Vale a pena investir em ações todos os meses?

como a politica afeta os investimentos em tesouro direto 20180126172625.jpg

Provavelmente, a frase mais importante do mercado financeiro foi dita por um físico, o alemão Albert Einstein.

Segundo Einstein, “os juros compostos são a força mais poderosa do universo e a maior invenção da humanidade, porque permitem uma confiável e sistemática acumulação de riqueza”.

Einstein não poderia estar mais certo, já que os juros compostos fazem parte da equação que pode deixar qualquer pessoa milionária no longo prazo:

Juros compostos + aportes recorrentes + paciência = possibilidade de altos ganhos

Essa equação pode funcionar para praticamente todos os tipos de investimentos. Desde aplicações no tesouro direto, fundos de investimentos, fundos multimercado e, especialmente, no mercado de ações.

Os aportes recorrentes contribuem para a acumulação de patrimônio e ajudam os investidores que não têm altas somas para iniciar suas aplicações. A paciência também é fundamental, pois os juros compostos podem demorar um pouco para apresentarem efeito significativo nas suas finanças.

Vamos fazer um exercício de simulação de aportes utilizando as cotas mensais da nossa Carteira Tiago Prux de Longo Prazo.

Essa Carteira é o que chamamos de Global, já que mais de 90% das ações que a compõe são de empresas internacionais ou, então, companhias brasileiras que também têm negócios no exterior.

A grande vantagem desse tipo de Carteira é que, por sua composição, afastamos o risco de estarmos expostos somente no Brasil e poderemos aproveitar o crescimento e oportunidades em outros países do mundo.

E é exatamente isso que eu faço para a minha filha que tem apenas 2 anos de idade, mas já é uma investidora.

Tenho certeza que ela vai me agradecer muito no futuro.

O SIMULADOR

No nosso simulador, consideramos a aplicação mensal de R$ 500 desde 2017, utilizando como base o valor da cota do final de cada mês.

Lembrando que R$ 500 é apenas para exemplificar. Para esse tipo de Estratégia não existe valor mínimo ou máximo.

Para efeitos de comparação, utilizamos também o valor do CDI, balizador bastante comum dos principais investimentos de renda fixa disponíveis no mercado.

Considerando o período de Julho/17 até o final de Fevereiro/24, teríamos feito 80 aportes de R$ 500 ou R$ 40.000 investidos no total.

Abaixo, vemos o valor que teríamos acumulado na Carteira Tiago Prux em comparação ao CDI:

Na linha laranja, temos o valor acumulado no CDI, pouco mais de R$ 53.300 com ganho total de +33,30%.

Já na linha verde, temos o valor acumulado da Carteira Tiago Prux, um total de R$ 106.370 com ganho de +165,9%.

ATENÇÃO!

Vale lembrar que esse tipo de simulação é meramente informativa. É impossível prever o quanto ações ou CDI devem render em longo prazo.

Porém, se o que simulamos acima puder servir para você começar a se planejar e investir mensalmente, nosso trabalho valeu a pena.

Agora, imagine o resultado que essa mesma disciplina e constância nos aportes pode gerar, no longo prazo, em uma Carteira bem montada como a Tiago Prux de Longo prazo.

Como costumamos falar, “não basta investir, é preciso investir bem”.

Um abraço e ótimos investimentos!
Tiago

Caso você queira manter o controle dos seus investimentos, mas não quer mais investir sozinho e entende que seguir estratégias profissionais de investimentos é o que faz mais sentido em busca de melhores retornos, junte-se a nós!

CONHEÇA A CARTEIRA TIAGO PRUX

A Carteira Tiago Prux foi pensada e estruturada para você que segue a filosofia do Buy and Hold e que quer se tornar um investidor global.

Com essa estratégia, bastam 10 minutos por mês para você manter sua carteira 100% atualizada e “à prova” de crises.

Entenda a Estratégia da Carteira no vídeo abaixo:

Essas ações pagaram 21% (ou R$21.000) para serem mantidas em Carteira

Capas Blog 15

Você sabia que é possível ter uma Carteira de Ações que te paga Renda Extra TODOS OS MESES simplesmente por você manter esses ativos?

Sério!

Como seria para você receber exatos R$ 21.000 na sua conta sem trabalhar 1 minuto a mais por isso? Te ajudaria a alcançar sua liberdade financeira?

Porque esse valor foi só dos dividendos recebidos em 2023 por um de nossos assinantes, após investir R$ 100 mil na nossa Carteira Dividendos+.

Dá uma olhada no *Retorno em Dividendos recebidos por esse mesmo investidor ano a ano, nos últimos anos:

*Esse retorno refere-se ao Dividend Yield on Cost, que representa o ganho em Dividendos no ano em relação ao valor inicial da Carteira.

Perceba que somente em 2024, passados apenas 3 meses, esse retorno em Dividendos foi de 8,17%.

Isso mesmo, quase 8,17%, apenas esse ano.

Esse é o verdadeiro efeito “bola de neve” dos “juros sobre juros”.

ALÉM DO 13º SALÁRIO

Se você gosta de receber o seu “13º salário” todos os anos, imagine receber mais 12 salários?

E o melhor de tudo… poder receber seu primeiro pagamento assim que o mês virar.

Como isso é possível?

A composição atual da Carteira Dividendos+ permite que você receba, mensalmente, valores na sua conta.

Abaixo, temos os meses de todos os pagamentos das ações que fazem parte da Carteira – só não colocamos os nomes e códigos, por se tratarem de recomendações exclusivas dos nossos clientes:

Não importa quanto dinheiro você tem: R$ 5 mil, R$ 100 mil, R$ 1 milhão ou mais, a Carteira Dividendos+ é uma verdadeira “geradora” de Renda Extra.

RETORNO MUITO ACIMA DA MÉDIA

A Carteira Dividendos+  foi cuidadosamente montada para entregar diversificação, resultados consistentes, dividendos e segurança – exatamente o que vem acontecendo, desde o seu início:


Pelas nossas pesquisas, arrisco afirmar que é essa é a Carteira mais vencedora entre todas as Casas de Análises e Grandes Gestoras do mercado.

Para você ter uma noção, desde 2017 o ganho médio do Ibovespa está em +10% ao ano, enquanto o da Carteira acima está em +23% ao ano na média.

Apenas como um exercício de simulação e considerando esse ganho médio de 23% ao ano, você:

💰 Dobraria seu capital em pouco mais de 3 anos;

💰 Teria R$ 450 mil em 10 anos, com uma aplicação de R$ 50 mil;

💰 Transformaria, em 15 anos, os mesmos R$ 50 mil em R$ 1,3 milhões.

Nada mal, não?

Apenas como comparação, Warren Buffett, o maior investidor de todos os tempos conseguiu uma média de 20% ao ano (em dólar) até hoje…

ESCOLHA AS AÇÕES CERTAS

Mas você sabe qual o “segredo” para mantermos essa excelência nos resultados?

Escolher as ações certas que farão parte da Carteira.

Aqui na Capitalizo, os nossos analistas fazem um trabalho excelente, de forma muito diligente no acompanhamento de todas as Ações que fazem parte da Carteira, como das oportunidades que poderão aparecer no futuro.

Isso tudo é fruto dos anos de experiência que temos no mercado, comprovada com os nossos resultados.

A boa notícia é que você pode ter acesso a essa lista completa e exclusiva de Ação que irão gerar Renda Passiva, todos os meses.

Como?

Basta assinar o Carteiras Capitalizo.

Um abraço e ótimos investimentos
Tiago Prux

Calculadora do Milhão: saiba como viver de renda com dividendos

Capas Blog

Se você é um investidor que sonha viver de renda passiva, então vai ter que passar por uma fase importante conhecida como acumulação.

Nessa fase, você coloca um objetivo de tempo e do valor que fará em aportes.

O ideal é investir valores que você não vai precisar utilizar.

Enquanto alguns investidores vão ter uma quantidade fixa por mês, outros irão utilizar um valor percentual da sua renda, como por exemplo 5%, 10% ou mais.

Não existe uma fórmula para isso, pois depende do quanto você está confortável para investir.

Além disso, vão ter pessoas que farão aportes bimestrais ou trimestrais. E tudo bem!

Para viver de renda passiva o mais importante é começar, mesmo se for com pouco. E depois você vai poder aumentar esses valores.

“QUANTO EU VOU GANHAR?” 💰

Essa é a pergunta que todos fazem, e a resposta é: não temos como saber – ninguém tem.

