias da macroeconomia e valuation, melhor a chance de lucrar.

-

Para tanto, os investidores necessitam de um direcionamento que ajude a tomar melhores decisões, a fim de escolher ativos que podem ser vantajosos.

Tendo isso em vista, contar com as recomendações de uma casa de análise é imprescindível para entender o mercado de bolsa, bem como suas oportunidades.

A Capitalizo, por exemplo, dispõe de uma carteira de dividendos com excelente performance, cujo retorno foi de 96,78% desde 2019, superando o IBOV em 32,74%.

Portanto, perceba que é possível lucrar com dividendos ao longo do tempo, desde que observe atentamente as movimentações do mercado e conte com a expertise de profissionais que podem te ajudar a fazer boas escolhas.

-

Se você tem o objetivo de investir em ações na bolsa de valores sob a estratégia e o foco no longo prazo, seja visando a rentabilidade ou o recebimento de dividendos, o produto perfeito para você é o INVISTA EM AÇÕES.

Com ele, você conta com análises e recomendações para identificar boas empresas, aproveitar o potencial de valorização de seus ativos e acumular patrimônio utilizando a passagem do tempo a seu favor. É o auxílio que você precisa para construir e diversificar seu portfólio, investindo nas melhores companhias do Brasil e do Mundo.

O Invista em Ações traz as análises e recomendações para identificar boas empresas e é dividido em seis carteiras recomendadas, cada uma visando um objetivo específico: Dividendos, Crescimento, Top Recomendadas, Small Caps, Buy and Hold Raiz e Internacionais

Fique por dentro ainda dos avisos de pagamentos de dividendos, fatos relevantes, análises setoriais e análises de relatórios trimestrais e anuais.

Adquira agora mesmo clicando aqui!

Lembre-se: sendo cliente Capitalizo e adquirindo qualquer um dos nossos produtos, você:

✅ Tem acesso total a nossa equipe de atendimento por diversos canais
✅ Recebe materiais, ebooks e relatórios exclusivos
✅ Pode solicitar uma análise da sua carteira de investimentos já existente
✅ Assiste às mentorias fechadas para clientes e tira suas dúvidas direto com o Tiago Prux

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Atendimento

E-mail

contato@capitalizo.com.br

Telefone

4003-9127 (para todo Brasil)
em dias úteis, das 8:30 às 17:30

Redes Sociais

Pagamento

Segurança

Capitalizo Análises e Recomendações – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis