Trade na Bolsa de Valores não funciona!

“Fazer trade” na Bolsa de Valores, ou seja, executar operações de curto e médio prazos com seus ativos visando ganhos com as oscilações de preço, é uma das estratégias do mercado financeiro que mais tem chamado a atenção das pessoas ultimamente.

E não raras vezes, você já deve ter ouvido outras tantas pessoas dizendo que “trade não funciona”, “trade é arriscado” ou que “trade é cassino”.

Em certo ponto elas estão certas:

Quando o trader não sabe o que está fazendo

Trade não funciona

Então, sempre existirão motivos para você não conseguir se manter nessa modalidade, visto que seu trade, provavelmente, não vai funcionar quando você:

  1. Investe sem estratégia
  2. Alavanca demais seus trades
  3. Segue dicas sem saber por que
  4. Se prende em uma ação
  5. Não diversifica os trades

Vamos destrinchar cada um deles.

1. Opera sem estratégia

Você não terá sucesso nos seus trades quando você entra em uma operação sem saber o porquê. Quando você não sabe como escolher o momento de entrar ou de sair de um ativo. Ou pior: quando você tenta adivinhar o ponto de entrada e/ou saída. É preciso uma análise gráfica coerente e que aponte tendências claras de direção, seja para cima ou para baixo.

2. Alavanca demais seus trades

Se você perder em uma operação alavancado demais (usando dinheiro que não tem) ou que colocou um dinheiro que você iria precisar, você pode ter grandes prejuízos, comprometer uma verba que não podia, ficar devendo ou acabar queimando todos os seus recursos sendo “expulso” do mercado sem conseguir retornar. Separe uma porcentagem de seu capital que você “aceite” perder para aplicar em operações de risco mais alto.

3. Segue dicas sem saber por que

Muita gente opera na famosa “dica do amigo”. Entra em trades sem saber o motivo, sem acompanhar a movimentação gráfica ou as notícias que podem impactar a empresa em questão, apenas porque alguém falou que determinada ação vai subir. Isso pode, além de te trazer prejuízo, fazer você perder sem nem saber por quê. Ou seja, ainda não trará aprendizado algum. Seja fiel ao que você sabe e busque entender as estratégias que você está utilizando.

4. Se prende em uma ação

Um erro comum de muitos traders é virar “torcedor” de uma ação. Se uma ação não está seguindo o que sua estratégia apontou, não adianta ficar esperando-a se recuperar baseado apenas em esperança. É preciso “saber perder” e retirar esse capital retido em um ativo em declínio e direcioná-lo para outro com maior potencial de ganho. Não busque “vingar-se” dos ativos. Você não é obrigado a recuperar seu dinheiro no mesmo papel que te fez perder. Evite prejuízos ainda maiores e migre para uma nova operação.

5. Não diversifica os trades

Uma estratégia concentrada é perigosa até para quem opera no curto prazo. Se você gosta de day trade ou swing trade, busque também entrar em diversas operações simultâneas. A tendência que, em conjunto, elas proporcionem uma melhor rentabilidade é maior. Buscar ganhos astronômicos apostando tudo em uma operação também pode lhe expor a riscos desnecessários e comprometer todo ou grande parte do seu capital.

Mas tudo bem! Sabemos que entender tudo de trade não é assim tão simples e nem fácil de aprender da noite para o dia. Por isso, estamos aqui para lhe ajudar.

Na Capitalizo, você conta com uma equipe profissional de analistas que vão, de maneira estratégica, selecionar as operações com maior potencial de rentabilidade e com a maior segurança possível. Basta você escolher quais recomendações seguir.

Abaixo, segue atualização dos resultados históricos das nossas Estratégias – clicando nos links, você entende como funciona cada uma delas e como é possível ganhar dinheiro com operações de curto e médio prazos:

O que está esperando para receber as melhores recomendações de curto, médio e longo prazos da Bolsa?

Faça como mais de 16 mil investidores e assine o Full Trader para saber, de forma clara e objetiva, o momento exato de comprar e vender ativos com recomendações cuidadosamente selecionadas pelo nosso time de analistas.

E, mais! Sendo cliente Capitalizo você também tem acesso a:

✅ Canais de atendimento exclusivos para dúvidas via WhatsApp e Telegram
✅ Análise gratuita dos seus investimentos
✅ Mentorias exclusivas para clientes direto com nossos especialistas

Adquira o Full Trader

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.

