Ibovespa sobe 5,9% na semana, MGLU3 dispara 17% | Destaques do Dia

Destaques da Economia em 12/08/2022

Olá, investidor! Tudo bem com você?

Para fechar a semana com “chave de ouro”, a sexta-feira foi de boa alta nos principais mercados globais.

Enquanto o principal indicador da bolsa americana, o S&P500, fechou o dia subindo 1,73% a 4.280 pontos, o Ibovespa teve forte alta de 2,78% a 112.764 pontos. Na semana, o S&P acumulou uma alta de 3,26%, enquanto o Ibovespa subiu 5,91%.

Nos EUA, tivemos a divulgação do Índice de Confiança do Consumidor Americano, da Universidade de Michigan, que subiu para 55,1 pontos na prévia de agosto, ante 52,5 pontos da última medição.

É possível que os últimos indicadores de inflação mais baixos já estejam fazendo efeito no comportamento dos americanos, o que é muito positivo.

Aqui no Brasil, mais notícias positivas. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) Trimestral, divulgada pelo IBGE, a taxa de desemprego do país foi de 9,3% no segundo trimestre de 2022, recuando 1,8 ponto percentual ante o primeiro trimestre de 2022, quando a taxa registrada foi de 11,1%.

Além disso, o Ministério da Agricultura informou que as exportações do agronegócio brasileiro em julho alcançaram valor recorde para o mês, totalizando US$ 14,28 bilhões. Os principais responsáveis por esse excelente número foram o milho, soja e carnes, que permanecem com preços elevados.

Giro do Mercado 

Em sua coluna, o nosso analista Roberto Martins fala sobre as fortes altas de Magazine Luiza (MGLU3) e Via (VIIA3), mesmo com a divulgação de resultados fracos (como era esperado).

Ele também analisa os fortes números reportados pela Unipar (UNIP6), Hapvida (HAPV3) e Grupo Mateus (GMAT3) e, por fim, comenta a respeito dos fracos resultados trimestrais de Natura (NTCO3).

Fechamento do Mercado em 12/08/2022

Colunas dos nossos Analistas e Especialistas

📰 Giro do Mercado (Roberto Martins): notícias e fatos relevantes do mercado brasileiro e internacional

📊 Full Trader (Murilo Lima): Resultados das Recomendações Full Trader | 5 anos de ganhos comprovados

📹 De Investidor para Investidor (Tiago Prux): Os investidores perdem dinheiro no longo prazo

Conteúdos Grátis do Dia (Blog e YouTube)

📌 Relatório Grátis Especial | É hora de comprar criptomoedas?
🎥Vídeo | Grandes bancos (BBAS3, BBDC4, ITUB4, SANB11) e Fundos Imobiliários | O QUE ESPERAR?
📰 Artigo | 5 ótimas pagadoras de dividendos para ter renda em dólar        

Calendário de Lives e Mentorias

Agenda de Dividendos

💰 Confira as ações que pagarão proventos nos próximos dias. Os valores levam em conta Dividendos e Juros Sobre o Capital Próprio (JCP):

Giro do Mercado: notícias e fatos relevantes do mercado brasileiro e internacional

▶O Magazine Luiza (MGLU3) registrou um prejuízo de R$ 135 milhões no segundo trimestre de 2022, revertendo o lucro de R$ 89,1 milhões do mesmo período de 2021. Além da queda da receita líquida, a inflação e juros prejudicaram os resultados da companhia. Como destaque positivo, tivemos o crescimento de 22% nas vendas do marketplace, que chegaram a R$ 3,6 bilhões no segundo trimestre.

▶A Via (VIIA3), controladora das Casas Bahia, registrou lucro de R$ 6 milhões no segundo trimestre de 2022. Esse valor representa uma queda de 95% em relação o mesmo período de 2021. Assim como Magalu, Via também teve queda na receita líquida e foi prejudicada pelo alta da inflação e dos juros, nos últimos trimestres.

Como destaque positivo de Via, as vendas nas mesmas lojas tiveram um crescimento de 11,8% na mesma base de comparação.

Importante: apesar dos resultados ainda fracos de Via e Magalu (que já eram esperados), as empresas conseguiram um bom incremento nas vendas brutas, trazendo o alento de que se a inflação se acomodar, os resultados podem voltar a melhorar. Além disso, já percebemos um bom aumento das vendas nos últimos meses, o que pode beneficiar o setor varejista no segundo semestre desse ano.

▶Com um forte resultado operacional, impulsionado pelos preços mais elevados no mercado internacional de soda cáustica e do PVC, a Unipar (UNIP6) não decepcionou e divulgou excelentes resultados. O lucro subiu 118%, no segundo trimestre de 2022 em relação ao mesmo período de 2021, e chegou a R$ 539 milhões.

Além disso, a companhia anunciou “polpudos” R$ 500 milhões em dividendos, correspondendo a R$ 4,98 para cada ação UNIP6.  O pagamento será feito no próximo dia 26/08, para os detentores das ações no dia 16/08/22.

▶Outro destaque de alta do dia foi a Hapvida (HAPV3). A empresa informou lucro líquido ajustado de R$ 241 milhões no segundo trimestre de 2022, valor 11,9% menor do que o apresentado no mesmo período de 2021.

Apesar da queda no lucro, a empresa surpreendeu trazendo um crescimento de 153% na receita, uma adição de 139 mil planos de saúde e uma boa redução de 2,6 pontos percentuais na sinistralidade.

▶O Grupo Mateus (GMAT3) registrou lucro líquido de R$ 264 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), um crescimento de 38,6% na comparação com o segundo trimestre de 2021.

O principal destaque positivo foi o forte crescimento das vendas em todas as linhas de negócios, fazendo com que a receita líquida tenha batido em R$ 5,2 bilhões, uma alta de 39,7% em relação ao segundo trimestre de 2021.  Somente o atacarejo atingiu receitas de R$ 2,9 bilhões, uma expressiva alta de 47,5% na comparação anual.

▶ Já a Natura (NTCO3) apresentou, mais uma vez, fracos resultados trimestrais. Dentre as unidades de negócio, o principal destaque negativo ficou com a Avon Internacional, impactada pela menor demanda registrada especialmente na Europa. Na unidade, houve queda de 25,4% de receita.

No total, a companhia apresentou uma receita líquida de R$ 8,7 bilhões no segundo trimestre de 2022, o que representa uma queda de 8,6% em relação a receita obtida no mesmo período do ano anterior.

Com menores vendas e custos ainda pressionando, o Grupo Natura registrou prejuízo líquido de R$ 766,7 milhões, revertendo o lucro líquido de R$ 234,8 milhões.

 

Resultados das Recomendações Full Trader | 5 anos de ganhos comprovados

Como é tradicional das sextas-feiras, hoje, temos a “prestação de contas” em que trazemos atualizados os resultados das nossas recomendações da assinatura Full Trader. Desde 2017, a Capitalizo envia recomendações de curto e médio prazos nos mais diferentes mercados e estratégias: Day Trade, Swing Trade, Rastreador de Tendências, Opções e Long&Short.

Tão importante quanto os resultados atingidos é que alcançamos esses excelentes números expondo nosso cliente ao menor risco possível. Dessa forma, conseguimos entregar ganhos consistentes, independente do momento do mercado. É possível que a Capitalizo seja a única empresa do mercado que, apesar dos altos e baixos do mercado, apresenta retornos bastante positivos em Estratégias de Operação em Bolsa há vários anos.

Lembro que todos os resultados são atualizados, diariamente, para todos os nossos clientes. Dessa forma, mantemos a nossa política de transparência, e todos aqueles que seguem as nossas recomendações podem acompanhar, dia a dia, a performance de todas as Estratégias.

Para conferir os resultados completos e saber mais sobre todas as nossas Estratégias de Recomendações, clique no link abaixo:

Relatório Especial | Resultados das Recomendações Full Trader | 5 anos de ganhos comprovados 

Bons trades!

Os investidores perdem dinheiro no longo prazo

Infelizmente, boa parte dos investidores de longo prazo perde ou deixa de ganhar muito dinheiro no mercado de ações. O grande motivo é que as pessoas não investem de forma profissional.

Aqui na Capitalizo, temos um serviço de análise gratuita de investimentos, onde o nosso cliente envia suas aplicações e, levando em conta as nossas recomendações, damos um direcionamento para que todos consigam melhorar suas carteiras.

Aproveitamos esse serviço para criar um perfil do investidor da Capitalizo que investe em renda variável e claro, quais são as ações que esses mesmos investidores mais têm em carteira.

Nesse estudo, as ações que mais apareceram foram: Banco do Brasil (BBAS3), Itaúsa (ITSA4), Sanepar (SAPR11), Oi (OIBR3), Via (VIIA) e B3 (B3SA3).

Aparentemente, uma carteira constando essas ações poderia ser considerada como “bem estruturada” e que rendeu bons retornos. Afinal, ela é composta por empresas sólidas e conhecidas como Itaúsa, Sanepar, B3 e Banco do Brasil. Além disso, ainda conta com as chamadas “pimentas”, bastante comentadas nas redes sociais. VIIA3 (ou “Vara”) e a Oi (considerada por muitos como a maior oportunidade da bolsa).

Porém, será que na prática foi isso que aconteceu?

Abaixo, segue o desempenho da Carteira Teórica dos Investidores da Capitalizo (com as ações citadas acima), em comparação com três das nossas Carteiras de Ações de Longo Prazo e com o Ibovespa, desde Julho de 2017:

Perceba que, enquanto essa Carteira Teórica dos Investidores da Capitalizo rendeu 35%, a nossa Carteira mais conservadora de ações a Dividendos, teve ganhos de 147%. Quando comparamos com as Carteiras que renderam mais, a Tiago Prux e a Micro e Small Caps que subiram, respectivamente, 442% e 354%, a diferença é ainda maior.

Infelizmente, a Carteira Teórica dos Investidores da Capitalizo sequer bateu o Ibovespa.

Considerando uma aplicação de R$50.000, o investidor que tivesse essa Carteira Teórica teria hoje, passados quase 5 anos teria hoje R$67.500. Já quem seguiu a nossa Carteira Micro e Small Caps, o montante acumulado seria muito maior: R$227.000.

Só investir não basta, é preciso investir bem

Acredite, só assistir vídeos no YouTube ou entrar em algum site de ‘’dados’’ de empresas e ver o P/VP e o PL não farão você ganhar dinheiro, de forma consistente. Não estou dizendo que o investidor pessoa física não pode ganhar dinheiro, mas essa não é a realidade da maioria.

Para o investidor ‘’comum’’ que tem a sua profissão, família, que pega trânsito e ainda tem que ‘’viver’’, é extremamente complexo conciliar tudo isso com uma análise profunda dos seus investimentos – digo complexo para não dizer impossível.

Isso não significa que não erramos. Qualquer profissional erra e no mercado financeiro isso não é diferente. A grande vantagem é que trabalhamos com foco 100% direcionado em fazer com que as pessoas ganhem dinheiro de maneira consistente e, principalmente, sem correr riscos desnecessários. Dessa forma, evitamos que qualquer erro da nossa parte se transforme em tragédia.

Queremos que você invista de forma profissional, que foque mais em ganhar dinheiro e dispenda apenas 10 minutos por mês para manter atualizada a sua Carteira de Ações de Longo Prazo.

“Ah Tiago, mas você está dizendo isso só porque quer vender a Capitalizo!”

Eu gosto muito de ganhar dinheiro. Quem não gosta? Então, se eu puder unir o útil ao agradável, é ainda melhor.

Com a venda das assinaturas, conseguimos manter uma estrutura fantástica com analistas que vão me ajudar a investir ainda melhor. Sem contar que terei mais dinheiro para investir. O que temos é uma relação ganha-ganha sensacional.

Além disso, como entusiasta do mercado e profundo conhecedor dos anseios dos investidores o que eu mais quero é que todos tenham sucesso nos seus investimentos.

Eu sou a “prova viva” da importância de se investir de forma profissional – como eu e minha família fazemos hoje. E desejo o mesmo para todos os investidores.  E o melhor: tudo isso é feito de forma independente, sem conflitos de interesse.

Um abraço e ótimos investimentos!
Tiago Prux

E você, quer investir de forma realmente profissional e contar com as melhores Estratégias de Investimentos, todas com resultados comprovados e o melhor atendimento do mercado?

Faça como mais de 16 mil investidores, escolha uma das nossas assinaturas e junte-se a nós!