Queda do Bitcoin: é hora de comprar?

Bitcoin: é hora de comprar?

É hora de comprar Bitcoin?

Nas últimas semanas, o mercado de criptoativos tem passado por quedas muito abruptas, assim como os principais mercados de risco. Isso se deu pelas condições financeiras atuais, que mostraram grande aperto após a mudança da política do FED, o Banco Central Americano, que começou a elevar os juros e anunciou a redução de seu balanço de ativos, a fim de conter a inflação elevada.

Apesar de, dessa vez, a reação do mercado ter ocorrido de forma muito mais agressiva, algo similar ocorreu em 2018, quando vimos as mesmas políticas causando grandes quedas no mercado de criptoativos.

Como foi em 2018?

A principal lição de 2018 é que mesmo após o Bitcoin cair 85%, o mercado continuou apostando nos grandes benefícios que a tecnologia blockchain pode proporcionar, e, desde então, o Bitcoin chegou a subir mais de 1500%, quando atingiu seu último topo, no final de 2021.

As quedas atuais proporcionam mais uma excelente oportunidade em criptoativos, mas é importante investir com sabedoria. Em um mercado de risco elevado, é essencial saber selecionar criptoativos de bons projetos, com boas perspectivas de longo prazo.

Cuidados

É válido sempre recordar que esse é ainda um mercado muito novo e que seu potencial de multiplicação é incrível. Porém, não esqueça que alto retorno significa alto risco e que, no caso das criptos, para quem colocar valores que possa precisar no curto prazo, a volatilidade pode significar alto risco.

Além disso, é importante trabalhar com um percentual máximo da Carteira em criptos — aqui, na Capitalizo, não recomendamos uma posição superior a 10%, considerando todo o seu capital. Dessa forma, conseguimos aproveitar os momentos de alta para vender e os de baixa (como os atuais) para aumentar posição. 

Por isso, se você ainda não tem criptos na sua Carteira ou já possui, considere aproveitar o momento para iniciar ou reforçar sua posição. 

Quais são os fundamentos do Bitcoin que podem influenciar o seu investimento?

Seja qual for o investimento que pretenda fazer, o ideal é sempre ter um bom planejamento e estudar o mercado para compreender se é uma boa ou não. Partindo desse princípio, veja, abaixo, que existem três grandes fundamentos que podem tranquilizar você a respeito do investimento nessa moeda digital.

Segurança

Por ser um investimento de alto risco, o fator segurança é um dos mais questionados quando a pauta é Bitcoin, porém, os investidores contam com recursos de proteção. Como havíamos mencionado, por conta do serviço de blockchain, as transações são criptografadas, sendo que corretoras e carteiras costumam ser confiáveis.

Todavia, para que você deite a cabeça no travesseiro e durma com tranquilidade, dê preferência para exchanges de qualidade, levando em conta os níveis de segurança. Como essa criptomoeda não é controlada por instituições financeiras ou governos, também não há o risco de interferência na cotação ou confisco de Bitcoins.

Aceitação

Diferentemente do final da década de 2000, o Bitcoin é muito mais conhecido hoje em dia e isso reflete na liquidez da moeda, permitindo uma transação rápida. Boa parte do mercado já demonstra aceitação diante da utilização do Bitcoin como moeda ou mesmo reserva de valor, o que gera mais credibilidade e confiança.

Escassez

Traçando um paralelo com o ouro, o Bitcoin é um criptoativo escasso. Há algo em torno de 18,73 milhões espalhados pelo mundo para se ter uma ideia. Na contramão da impressão desenfreada de dinheiro pelos bancos centrais de cada país, os Bitcoins têm um limite de 21 milhões, minimizando a mineração aos poucos.

Isso configura como uma boa notícia para quem deseja formar uma reserva de valor, especialmente por ser um ativo que não corre o risco de problemas inflacionários.  Mesmo com a altíssima volatilidade presente nessa moeda digital, o Bitcoin tem servido como importante fator de diversificação no cenário cambial. 

Quais são as modalidades de investimento em Bitcoin?

Além da compra direta da moeda por meio das Exchanges, você pode optar por alternativas menos arriscadas e que podem contribuir com a segurança da sua carteira. Um bom exemplo disso são os Fundos de Investimento, que já se renderam aos aportes em criptoativos para compor a carteira e, com isso, proporcionar boas rentabilidades.

Além disso, temos os recém criados ETFs, que são Fundos negociados na B3, cujas carteiras são compostas por criptoativos.

O Bitcoin já morreu 444 vezes!

E não somos nós quem está contando. Na verdade, esse tipo de episódio já virou “meme” no mundo das criptomoedas e existem vários sites que contam quantas vezes o Bitcoin já “morreu”. Quer um exemplo? 👇🏼

bitcoin morreu 444 vezes

Cada ponto vermelho nesse gráfico representa uma “morte” do Bitcoin. E, como você pode ver, os preços estão subindo ao longo do tempo…

Isso só reforça a nossa crença de que hoje…

“É mais arriscado você NÃO TER criptomoedas do que ter pelo menos um pouco”.

Carteira de Criptoativos da Capitalizo

A nossa Carteira Recomendada iniciou em Março de 2021 e tem como objetivo trazer retornos acima da média do mercado, com a alocação em ativos consolidados, como é o caso do Bitcoin, e também em outras criptos com forte potencial de crescimento.

90% da Carteira utiliza a Estratégia de Longo Prazo e 10% são posições Táticas, onde buscamos também ganhos de curto e médio prazos ou criptos com forte potencial de valorização e ”fora do radar”.

Como é possível observar no gráfico abaixo, desde o início, em março de 2021, até hoje, a carteira mantém uma rentabilidade bem superior ao Bitcoin:

Entendemos que ter um percentual da sua carteira em Bitcoins e outras criptos faça todo o sentido. Além disso, nas nossas recomendações, fazemos o que chamamos de “gerenciamento da posição”, aproveitando os momentos de forte alta para avisar que nossos clientes diminuam a posição e os de forte baixa para o aumento. Dessa forma, aproveitamos, de maneira inteligente, a maior volatilidade do mercado de criptoativos.

Quer saber em quais Criptomoedas investir e o quanto alocar em cada uma?

Se você busca encontrar boas oportunidades de Criptomoedas e quer receber as recomendações da nossa Carteira Recomendada, então você precisa conhecer a nossa assinatura  Carteiras Capitalizo, a mais completa do mercado:

Sendo cliente Capitalizo, você também tem acesso a:

✅ Canais de atendimento exclusivos para dúvidas via WhatsApp e Telegram
✅ Análise gratuita dos seus investimentos
✅ Mentorias exclusivas para clientes direto com nossos especialistas

Quer receber as melhores análises e recomendações de investimentos do mercado?

Botão Carteiras Capitalizo

 

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.