Ganhos de 11% com a queda do mercado | Deu Gain

Recomendações do Rastreador de Tendências

Na série de artigos “Deu Gain”, trazemos algumas das nossas recomendações vencedoras da assinatura Full Trader, especialmente, as de Swing Trade, Rastreador de Tendências, Opções e Long & Short. O intuito é mostrar, na prática, como funcionam as nossas recomendações.

Hoje, falaremos um pouco sobre a nossa estratégia de Swing Trade e os motivos que nos levaram a ter um desempenho bastante satisfatório ao longo do tempo. Lembrando que as operações de Swing Trade em Ações são mais curtas, normalmente sendo encerradas em poucos dias ou mesmo dentro da mesma semana. Normalmente, as nossas recomendações costumam durar de 1 até 10 dias.

Além de nunca ter fechado nenhum ano com prejuízo, essa Estratégia entregou retornos médios de 47% ao ano, capazes de transformar cada R$10.000 investidos em R$64.300. Abaixo, segue o gráfico com o desempenho histórico dessas operações de Swing Trade:


Um dos principais motivos desses ótimos resultados é que, além de termos obtido ganhos com as altas do mercado, recomendamos operações de uma forma que foi possível ganhar com a baixa dos preços, a chamada “venda alugada”.

Como assim ganhar com a baixa?

A estratégia utilizada para que pudéssemos ganhar com a baixa foi a de Swing Trade com venda alugada de ações. Esse tipo de operação permite que tenhamos a possibilidade de ganhar nos momentos mais turbulentos do mercado.

Além disso, como os movimentos de baixa costumam ser mais rápidos do que os de alta, esse tipo de operação tende a ser mais curta. Tanto que no mercado existe uma expressão que ilustra bem a velocidade dos movimentos baixistas: ”o mercado sobe de escadinha e desce de elevador’‘.

Somente nos meses de Novembro e Dezembro de 2021, encerramos mais de 10 dessas operações, com uma taxa de acertos superior a 70%. Em algumas operações, tivemos ganhos de +11,08%, +6,39%, +9,16% e +9,89%, todos eles conquistados em poucos dias de pregão – e que, certamente, ajudaram a nossa estratégia de Swing Trade a bater os mais de 500% de rentabilidade histórica.

Recentemente, tivemos outras boas recomendações, como uma encerrada na última semana em LJQQ3, que rendeu +11%, em 3 dias.

Abaixo, seguem outras recomendações enviadas com o intuito de ganho com a queda do mercado:

Vale ressaltar que você tem acesso a todas as recomendações já realizadas pela nossa Equipe de Análise.

Como você recebe essas oportunidades?

Todas as nossas operações são enviadas pelo nosso APP, pelo nosso Sistema (para quem estiver no seu computador) e pelo nosso canal do Telegram. Você precisa apenas colocar as ordens na sua corretora, já que todos os passos são avisados.

Lembrando que, apenas 10 minutos por dia são suficientes para seguir as recomendações de Swing Trade da Capitalizo.

Então, o que você está esperando para receber as melhores recomendações de Swing Trade do mercado?

Faça como mais de 16 mil investidores e assine o Full Trader para saber, de forma clara e objetiva, o momento exato de comprar e vender ativos com recomendações cuidadosamente selecionadas pelo nosso time de analistas:

E mais! Sendo cliente Capitalizo, você também tem acesso a:

✅ Canais de atendimento exclusivos para dúvidas via WhatsApp e Telegram
✅ Análise gratuita dos seus investimentos
✅ Mentorias exclusivas para clientes direto com nossos especialistas

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.

É possível ganhar em qualquer cenário da Bolsa?

Ganhar em qualquer cenário da Bolsa

Você acha que é possível ganhar dinheiro em qualquer cenário da bolsa?

Pois nossas estratégias dizem que SIM!

Acreditamos que uma boa estratégia deve apontar de maneira clara e objetiva os pontos de compra e de venda. Ela deve te mostrar quais ações comprar e quais não comprar. E é justamente isso que fazemos no Full Trader.

Se você opera sem ter definidos esses pontos, sentimos em dizer que, infelizmente, você não tem uma estratégia. E como tudo nessa vida, quem não tem um plano, diminui (e muito) suas chances de sucesso ou de ter ganhos consistentes…

Lembrando que, uma boa estratégia não vai te fazer acertar sempre, já que os erros fazem parte da rotina de qualquer pessoa, na vida pessoal, profissional e claro, no mercado financeiro.

Porém, uma boa estratégia, além de te proteger contra grandes perdas, minimizando as perdas, vai te ajudar a maximizar os seus ganhos.

Em suma, quem sabe, claramente, o que está fazendo, tem mais chance de ganhar dinheiro em qualquer cenário.

