Compartilhe

Ações para ficar de olho em 2018 #1

No início do ano, fizemos uma serie de artigos intitulada ''Ações para ficar de olho em 2018''. Neles trouxemos alguns dos ativos que iríamos focar em algumas das nossas recomendações, especialmente para médio e longo prazos.

Abaixo, gostaria de compartilhar o primeiro deles, que trouxe a Magazine Luiza (MGLU3) como destaque. MGLU3 com certeza foi uma das ações que mais trouxeram (e ainda trazem) alegria para nossos clientes, em função das recomendações feitas no ativo.

O artigo foi publicado, originalmente, em 12/01/18. Confira:

Confira as ações para ficar de olho em 2018

Depois de subir 38,93% em 2016, o Ibovespa fechou 2017 com uma alta de 26,86%. Quem está há mais tempo já viu, por exemplo, o Ibovespa subir cinco anos consecutivos (de 2003 até 2007). Porém, a última vez que o nosso índice havia subido dois anos seguidos foi no longínquo biênio 2009/2010.

Obviamente, como o Ibovespa reflete a variação média das ações mais negociadas, esses valores são médios. Tivemos ações que caíram, mesmo com a bolsa subindo e ações que subiram bem mais do que o Ibovespa. Algumas ações que nem fazem parte do Ibovespa tiveram retornos absurdos no ano passado.

Abaixo, segue uma listagem que ilustra bem o forte potencial de ganhos que as ações podem ter em ‘’bons anos’’. Separamos apenas alguns ativos que acompanhamos e que subiram acima de 100% em 2017:

ATIVOS  2017
MAGAZINE LUIZA ON NM - MGLU3 511,03%
UNIPAR PNB - UNIP6 277,97%
PETRORIO ON NM - PRIO3 275,57%
LOCAMERICA ON NM - LCAM3 230,80%
GOL PN N2 - GOLL4 216,02%
FERBASA PN N1 - FESA4 183,58%
PORTOBELLO ON NM - PTBL3 175,91%
TEGMA ON NM - TGMA3 165,70%
GUARARAPES PN - GUAR4 148,98%
AREZZO CO ON NM - ARZZ3 129,79%
VIA VAREJO UNT N2 - VVAR11 128,43%
USIMINAS PNA N1 - USIM5 121,95%
RANDON PART ON N1 - RAPT3 113,30%
ESTÁCIO PART ON NM - ESTC3 111,33%
RUMO S.A. ON NM - RAIL3 111,24%
RANDON PART PN N1 - RAPT4 109,65%
ANIMA ON NM - ANIM3 108,59%
CVC BRASIL ON NM - CVCB3 107,03%
LOCALIZA ON NM - RENT3 106,07%
B2W DIGITAL ON NM - BTOW3 105,79%
BRADESPAR PN N1 - BRAP4 104,88%
SLC AGRICOLA ON NM - SLCE3 102,73%

Qual a expectativa para 2018?

Para 2018, a expectativa é de que a bolsa tenha novamente um bom desempenho. Caso isso aconteça, abrirá caminho para a possibilidade de retornos tão bons quanto os que vimos acima.

Temos alguns fatores que podem trazer volatilidade, como as eleições, a situação fiscal delicada do país ou até mesmo fatores novos, como uma crise internacional, por exemplo. Porém, é inegável que o ano é de oportunidades.

Pensando nisso, resolvemos escrever essa pequena série em quatro artigos. Nela, traremos quatro oportunidades de investimentos em ações que foram sucessos em nossas recomendações em 2017. Além claro,  de ''promoterem'' um 2018 ainda melhor.

Nesse primeiro artigo, vamos falar sobre uma das campeãs de retorno em 2016 (+500%) e que repetiu a dose em 2017 (+511%). Sim, ela mesmo, uma das queridinhas do mercado (e nossa também), Magazine Luiza (MGLU3).

Magazine Luiza

Fundada em 1957 em Franca, São Paulo, a empresa se expandiu para o interior paulista na década de setenta, chegando a Minas Gerais algum tempo depois. No início dos anos 90, foram inauguradas as primeiras lojas virtuais e anos mais tarde foi lançado o seu site de comércio eletrônico.

