Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma das maiores dúvidas dos investidores é a quantidade de ações que se deve ter em uma Carteira. A resposta, como não poderia deixar de ser é: depende!

Um investidor, por exemplo, que tem como Estratégia ter uma carteira formada apenas por ações de grandes bancos, talvez não precisasse ter mais do que 4 ações: Banco do Brasil (BBAS3), Itaú (ITUB4), Bradesco (BBDC4) e Santander (SANB11).

Dessa forma, a quantidade de ações dentro de uma carteira está muito ligada a que tipo de Estratégias cada um seguirá.

Estratégias da Capitalizo 

Na nossa assinatura Carteiras Capitalizo, por exemplo, temos 3 Carteiras Recomendadas de Ações para o Longo Prazo que fazem muito sucesso com os nossos clientes: Dividendos+, Micro e Small Caps e a Tiago Prux de Longo Prazo. Todas elas montadas com Estratégias sólidas, diversificadas e com retornos históricos bem acima da média do mercado:

Além disso, o nosso Setor de Análise utiliza um conceito diferenciado na montagem de cada uma dessas Carteiras. Esse conceito chamamos de "Estratégias dentro da Estratégia". Isso significa que mesmo que a Carteira tenha uma Estratégia Principal, ela se ''ramifica'' em Estratégias Secundárias.

Para exemplificar a importância e a necessidade dessa diversificação, vamos comentar sobre a nossa Carteira com foco em recebimento de proventos, a Dividendos+: 

Carteira Dividendos+

A Estratégia de montar uma carteira de ações para o recebimento de dividendos é uma das mais antigas e buscadas no mercado. A nossa Carteira Dividendos+ tem como ''base'' justamente ações de empresas que costumam ter um fluxo generoso no pagamento de dividendos, como companhias dos setores elétrico e financeiro.

Porém, o grande diferencial da nossa Estratégia é que ela vai além e também tem ações de empresas que normalmente são ''deixadas de lado'' pela maior parte dos investidores:

O primeiro grupo são as empresas de recuperação. Normalmente, as companhias em recuperação tem um bom histórico de longo prazo em relação ao pagamento de dividendos, mas por algum tipo de problema (de mercado ou da própria empresa), seus lucros caíram e os lucros distribuídos diminuíram.

A vantagem desse tipo de ação é que normalmente ela é negociada bastante descontada e isso nos dá a possibilidade de comprar ativos com ótimo potencial de crescimentos de dividendos.

Além disso, recomendamos outro segmento de ações que é negligenciado até mesmo por grande parte dos profissionais de mercado: as ações de empresas de crescimento. Muitas pessoas entendem que não faz sentido ter esse tipo de ativo em uma carteira focada em dividendos, pois o Dividend Yield normalmente é baixo. Porém, elas esquecem que muitas vezes esse retorno é baixo porque a empresa está investindo pesadamente em seu crescimento - seja através de aquisições ou crescimento orgânico. Dessa forma, quando esses investimentos ''maturarem'' a empresa pode gerar muito caixa e pagar um verdadeiro ''caminhão'' de dividendos.

Se não bastassem as Estratégias de Recuperação e Crescimento, outro diferencial é que o nosso portfólio de dividendos é Global, ou seja, buscamos também ações de empresas fora do Brasil ou exportadoras para compor a Carteira.

A quantidade ideal de ações

Como pudemos ver acima, mesmo que fosse o nosso desejo concentrar em 5 ou 8 ações, a Estruturação da nossa Estratégia não permitiria - já que seria praticamente impossível termos contempladas tantas Estratégias em tão poucos ativos.

Não trabalhamos com um número ideal de ações e nem achamos que essa deva ser a preocupação principais dos investidores. O nosso foco está em encontrar boas empresas, cujas ações possam nos trazer grandes retornos em termos de valorização e pagamento de proventos.

Além disso, como as nossas Carteiras são todas de Longo Prazo e de "baixo giro", entendemos que ter entre 18 a 25 ações em um portfólio não só nos protege, mas também nos permite participar de oportunidades que uma Carteira muito concentrada não nos permitiria.

Importante lembrar que, com apenas 10 minutos por mês é possível acompanhar qualquer uma das nossas Carteiras de Longo Prazo e mantê-las sempre atualizadas.

E você, quer ter acesso às melhores Carteiras de Ações Diversificadas do mercado?

Se você busca encontrar boas oportunidades de longo prazo, seguindo as melhores recomendações de Carteira de Ações, então você precisa conhecer a nossa assinatura Carteiras Capitalizo:

O que você recebe com o Carteiras Capitalizo

Sendo cliente Capitalizo, você também tem acesso à:

✅ Canais de atendimento exclusivos para dúvidas via WhatsApp e Telegram
✅ Análise gratuita dos seus investimentos
✅ Mentorias exclusivas para clientes direto com nossos especialistas

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Capitalizo Análises e Recomendações – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2022 – Todos os Direitos Reservados.