Como ganhar dinheiro em qualquer cenário da Bolsa?

Abaixo, seguem os resultados das nossas Estratégias ano a ano, desde 2020:

Gostamos de utilizar esse período como base de estudo pois, em 2020 tivemos a maior crise da história das bolsas e, em 2021, o Ibovespa acumulou uma baixa de mais de 12%.

Perceba que, mesmo com todos “altos e baixos” do mercado, conseguimos entregar ótimos resultados nesses períodos.

O que está esperando para receber as melhores recomendações de curto, médio e longo prazos da Bolsa?

Faça como mais de 15 mil investidores e assine o Full Trader para saber, de forma clara e objetiva, o momento exato de comprar e vender ativos com recomendações cuidadosamente selecionadas pelo nosso time de analistas. .

E mais! Sendo cliente Capitalizo, você também tem acesso à:

✅ Canais de atendimento exclusivos para dúvidas via WhatsApp e Telegram
✅ Análise gratuita dos seus investimentos
✅ Mentorias exclusivas para clientes direto com nossos especialistas

 

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.

Ações para a vida toda: o que fazer quando o mercado cai?

Ações para a vida toda

Escolher as melhores ações para compor uma carteira nem sempre é uma tarefa fácil. Em alguns casos companhias que pareciam boas, não eram seja em função de mudanças no mercado ou nas próprias empresas.

Porém, existem negócios que possuem muitas vantagens competitivas, que conseguem se adaptar às mudanças dos mercados e são geridos por excelentes profissionais o que colabora para a valorização das ações. Quando se identifica esse tipo de empresa, o que um investidor de longo prazo deveria fazer é comprar e manter o máximo de tempo possível em carteira.

Logicamente, nenhuma empresa conseguirá manter seus negócios crescendo bem ou gerando lucros todos os anos. Qualquer empresa têm anos bons e ruins e nem mesmo ótimas companhias fogem a essa regra. Justamente nos momentos ruins, as ações dessas empresas costumam cair muito forte: baixas de 20%, 40% ou até mais são comuns. Sabemos que nesses momentos, o ideal é ter paciência e aguardar a recuperação – ou até mesmo aproveitar para comprar mais ações.

Na teoria parece fácil, mas por que muitos investidores diante de ótimas oportunidades não as aproveitam?

Infelizmente, o principal motivo é que boa parte dos investidores, em função de ruídos de curto prazo e movimentos de baixa, são levados a crer que as empresas não vão prosperar e que os preços das ações não vão mais subir.

Nesse momentos, muitos investidores vendem sua ações, quando na verdade deveriam manter ou comprar mais.

O que faz uma ação subir no longo prazo?

No longo prazo, quanto mais uma empresa gerar lucro e entregar retorno aos seus acionistas, maior a probabilidade da ação dessa empresa subir. Afinal, todos querem ser sócio de uma empresa que cresce e aumenta, ao longo dos anos, o pagamento de dividendos.

Quando falamos em longo prazo, na verdade, estamos dizendo “sem prazo definido”. Então, como não é possível quantificar o tempo que levará para uma ação subir, investiremos no mercado de ações apenas os valores que não temos necessidade de utilizar.

O que faz as ações caírem?

Se no longo prazo o que faz uma ação subir é o crescimento de lucros e retornos para seus acionistas, caso a empresa não cresça, suas ações dificilmente valorizarão ao longo dos anos.

Dessa forma, temos:

Ações que geram lucros crescentes = probabilidade de alta em longo prazo

Ações que não geram lucros = probabilidade de baixa em longo prazo

E no curto prazo, essa lógica funciona?

Se, no longo prazo, as coisas parecem mais “controláveis” ou “previsíveis”, no curto prazo, a lógica não costuma aparecer. Mesmo uma empresa que gera lucros pode ter as ações desvalorizadas. Da mesma forma, uma empresa que tenha prejuízos, pode ter suas ações super valorizadas.

Como costumamos falar, no curto prazo o mercado é “maníaco-depressivo”. E quem procurar uma resposta lógica a cada movimento de alta ou de baixa poderá perceber que esse exercício pode ser uma grande perda de tempo.

Além disso, fatores que podem nem influenciar nos resultados da empresa, como guerras, eleições ou mesmo um tweet de alguém importante, podem trazer muita volatilidade às ações.

Sendo assim, muitas vezes as ações de uma empresa caem sem seus lucros sequer serem afetados. Ou mesmo que os lucros sejam afetados, as ações caem tanto que parece que a empresa nunca mais terá lucros novamente.