Ao longo de mais de 60 anos de história, a empresa teve um forte crescimento e é hoje uma das maiores redes de varejo do país, com mais de 800 lojas físicas, 9 centros de distribuição, 20 mil colaboradores e uma base de clientes de dar inveja, com aproximadamente 45 milhões de clientes cadastrados.

Além disso, a empresa investe pesado em um ciclo de transformação digital, que deve impulsionar ainda mais as vendas online, que foram responsáveis por quase 30% do total de pedidos em 2017.

A empresa que hoje é vista com bons olhos pelo mercado passou por um período complicado, com queda nas margens, vendas emperradas e prejuízos.

Retomada da empresa

Essa situação começou a mudar em 2016 e culminou em resultados muito positivos, como os que foram apresentados no terceiro trimestre de 2017, quando a empresa teve o maior crescimento trimestral em vendas nos últimos cinco anos.

Além disso, a empresa mostrou forte crescimento do EBITDA (que cresceu 38,8%, para R$250,4 milhões), redução das despesas financeiras e forte evolução no lucro (o maior lucro trimestral da sua história, que passou de R$24,8 milhões para R$92,5 milhões). Sem deixar de comentar sobre o excepcional ROE de 43%, de dar inveja aos concorrentes.

Esperamos que os resultados do fechamento de 2017 também venham fortes, impulsionados pela recuperação da economia e pelo aumento das vendas do varejo. As vendas do Natal, por exemplo, foram as melhores em cinco anos. E essa também deve ser a tendência para a empresa em 2018, que, além do ambicioso plano de abrir mais sessenta lojas, deve contar com vendas extras em um ano de Copa do Mundo.

Além disso, as ações da empresa passaram a fazer parte do Ibovespa no início de 2018, o que deve melhorar ainda mais a liquidez das ações.

Recomendações Capitalizo

Atualmente, as ações MLGU3 fazem parte das nossas recomendações, tanto para o longo prazo quanto para o médio prazo. Acreditamos que o ativo possa trazer ainda mais resultados, abalizados por fundamentos sólidos e pelo fluxo na ponta compradora.

Estimativa fundamentalista (longo prazo)

Para o longo prazo, o Magazine Luiza voltou para a nossa Carteira Top Recomendadas no dia 21 de novembro de 2017 a R$59,80. Considerando a cotação de hoje (12 de janeiro de 2018), a alta até agora foi 30%. Estimamos um preço alvo de MGLU3 de R$120 para o final de 2018, com potencial de se valorizar mais 54%. Lembrando que esse preço pode ser revisado, é claro.

Estimativa grafista (médio prazo)

Em 2017, nossa estratégia de médio prazo apontou compra para MGLU3 no dia 06 de julho. A recomendação de encerramento dessa posição veio no dia 19 de outubro, gerando um lucro de 115,87%.

O ativo ‘’ensaiou’’ uma baixa, mas depois de algumas semanas voltou a subir. Dessa forma, recomendamos uma nova compra no dia 11 de dezembro. De lá para cá a operação acumula alta de 9% e segue em aberto.

Próximo artigo

No próximo artigo vamos falar sobre Suzano (SUZB3) e Fibria (FIBR3), dois ativos resilientes para momentos de turbulência do mercado. Não esqueça de se cadastrar no nosso newsletter e receba os próximos artigos por e-mail.

Quer receber as melhores análises e recomendações em ações de curto, médio ou longo prazos?

Para recomendações de longo prazo, conheça nosso produto INVISTA EM AÇÕES e tenha acesso a atualizações de 3 Carteiras Recomendadas com diferentes perfis: Carteira Dividendos, Carteira Crescimento e Carteira Top Recomendadas. Receba ainda, análises e recomendações das melhores ações da Bolsa de Valores.

Caso você queira receber análises e recomendações de médio e curto prazos, conheça o FULL TRADER.

 

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

 

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Fontes das Informações: Valor. InfoMoney. Quantum. Estadão. Broadcast. Folha. Exame. B3. MoneyTimes.

Importante: Leia o nosso Disclosure, antes de investir.

Compartilhe

Capitalizo Consultoria Financeira – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis