Small Caps: Ranking Top 3 Maiores Altas

small caps

Small Caps são ações de baixa capitalização. Além de ter um baixo valor de mercado, normalmente uma Small Cap possui um forte potencial de valorização e crescimento. Podemos afirmar isso porque uma companhia menor pode ter a possibilidade de ter um crescimento mais acelerado, quando comparada a uma empresa maior.

Pensando nisso, é fundamental para o investidor de longo prazo diversificar sua carteira de ações com boas Small Caps.

O Ranking de Small Caps

Realizamos um estudo com o retorno acumulado das principais Small Caps que acompanhamos ou recomendamos nos últimos 12 meses, dando origem a tabela mostrada a seguir.

Consideramos o fechamento em 11 de fevereiro de 2022:

As Small Caps

POSITIVO (POSI3)

Quando se trata de produção dos chamados computadores de acesso (com valor até R$ 1.500,00) no Brasil, torna-se difícil não nos depararmos com alguma marca do portfólio da Positivo Tecnologia. A companhia é, há algum tempo, a líder de vendas neste segmento, com um market share no varejo que se mantém próximo da casa dos 70%.

Impossível falarmos sobre a Positivo Tecnologia sem nos remetermos à sua Holding, o Grupo Positivo. O Grupo carrega consigo até hoje os segmentos responsáveis por sua fundação: educacional e gráfico-editorial. O setor de tecnologia, portanto, é apenas um de seus ramos de negócios, sendo o único com capital aberto na bolsa brasileira.

Com bastante oscilações entre resultados bons e ruins ao longo do tempo, as ações de POSI3 voltaram a apresentar fortes valorizações no decorrer dos últimos anos.

Grande parte desta confiança demonstrada pelo mercado tem fundamento nos novos negócios firmados pela empresa, com destaque para a criação da “Positivo Casa Inteligente”, que deve seguir uma tendência de crescimento, juntamente com o setor de automação residencial.

Quanto aos resultados, a Positivo apresentou uma receita líquida de R$ 828,8 milhões no 3T21. Isso representa um crescimento de quase 63% em relação a receita registrada um ano antes. Com isso, a empresa fechou o terceiro trimestre de 2021 novamente com lucro líquido, de quase R$ 54,0 milhões.

Ferbasa (FESA4)

A Ferbasa foi fundada em 1961, com atividades de mineração para produzir minério de cromo, no município de Campo Formoso, na Bahia. A companhia é referência global na fabricação e comercialização dos diversos tipos de ferroligas, cada uma com sua característica e mercado de atuação específico.

No parque industrial existem quatorze fornos elétricos e os principais produtos ofertados são as ligas de ferrocromo alto carbono, ferrocromo baixo carbono, ferrosilício e ferrosilício cromo. Ainda, a companhia atua com mineração, metalurgia, geração de energia elétrica e produção florestal.

Atualmente, líder em seu segmento, a Ferbasa está entre as 500 maiores empresas do país e as 10 maiores da Bahia, com faturamento anual superior a US$ 500 milhões.

No terceiro trimestre de 2021, a receita líquida da empresa cresceu 32,9% em relação ao 3T20, ancorado novamente no bom momento vivido pelo setor de mineração.

Além disso, a companhia ampliou o lucro líquido para R$ 233,0 milhões, sendo quase 2.000% superior ao resultado de um ano antes. Destaque para o ganho de 31,3 p.p. na margem líquida da Ferbasa, na mesma base de comparação.

Tronox (CRPG5)

A história da Tronox começa ainda em 1966 com a Cristal Pigmentos do Brasil, uma indústria química produtora de pigmento branco de Dióxido de Titânio. Atualmente, são mais de 7 mil funcionários, distribuídos em seis continentes, responsáveis pela cadeia de produção da maior produtora de Dióxido de Titânio do mundo!

Dentre as inúmeras qualidades da empresa, cabe destacar a produção totalmente verticalizada e integrada que a Tronox apresenta. Ela minera e processa minério de Titânio, Zirconita e outros, e produz pigmento de Dióxido de Titânio e materiais de Titânio de alta pureza.

Para quem não é habituado com a utilização de tais produtos, vale citar que os mesmos são os grandes responsáveis por dar brilho e durabilidade a tintas, plásticos, papéis e outros produtos do nosso dia a dia.

Quanto aos resultados, no 3T21 a companhia apresentou receita líquida de R$ 235,0 milhões, representando uma alta de 4,0% na comparação com o 3T20, impulsionado especialmente pelo bom momento vivido pelo segmento de pigmentos. O lucro líquido foi de R$ 68,4 milhões no 3T21, com ligeira baixa de 1,0% na mesma base de comparação.

Quer receber as melhores recomendações de Small Caps para montar sua carteira de longo prazo?

Com o Carteiras Capitalizo, você tem acesso a uma carteira FOCADA em Small Caps, incluindo a participação de empresas como Ferbasa (FESA4) e Positivo (destaques no Ranking acima). Apenas em 2021 a Carteira rendeu +21,71%, mesmo com as baixas de -16,2% do Índice de Small Caps da B3 e da queda de 11,9% do Ibovespa. 

Abaixo, segue o desempenho da Carteira Micro e Small Caps, desde Julho de 2017 em relação aos mesmos indicadores:

Se você busca encontrar boas oportunidades em ativos para o longo prazo, então você precisa conhecer a nossa assinatura Carteiras Capitalizo:

Sendo cliente Capitalizo, você também tem acesso à:

✅ Canais de atendimento exclusivos para dúvidas via WhatsApp e Telegram
✅ Análise gratuita dos seus investimentos
✅ Mentorias exclusivas para clientes direto com nossos especialistas

botão

Está interessado em outras Carteiras de Ações também? Confira abaixo o desempenho histórico das nossas Carteiras de Ações:

___

Analistas Responsáveis

▶ Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795
▶ Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423
▶ Gabriel Zaiden de Moraes – CNPI EM-3014
▶ Murilo Augusto Gonçalves de Lima CNPI-T EM-3015

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.