Para comprovar a nossa “Teoria dos Mercados Maníaco-depressivos”, tomemos as ações da Lojas Renner (LREN3) como exemplo. Abaixo, selecionamos os períodos em que tivemos fortes quedas das ações e também os longos períodos em que as ações pouco subiram.

Ações da Lojas Renner (LREN3)

Setembro/2006 até Novembro/2008: as ações caíram mais de 53%

Dezembro/2007 até Novembro/2008: as ações caíram mais de 72%

Março/2006 até Março/2009: as ações subiram apenas 1%

Agosto/2010 até Março/2014: as ações subiram apenas 0,88%

Agosto/2010 até Dezembro/2011: as ações caíram mais de 30%

Maio/2013 até Fevereiro/2014: as ações caíram mais de 30%

Janeiro/2013 até Fevereiro/2016: as ações subiram apenas 1,55%

Julho/2015 até Fevereiro/2016: as ações caíram mais de 30%

Agosto/2016 até Dezembro/2016: as ações caíram mais de 20%

Julho/2016 até Setembro/2018: as ações subiram apenas 7%

Dezembro/2017 até Setembro/2018: as ações caíram mais de 20%

Outubro/2017 até Abril/2019: as ações subiram apenas 8%

Janeiro/2020 até Março/2022: as ações caíram mais de 56%

Valeu a pena investir em Lojas Renner (LREN3)?

Apenas olhando os números acima, você acreditaria que LREN3 foi uma das ações que mais renderam no longo prazo? Pode não parecer, mas veja a alta de LREN3 desde 2005:

De julho de 2005 até março de 2022, as ações LREN3 (linha verde) tiveram alta de incríveis 2.944%, enquanto o Ibovespa (linha cinza) subiu pouco mais de 350%.

O que fazer quando o mercado cai forte?

Sabemos que, recentemente, a Renner teve seus resultados afetados em função do coronavírus, que foi o responsável pelo fechamento das suas lojas. Porém, conforme dito anteriormente, será que a empresa nunca mais vai voltar a performar bem?

A queda de mais de 56% entre Janeiro de 2020 e marco de 2022 não parece uma boa oportunidade não só para manter as ações em carteira, como também para comprar mais?

Na nossa avaliação, nos casos de empresas como Lojas Renner, uma queda brusca das ações pode gasificar sim uma ótima oportunidade para o longo prazo.

Entretanto, não devemos esquecer que algumas ações caem justamente porque seus negócios são ruins ou estão se deteriorando. Nesses casos, nem sempre queda é sinônimo de oportunidade. E por isso é muito importante montar uma carteira de ações seguindo uma boa estratégia e acompanhando de perto as empresas.

Em momentos de queda do mercado, tenha calma e não aja por impulso, por mais desconfortáveis que esses movimentos possam parecer. O investidor que tem estratégia e paciência costuma ser recompensado no longo prazo.

Conte com a gente nessa jornada e tenha ações para a vida toda.

Um abraço e bons investimentos

Tiago

Desempenho histórico da Carteira Tiago Prux

Desde 2017, a Carteira Tiago Prux entrega resultados bem acima dos principais índices do mercado. Em 2021, a Carteira Tiago Prux subiu +31%, enquanto o Ibovespa caiu 12% e o S&P 500 subiu 27%. Abaixo, segue o desempenho ano a ano, desde 2019:

Confira também o desempenho desde Julho de 2017:

E você, quer receber as melhores recomendações de ações para o longo prazo?

A Carteira Tiago Prux tem o objetivo de seguir uma Estratégia Buy & Hold,por meio de investimentos basicamente em Ações (internacionais e brasileiras), utilizando os conceitos de investidores reconhecidos como Warren Buffett e Peter Lynch.

Atualmente, 90% da Carteira é composta por ações de empresas internacionais ou empresas brasileiras que também têm receita no exterior. Dessa forma, é uma Carteira de Ações verdadeiramente global. Além disso, a Carteira utiliza duas Estratégias que têm trazido ganhos extras, menor volatilidade e mais rentabilidade ao portfólio:

Proteção de Carteira: caso seja necessário, teremos recomendações de venda de ações ou utilizaremos Opções para a Proteção de Carteira.

Venda (short) de Ações: podemos utilizar a venda de ações para termos mais recursos para financiar a compra de outros ativos com maior potencial.

Quer ir em busca de uma rentabilidade como essa?

Se você quer encontrar boas oportunidades em ativos para o longo prazo, então você precisa conhecer a nossa assinatura Carteiras Capitalizo:

carteiras capitalizo

Sendo cliente Capitalizo, você também tem acesso à:

✅ Canais de atendimento exclusivos para dúvidas via WhatsApp e Telegram

✅ Análise gratuita dos seus investimentos

✅ Mentorias exclusivas para clientes direto com nossos especialistas

botão

Está interessado em outras Carteiras de Ações também? Confira abaixo o desempenho histórico das nossas Carteiras de Ações

___

Analistas Responsáveis

▶ Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795
▶ Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423
▶ Gabriel Zaiden de Moraes – CNPI EM-3014
▶ Murilo Augusto Gonçalves de Lima CNPI-T EM-3015

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.

Vale a pena investir em ações todos os meses?

Provavelmente a frase mais importante do mercado financeiro foi dita por um físico, o alemão Albert Einstein.

Segundo Einstein, “os juros compostos são a força mais poderosa do universo e a maior invenção da humanidade, porque permitem uma confiável e sistemática acumulação de riqueza”.

Einstein não poderia estar mais certo, já que os juros compostos fazem parte da equação que pode deixar qualquer pessoa milionária em longo prazo:

Juros compostos + aportes recorrentes + paciência = possibilidade de altos ganhos

Essa equação pode funcionar para praticamente todos os tipos de investimentos. Desde aplicações no tesouro direto, fundos de investimentos, fundos multimercado e especialmente no mercado de ações.

Os aportes recorrentes contribuem para a acumulação de patrimônio e ajudam os investidores que não têm altas somas para iniciar suas aplicações. A paciência também é fundamental, pois os juros compostos podem demorar um pouco para apresentarem efeito significativo nas suas finanças.

Hoje faremos um exercício de simulação de aportes utilizando as cotas mensais da nossa Carteira Tiago Prux de Longo Prazo. Essa Carteira é o que chamamos de Global, já que 90% das ações que fazem parte são de empresas internacionais ou então companhias brasileiras que também têm negócios no exterior.

A grande vantagem desse tipo de Carteira é que, por sua composição, afastamos o risco de estarmos expostos somente no Brasil e poderemos aproveitar o crescimento e oportunidades em outros países do mundo.

O Desempenho da Carteira

Desde o seu início, em Julho de 2017, a Carteira teve um retorno de 324%, bem acima dos 71% do Ibovespa:

O Simulador

No nosso simulador, consideramos a aplicação mensal de R$ 500 desde 2017, utilizando como base o valor da cota do final de cada mês. Para comparar, utilizamos também o valor do CDI, balizador bastante comum dos principais investimentos de renda fixa disponíveis no mercado.

Considerando o período de Julho/17 até Fevereiro/22, teríamos feito 56 aportes de R$ 500 ou R$ 28.000,00 investidos no total. Abaixo, vemos o valor que teríamos acumulado no Fundos em comparação ao CDI:

Na linha laranja, temos o valor acumulado no CDI, pouco mais de R$ 31.199,46, com ganho total de 11,43%. Já na linha azul, temos o valor acumulado no Fundo, um total de R$ 55.925,56 com ganho total de 99,73%.

Atenção

Vale lembrar que esse tipo de simulação é meramente informativo. É impossível prever ou projetar o quanto ações ou CDI devem render em longo prazo. Porém, se o que simulamos acima puder servir para você começar a se planejar e investir mensalmente, nosso trabalho valeu a pena.

Agora imagine o resultado que essa mesma disciplina e constância nos aportes pode gerar, no longo prazo, em uma Carteira bem montada como a Tiago Prux de Longo prazo.

Para baixar a planilha com o simulador, CLIQUE AQUI. Você precisa apenas alter a célula Aporte Mensal com o valor que gostaria de investir mensalmente e pronto, faça as suas simulações.

E você quer receber as melhores recomendações de ações para montar sua carteira de longo prazo?

Se você busca encontrar boas oportunidades em ativos para o longo prazo, então você precisa conhecer a nossa assinatura Carteiras Capitalizo:

O que você recebe com o Carteiras Capitalizo

Sendo cliente Capitalizo, você também tem acesso à:

✅ Canais de atendimento exclusivos para dúvidas via WhatsApp e Telegram
✅ Análise gratuita dos seus investimentos
✅ Mentorias exclusivas para clientes direto com nossos especialistas

Está interessado em outras Carteiras de Ações também? Confira abaixo o desempenho histórico das nossas Carteiras de Ações:

Carteiras de ações de longo prazo

___

Analistas Responsáveis

▶ Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795
▶ Roberto Martins de Castro Neto, CNPI EM-2423
▶ Gabriel Zaiden de Moraes – CNPI EM-3014
▶ Murilo Augusto Gonçalves de Lima CNPI-T EM-3015

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no YouTube e inscreva-se.