Felizmente ou infelizmente, não temos como prever o montante final, pois esse valor depende de diversas variáveis e a maior parte delas não está sob nosso controle.

Por isso, não perca seu tempo e seu foco ao fazer centenas de simulações – ainda mais em ações que, como o próprio nome diz, é renda variável.

Lembre-se que você tem a chance de ganhar muito dinheiro e viver da renda desses valores. E é o que mais importa.

No exemplo da nossa projeção, utilizamos a nossa Carteira Dividendos+ como referência. Os ganhos médios que conseguimos até agora são perfeitamente replicáveis para o futuro.

Porém, não temos como dar certeza sobre os valores, que podem ser menores ou até maiores que os projetados.

A CALCULADORA

Abaixo, temos a projeção dos ganhos da nossa Carteira Dividendos+ e do Ibovespa para os próximos 10 e 20 anos, considerando aportes mensais de R$1.000:

▶ Comparativo considerando o prazo de 10 anos

Total investido: R$120.000

-Carteira Dividendos+: R$ 447 mil

-Ibovespa: R$ 209 mil

▶ Comparativo considerando o prazo de 20 anos

Total investido: R$240.000

-Carteira Dividendos+: R$ 4,6 milhões

-Ibovespa: R$ 798 mil

⚠️Importante e não custa lembrar: o retorno passado nunca é garantia de retorno futuro. Isso é apenas um exercício de simulação. Os retornos anuais considerados foram de 24% da Carteira Dividendos+ e de 10% do Ibovespa, desde Julho de 2017.

A HORA DE VIVER DE RENDA

Talvez em algum momento no futuro você não queira mais fazer aportes, ou simplesmente queira retirar os valores dos dividendos, sem fazer o reinvestimento.

Lembro que o retorno da Carteira Dividendos+ leva em consideração o reinvestimento, do seu início até hoje. Tomando como base o nosso retorno em dividendos (yield), a média anual está em torno de 9,26%.

Ou seja, esse seria o retorno projetado médio sem fazer novos reinvestimentos.

Dessa forma, caso fosse do seu interesse viver de renda passiva com dividendos, os retornos seriam os seguintes:

▶ Comparativo considerando o prazo de 10 anos

Valor total projetado da Carteira de Dividendos: R$ 447 mil

Projeção de dividendos ao mês: R$ 3,4 mil

▶ Comparativo considerando o prazo de 20 anos

Valor total projetado da Carteira de Dividendos: R$ 4,6 milhões

Projeção de dividendos ao mês: R$ 36 mil

⚠️ Importante: Lembro que esse valor mensal é apenas a divisão do valor anual por 12 meses. O recebimento de dividendos é variável e, mesmo que a nossa Carteira esteja pagando Dividendos todos os meses, não temos como garantir que isso se manterá o futuro.

POR QUE UTILIZAR UMA CARTEIRA FOCADA EM DIVIDENDOS?

Qualquer uma das nossas Carteiras de Ações de Longo Prazo pode ser usada para a Estratégia de aportes mensais.

Porém, como o foco da Dividendos+ é encontrar ações de empresas que já pagam ou pagarão “gordos” dividendos, ela “casa” perfeitamente com esse perfil.

“SE FOSSE TÃO FÁCIL, TODO MUNDO FARIA!”

Concordo! Sei que ao olhar apenas os resultados tudo parece muito fácil para ser verdade.

Quem nunca investiu de forma profissional tem todo o direito de desconfiar, e é nossa obrigação explicar como as coisas funcionam.

Primeiramente é preciso entender que não existe mágica, e nem milagre. Esse é um longo caminho e desafios não vão faltar.

Vontade de desistir, ficar preocupado porque o mercado caiu, ou querer resgatar todo o dinheiro para comprar o “carrão” do ano.

São pensamentos que, de tempos em tempos, vão vir à sua cabeça. Acredite, pois eu já passei por isso.

Para viver de renda passiva, só investir não basta!

Em segundo lugar, a maior parte das pessoas que investe não possui um método ou uma estratégia. São investidores que não atuam de forma profissional no mercado.

Para alcançar sua liberdade financeira você deve se tornar um investidor de verdade.

Ser profissional não é ser analista, e muito menos ter que fazer análises.

