Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Quem visa especular na bolsa de valores e lucrar no curto prazo precisa entender a volatilidade do mercado e analisar o comportamento dos preços. Para isso, é importante entender alguns conceitos, como o que são Bandas de Bollinger.

A ferramenta é eficiente no reconhecimento de movimentos de compra e venda. E ela apresenta o diferencial de permitir análises comparativas de períodos de alta volatilidade e de maior tranquilidade.

Pensando nisso, neste artigo você entenderá o que são, como funcionam e como utilizar as Bandas de Bollinger no âmbito da análise técnica. Vamos lá?

O que são Bandas de Bollinger?

As Bandas de Bollinger foram desenvolvidas para o estudo da dispersão relativa à volatilidade dos ativos ou derivativos. O recurso foi criado na década de 1980, pelo analista financeiro John Bollinger. A ferramenta está relacionada estatisticamente ao desvio padrão.

Em um gráfico, as bandas consistem em três linhas, sendo uma superior, uma inferior e outra central. A linha central acompanha a média móvel no preço do ativo ou derivativo, enquanto as outras duas estão posicionadas paralelamente a ela

Pensando pelo viés da estatística, um conjunto de dados não deve ser analisado apenas com base na tendência central. Quando isso ocorre, os resultados podem não ser reais. Assim, é importante considerar os níveis de dispersão, que representam as mudanças ocorridas no processo.

O cálculo das Bandas de Bollinger superiores e inferiores é feito com base no desvio padrão, o que indica o nível de dispersão nos preços dos ativos e derivativos. O conjunto de linhas pode ser ajustado de acordo com as necessidades do especulador, mas existe um intervalo de tempo padrão (que costuma ser de 20 dias).

Para que servem as Bandas de Bollinger?

Como você viu, os especuladores usam as Bandas de Bollinger para compreender como se dá a volatilidade de um ativo ou derivativo em um determinado período. Quem especula na bolsa pode usar essa ferramenta para identificar perspectivas de compra e venda no mercado.

As bandas servem, principalmente, para entender se o mercado se encontra em um momento mais volátil ou de maior equilíbrio. Para assimilar melhor, imagine uma Ação cujo preço varia entre R$10,00 e R$11,00 durante o dia.

A volatilidade do ativo está menor do que outro que oscila entre R$10,00 e R$15,00, certo? Logo, ao fazer uma boa análise técnica do mercado, o trader pode enxergar operações possíveis, inclusive em busca de ativos ou derivativos que estão apresentando maiores oportunidades no momento.

Como as Bandas de Bollinger funcionam?

As Bandas de Bollinger são baseadas em dados estatísticos e cálculos matemáticos, como mostramos. Nas ferramentas utilizadas para trade é possível ajustar de forma simples o gráfico para visualizar as linhas desejadas.

No entanto, é interessante saber como o cálculo matemático é realizado. Ele parte do valor indicado pela banda central, que é a média móvel simples do preço. A partir disso, as outras bandas são calculadas com base no desvio padrão, de acordo com as seguintes regras:

  • Banda superior é igual à média móvel simples mais duas vezes o desvio padrão;
  • Banda inferior é igual à média móvel simples menos duas vezes o desvio padrão.

As fórmulas são usadas, principalmente, para o padrão de 20 dias considerados. Ou seja, tanto a média móvel quanto o desvio padrão são correspondentes a esse número de dias. Se o trader quiser considerar intervalos de tempo diferentes do padrão, o criador das Bandas de Bollinger tem algumas considerações.

A primeira é que se considere 2,1 desvios padrões quando o foco for analisar 50 períodos, por exemplo. A segunda é considerar 1,9 desvios padrões quando quiser avaliar 10 períodos.

Quais são as vantagens de usá-las na análise gráfica?

Devido às características das Bandas de Bollinger, elas são muito utilizadas para analisar preços de ativos e derivativos. A principal vantagem do recurso é proporcionar uma compreensão mais simples e visual das oscilações do mercado, principalmente com relação à volatilidade.

No caso dos traders, ativos e derivativos mais voláteis podem oferecer chances maiores de retorno. Portanto, é interessante considerar tal aspecto na análise gráfica. No entanto, é importante ter em mente que a alta volatilidade também pode resultar em maiores riscos para quem opera.

Outra vantagem das Bandas de Bollinger é que elas ajudam a identificar padrões e prestam suporte na delimitação dos melhores momentos para comprar ou vender os papéis. Elas também são úteis para definir uma estratégia que leve em consideração a continuidade ou a reversão das tendências.

Como utilizar as Bandas de Bollinger na especulação?

Ficou interessado em utilizar as Bandas de Bollinger na análise técnica? Como outros indicadores, elas são úteis para identificar as tendências do mercado e mostrar possíveis oportunidades para os especuladores.

No entanto, para que sejam usadas da melhor forma, é fundamental desenvolver a capacidade de interpretar as informações obtidas com as bandas. Existem alguns sinais que as linhas podem trazer ao trader e que você precisa conhecer.

Sinais de fundo, por exemplo, podem indicar o início de uma nova tendência de alta no mercado. Nesse caso, é interessante utilizar outros indicadores para confirmar a força da tendência e o momento adequado de entrar na operação.

Por outro lado, os sinais de topo podem assinalar o início de uma nova tendência de baixa. Do mesmo jeito que ocorre no sinal anterior, é essencial confirmar a predisposição com outros indicadores da análise técnica. Isso ajuda a constatar se não se trata de um rompimento falso.

Outra situação que pode ocorrer é o preço dos ativos ou derivativos se movimentar acima ou abaixo das Bandas de Bollinger. Esse comportamento, por si só, não indica um sinal de compra ou venda.

Em geral, o movimento que cruza a banda superior pode ter bastante força. No entanto, um movimento que cruza a banda inferior pode indicar mais fraqueza. Dessa forma, os preços podem acompanhar as bandas, com várias interseções durante uma tendência de alta ou baixa.

Por que contar com um serviço de análise?

Mesmo com todas as informações que viu, você pode ter dificuldade para interpretar os gráficos. Nesse sentido, é útil contar com uma casa de análises e recomendações — como a Capitalizo. O serviço ajuda a tomar as decisões na bolsa em busca de lucros para alcançar os seus objetivos.

As análises podem ser válidas tanto para traders iniciantes quanto para quem já tem experiência. Por isso, se você está procurando recomendações que utilizam estratégias sólidas, minimizando riscos e maximizando seus ganhos, o produto Full Trader pode ser a escolha ideal.

Agora que você sabe o que são Bandas de Bollinger, pode utilizar a ferramenta para incrementar a sua análise técnica. O objetivo dela, como vimos, é analisar a volatilidade do mercado.

Quer receber as melhores recomendações para operar na bolsa? Conheça o Full Trader, um produto completo da Capitalizo para quem deseja operar na bolsa!

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Atendimento

E-mail

contato@capitalizo.com.br

Telefone

4003-9127 (para todo Brasil)
em dias úteis, das 8:30 às 17:30

Redes Sociais

Pagamento

Segurança

Capitalizo Análises e Recomendações – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis