As Lições de Warren Buffett (que eu sigo fielmente)

É inegável que Warren Buffett é o investidor mais conhecido e citado do planeta. Porém, será que, realmente, as pessoas colocam seus conhecimentos e sua forma de investir em prática?

O que mais me admira em Buffett é a sua simplicidade em falar, especialmente das suas perdas. Obviamente, investir da mesma forma que ele não é fácil. Mas, utilizando alguns dos seus conceitos em nossas Estratégias, conseguimos fazer com que a Capitalizo atingisse excelentes ganhos em praticamente todas as nossas Carteiras e Estratégias.

Se você cita o ”bom velhinho”, mas não coloca em prática o que ele fala ou faz, confira As 5 Lições de Warren Buffett, que podem te ajudar (e muito) a também ter resultados diferenciados:

  1. Saiba o que você está fazendo

Infelizmente, a grande maioria dos investidores não possui estratégia e não tem muita ideia do que está fazendo no mercado financeiro. Se você, investidor, quer montar uma carteira de ações e não conhece as empresas, a chance de fracasso ou de retornos bastante baixos é elevada.

Ter uma estratégia sólida e que te mostre exatamente o que fazer vai te proteger de grandes ciladas e, ainda, vai te ajudar a conseguir aproveitar as oportunidades que o mercado vier a apresentar e que podem lhe trazer bons retornos.

Warren Buffett é um craque nisso, dado que conhece os negócios das empresas no qual investe o seu dinheiro como nenhum outro. Atrelado a isso, sabe aproveitar os momentos de crise, instabilidade e incerteza para comprar as ações dessas companhias.

  1. Ter confiança no que está fazendo

O segundo ponto é fundamental, já que, de nada adianta um investidor ter uma boa estratégia se ele não possui confiança na sua forma de investir. Muitas vezes, o mercado vai fazer parecer que a nossa estratégia está errada, quando isso não é verdade.

Por consequência, nesses casos, sem muita convicção, o investidor pode vir a abandonar o seu plano inicialmente proposto e realizar algum movimento errado, como fazer a compra ou a venda de uma ação no momento errado.

  1. O simples nem sempre é fácil

Buffett explica as suas teses de investimentos de uma maneira bem simples, que parece até fácil fazer igual. Como falamos na Capitalizo, é simples tomar dois litros de água por dia ou realizar uma hora de exercícios diários para manter a forma. Mas, na prática, é fácil de seguir essas dicas? Sabemos que não.

No mundo dos investimentos é assim também. O ato de investir (realizar a compra de uma ação na bolsa de valores, por exemplo), é simples, mas não é fácil quando comprar ou vender ou o que não comprar e o que não vender.

Não se engane, investidor, não há nenhuma fórmula mágica. Assim como em outras atividades, o tempo e a forma que você se dedica pode vir a ser decisivos para seus retornos de longo prazo.

  1. Erros vão acontecer

Falar das vitórias é fácil, mas grande parte das pessoas possui dificuldades em lidar com as perdas. Por mais que se tenha uma boa estratégia, convicção e uma grande quantidade de horas de estudo empregadas, os erros acontecerão. Isso é assim em qualquer atividade e não seria diferente no mundo dos investimentos.

Esse é um dos pontos que mais impressiona em Warren Buffett: a forma serena com que ele fala sobre as suas perdas, assim como quando ele comenta sobre os seus ganhos.

Assim, fica evidente, mais uma vez, que perdas fazem parte da jornada e auxiliam no amadurecimento do investidor no mercado financeiro. E, falando a verdade, um investidor que não aguenta pequenos erros nunca alcançará grandes vitórias.

  1. Se não der certo, parta para outra

De nada adianta o investidor reconhecer que está errado se ele não agir. Assim como Warren Buffett já fez algumas vezes, se você, investidor, errou em comprar alguma ação que não deveria, venda e parta para outra. Inclusive, recentemente, Buffett, vendeu uma posição em companhias aéreas com prejuízo e reconheceu o seu erro quando realizou a compra.

Além disso, nunca se deve esquecer que o investidor que se dá ao luxo de não remover as maçãs podres da carteira pode, em pouco tempo, ter uma cesta cheia de maçãs podres.

Essas cinco lições são conceitos utilizados pelos analistas da Capitalizo para as nossas análises e recomendações, incluindo o meu portfólio de ações de longo prazo, a Carteira Tiago Prux. E, quem sabe, elas não podem vir a ser úteis para você também, investidor.

Um abraço e ótimos investimentos!
Tiago Prux

Desempenho Histórico da Carteira Tiago Prux

Confira, abaixo, o retorno da Carteira Tiago Prux em diferentes períodos, conheça o ganho médio ao ano e o desempenho histórico em relação ao Ibovespa e o S&P500 (em R$):