Eu não faço análises, mas sigo as feitas pela nossa equipe. Portanto invisto como um profissional.

Pense em alguma pessoa de sucesso: Warren Buffett, Michael Jordan, Pelé…

Eles são excepcionais, mas não cresceram sozinhos.

E quanto às pessoas de sucesso que estão a sua volta: um primo, irmão, amigo…

Eu não preciso conhecê-los para saber que nunca fizeram nada sozinhos.

A grande maioria das pessoas de sucesso é profissional, pois conta com um suporte humano ao seu redor. E é exatamente o que eu faço.

A dura realidade de quem investe é que a maioria está sozinha ou mal assessorada, e perde muito dinheiro ou nunca ganha nada.

Ter um método a seguir aqui na Capitalizo me dá uma chance bem maior de ganhar dinheiro. Eu sigo tudo o que recomendamos, e sou a prova viva de que funciona.

Como costumo falar, não sabemos se o preço da PETR4 vai subir ou cair amanhã – e ninguém sabe.

Contudo, por termos estratégias bem montadas sempre sabemos como pensar e agir.

E o melhor… fazemos tudo de forma 100% transparente e independente.

ALÉM DA ESTRATÉGIA

Perceba que a Estratégia, o Método, nós temos. E a maioria das pessoas pensa que ter isso já é o suficiente, mas não é verdade.

Da nossa parte temos estratégias que são usadas há muito tempo com diferentes perfis de pessoas, incluindo aquelas com dinheiro de verdade. Essa é nossa missão e o que oferecemos para você.

Porém, existe a parte do investidor que, quando perde dinheiro, geralmente é porque falha em não se atentar a alguns pontos importantes.

Eu vou comentar sobre eles e, como você verá, geralmente essa falha tem nada a ver com a estratégia…

E sim com o lado psicológico ou emocional do investidor.

É muito importante que você não subestime esses fatores, pois farão toda a diferença.

SEGUIR O QUE RECOMENDAMOS

Não prometemos ganhos, mas prometemos entregar os mesmos métodos que  já trouxeram tantos lucros para milhares de cidadãos comuns. Portanto, se quiser você pode seguir o que recomendamos.

Agora pergunto: é mais fácil ganhar dinheiro usando algo que já funciona ou sem método algum?

É claro que fazemos ajustes finos ao longo do caminho, mas seguimos uma linha de pensamento que nos trouxe resultados acima da média e, ao que tudo indica, eles irão continuar.

Escolhas ruins ou perdas irão acontecer e fazem parte. Porém, saber minimizar essas perdas e errar pouco são fundamentais para se ganhar dinheiro na bolsa.

E é exatamente o que fazemos aqui.

TER PERFIL

De uma forma geral, não existe melhor ou pior estratégia ou investimento. Vai depende de cada perfil…

É muito importante que a pessoa que vai investir em ações tenha um perfil para o “sobe e desce” do mercado.

Muitos nasceram para pular de paraquedas, ou subir no alto de um prédio de 100 andares e olhar para baixo, por exemplo.

Já eu não gosto de altura e não tenho perfil para esse tipo de coisa. Porém esse fato não invalida o de que outras pessoas possam gostar.

Sendo assim, respeite o seu perfil e ignore o dos outros.

SER SIMPLES PODE NÃO SER FÁCIL

Fazer investimentos mensais durante 10 ou 20 anos pode ser fácil para algumas pessoas e para outras não.

Além disso, nem tudo que é fácil na teoria é simples de ser seguido na prática.

Tomar 1 ou 2 litros de água pode parecer fácil, mas quem consegue seguir essa dica todos os dias?

Pois é, então não subestime as coisas quando parecem ser fáceis.

DISCIPLINA E PACIÊNCIA

Crises, altas e baixas da bolsa, e aquela ação que não sai do lugar.

Como falei, a vontade de “jogar tudo para o alto” em algum momento vai aparecer.

Além disso, investir é um processo de longo prazo e um dos segredos é você ter consistência. Costuma ganhar mais quem é mais consistente.

Se você investe bem, o tempo está ao seu favor!

Por isso, ter paciência e disciplina são fundamentais em seu planejamento.

SÓ 10 MINUTOS MÊS PARA VOCÊ VIVER DE RENDA ⏱️

Por fim, só lhe pedimos uma coisa: que você reserve 10 minutos por mês para ver se a sua carteira teve algum tipo de modificação.

É importante frisar que essa estratégia é de longo prazo e de baixíssimo giro, e que eventualmente algumas ações poderão sair ou entrar na carteira.

Dessa forma, é importante que às 18:00 do último dia útil de cada mês você verifique se aconteceu ou não alguma alteração, acessando no seu computador ou em nosso aplicativo.

Caso algo tenha sido recomendado, você vai poder efetuar a movimentação no dia seguinte ou nos próximos.

Caso não tenha acontecido nenhuma alteração – o que será o padrão, você só precisará fazer o aporte do mês e comprar o que recomendamos a você.

E caso você queira entender mais, lembro que diariamente publicamos relatórios falando sobre o mercado e as empresas. Porém, reforço que o necessário para o investidor é apenas ter 10 minutos por mês.

É a chance que você tem de investir no seu futuro e da sua família, para viver uma vida diferente da maioria, assim como a de milhares de pessoas que seguem as recomendações da Capitalizo.

Logo abaixo você vai ter acesso a mais informações da Carteira Dividendos+, para ser um investidor mais profissional e capaz de buscar sua liberdade financeira.

Um abraço e ótimos investimentos!
Tiago Prux

CONHEÇA A CARTEIRA DIVIDENDOS+ DA CAPITALIZO

Como receber dividendos todos os meses?

Capas para o blog 1

Viver de renda passiva e receber dividendos mensais é o grande sonho de milhões de investidores.

Para que se torne realidade, é necessário que você tenha uma estratégia profissional de investimentos, que lhe permita investir de forma assertiva – sem correr riscos desnecessários.

Além disso, é importante que sua carteira seja composta, em sua maioria, por ações de empresas que gerem muito caixa, e com tendência de crescimento dos seus lucros da forma mais estável e constante possível.

NÃO OLHE OS DIVIDENDOS PELO RETROVISOR 👀

Infelizmente, a maioria dos investidores fica presa ao passado quando vai montar sua Carteira Geradora de Renda, ao invés de olhar para frente.

Avalia apenas o que as ações geraram de dividendos, sem entender como aqueles resultados foram criados, ou se eles são potencialmente sustentáveis.

O resultado disso é que esses investidores acabam amargando prejuízos, ou deixando de ganhar muito dinheiro ao longo dos anos.

Afinal de contas…

Investimento é solução, e não problema“.

Por isso, é de fundamental importância que o investidor olhe para o futuro e entenda quais empresas vão trazer os maiores pagamentos para sua Carteira.

É um conselho importante, mas não é o único.

NÃO COMETA ESSE ERRO

Muitos investidores costumam escolher suas ações Geradoras de Renda Passiva em função da periodicidade de pagamento.

Ou seja, estão mais preocupados em ter ações que pagam dividendos mais vezes do que ter ativos que irão pagar valores maiores.

O fato de uma empresa pagar duas vezes por ano não a deixa menos atrativa do que uma que paga todos os meses. Quem cai nessa cilada deixa “muito dinheiro na mesa”.

Dessa forma, é importante que o investidor entenda que receber “gordos” dividendos é consequência de boas escolhas.

Quando escolhemos boas empresas e diversificamos a Carteira, a consequência é ter um portfólio que possa gerar renda todos os meses. Exatamente como faz a nossa Carteira a seguir…

CARTEIRA DIVIDENDOS+ DA CAPITALIZO 💰

Desde 2017, a Capitalizo tem a sua Estratégia de Geração de Renda Passiva em Ações, a Carteira Dividendos+.

De lá para cá a Estratégia tem funcionado tão bem que eu arrisco a dizer que, atualmente, essa é a Carteira mais rentável do Brasil na sua categoria…

Pois entrega rentabilidade acima da média, a menor volatilidade possível e, claro, dividendos constantes.

Recentemente, o nosso time de analistas atualizou a projeção dos pagamentos de proventos (dividendos + juros sobre o capital próprio).

E a ótima notícia é que, para os próximos anos, deverá “pingar” dinheiro na conta dos nossos clientes todos os meses.

E para que possa viver de dividendos, você precisa entender dois momentos distintos e muito importantes…

A fase da acumulação e a hora de viver de renda.

Para cada investidor, estes momentos serão diferentes.

Logo abaixo fizemos duas simulações, uma de 10 e outra de 20 anos, que mostram o efeito que poderemos ter ao longo do tempo sobre cada recebimento.

Para essas simulações, utilizamos a rentabilidade atual da nossa Carteira Dividendos+.

A FASE DA ACUMULAÇÃO 💲

A primeira fase do processo de “viver de renda passiva” é chamada de acumulação.

Nessa etapa, o investidor coloca um objetivo de tempo e o quanto ele irá aportar.

Recomendo que você invista somente valores que não precisará utilizar. Não existe uma regra fixa. Alguns terão uma quantidade “x” por mês, outros utilizarão um valor percentual da sua renda, como por exemplo 5%, 10% ou mais.

O importante é começar.

“QUANTO IREI GANHAR COM DIVIDENDOS?” 🤔

Essa é a pergunta que todos fazem, e a resposta é: não temos como saber – ninguém tem.

Felizmente ou infelizmente, não temos como prever o montante final, pois esse valor depende de diversas variáveis e a maior parte delas não está sob nosso controle.

Por isso, não perca seu tempo e seu foco fazendo simulações – ainda mais em ações que, como o próprio nome diz, é renda variável.

Lembre-se que você tem a chance de ganhar muito dinheiro e viver da renda desses valores. É o que mais importa.

No exemplo da nossa projeção, utilizamos a nossa Carteira Dividendos+ como referência. Os ganhos médios que temos conseguido até agora são perfeitamente replicáveis para o futuro.

Contudo, não temos como dar certeza dos valores, que podem ser menores ou até mesmo maiores do que os projetados.

A SIMULAÇÃO

Abaixo, temos a projeção dos ganhos da nossa Carteira Dividendos+ e do Ibovespa para os próximos 10 e 20 anos, considerando aportes mensais de R$ 1.000:

COMPARATIVO CONSIDERANDO O PRAZO DE 10 ANOS

Total investido: R$120.000

  • Carteira Dividendos+: R$ 456 mil
  • Ibovespa: R$ 207 mil

 COMPARATIVO CONSIDERANDO O PRAZO DE 20 ANOS

Total investido: R$240.000

  • Carteira Dividendos+: R$ 4,7 milhões
  • Ibovespa: R$ 770 mil

Importante e não custa lembrar: o retorno passado nunca é garantia de retorno futuro. Isso é apenas um exercício de simulação. Os retornos anuais considerados foram em torno de +24% da Carteira Dividendos+ e +10% do Ibovespa, desde julho de 2017.

A HORA DE VIVER DE RENDA! 🕰️

Talvez em algum momento no futuro você não queira mais fazer aportes, ou simplesmente queira retirar os valores dos dividendos, sem fazer o reinvestimento.

Lembro que o retorno da nossa Carteira Dividendos+ leva em consideração o reinvestimento, do seu início até hoje. Tomando como base o nosso retorno em dividendos (yield), a média anual está em torno de 10%.

Ou seja, esse seria o retorno projetado médio sem fazer novos reinvestimentos.

Dessa forma, caso fosse do seu interesse “viver” desses dividendos, os retornos seriam os seguintes:

COMPARATIVO CONSIDERANDO O PRAZO DE 10 ANOS

  • Valor total projetado da Carteira de Dividendos: R$456 mil
  • Projeção de dividendos ao ano: R$45.399
  • Projeção de dividendos ao mês: R$3.783

COMPARATIVO CONSIDERANDO O PRAZO DE 20 ANOS

  • Valor total projetado da Carteira de Dividendos: R$ 4,7 milhões
  • Projeção de dividendos ao ano: R$472.890
  • Projeção de dividendos ao mês: R$39.407

Importante: esse valor mensal é apenas a divisão do valor anual por 12 meses.

O recebimento de dividendos é variável e, mesmo que a nossa Carteira esteja pagando todos os meses, não temos como garantir que se manterá no futuro.

Um abraço e ótimos investimentos!
Tiago Prux

CONHEÇA A CARTEIRA DIVIDENDOS+ DA CAPITALIZO

A Carteira Recomendada de Dividendos mais rentável do Brasil

carteira de dividendos scaled

Recentemente, a Consultoria Quantum publicou um Ranking trazendo os melhores Fundos de Investimentos, com foco em Dividendos.

Segundo o própria Quantum, apesar da maior parte dos Fundos de Ações não estarem apresentando uma boa performance até agora, a categoria Dividendos tem sido um dos destaques positivos.

Uma das razões é que, normalmente, as ações de empresas focadas em Dividendos costumam ser mais conservadoras em função da previsibilidade dessas companhias.

Um bom exemplo de setor estável, previsível e ótimo pagador de proventos é o de Energia, especialmente as empresas de Energia Elétrica (Geradoras, Distribuidoras e Transmissoras).

O RANKING DE DIVIDENDOS

No Ranking apresentado, a Consultoria separou os Fundos que mais renderam em 2022.

Abaixo, elencamos os Fundos do Ranking que estão abertos para captação e colocamos junto a eles a nossa Carteira Recomendada Dividendos+, que é o destaque dessa lista:

Perceba que 2022 foi um bom ano para a categoria, com praticamente todos os Fundos rendendo acima do IDIV e do Ibovespa.

MAS E NO LONGO PRAZO?

Em prazos mais dilatados, é fundamental que boas Estratégias entreguem bons retornos. Afinal, no mercado financeiro, ganhar dinheiro é o que dá sentido às coisas.

Pensando nisso, separamos dentre esses bons Fundos, aqueles que possuem um histórico semelhante ao da nossa Carteira Dividendos+, iniciada em 2017.

Abaixo temos o desempenho comparativo entre Julho de 2017 até Julho de 2023:


Nos resultados acima, fica claro que, no Longo Prazo, o retorno da nossa Carteira Recomendada Dividendos+ é bastante superior aos apresentados pelos Fundos.

É importante frisar que esse comparativo não tem a intenção de criticar esses Fundos e seus Gestores, mas sim demonstrar, na prática, a confiança que temos em nossas Estratégias e a possibilidade que você investidor tem de receber uma renda passiva todos os meses ao seguir nossas recomendações.

Além disso, lembramos que, em nossa Carteira, o investidor recebe os Dividendos em sua própria conta — o que não ocorre nos Fundos.

Por último e não menos importante, não podemos garantir que esse retorno se repetirá, já que “retorno passado não é garantia de retorno futuro”.

Por outro lado, posso garantir que o trabalho que fez da Dividendos+ a melhor Carteira do mercado continuará sendo feito da mesma forma.

Um abraço e ótimos investimentos
Tiago

CONHEÇA A CARTEIRA DIVIDENDOS+ DA CAPITALIZO

Saiba como viver de renda com Fundos Imobiliários

e possivel viver da renda de fundos de investimento imobiliario 20180130124610.jpg

O QUE É UM FUNDO IMOBILIÁRIO?

Um fundo imobiliário é uma modalidade de investimento em que o investidor compra cotas de ativos relacionados ao mercado imobiliário.

Um FII pode ser, na linguagem utilizada pelo mercado, de “papel” ou de “tijolo”.

Isso quer dizer que, em um FII de papel, o gestor irá adquirir, com o dinheiro das cotas, papéis como CRIs (Certificado de Recebíveis Imobiliários) e LCIs (Letras de Crédito Imobiliário).

Já no FII de tijolo, o gestor irá comprar imóveis reais, tanto urbanos como rurais, já construídos ou em construção. Tudo vai depender da estratégia de investimento daquele FII.

POR QUE INVESTIR EM UM FUNDO IMOBILIÁRIO?

O investimento em Fundos Imobiliários é uma das formas mais inteligentes de investir em imóveis.

Além dos rendimentos mensais serem isentos de Imposto de Renda, é possível investir nos principais empreendimentos (logísticos, corporativos, shoppings, entre outros) e títulos de renda fixa, atrelados ao mercado imobiliário, do Brasil e do mundo (esse, através do REITs americanos).

COMO O INVESTIDOR É REMUNERADO?

Aqui está a grande vantagem dos FIIs. Uma vez adquiridas cotas de um FII, é como se você possuísse um pedaço de um shopping, de um hospital, ou de um galpão industrial, por exemplo.

Da mesma forma como acontece diretamente no mercado imobiliário, os imóveis do seu FII terão que pagar um aluguel para a gestora. Isso porque estão ocupando o imóvel que pertence ao Fundo.

Dessa forma, o FII remunera o investidor repassando a ele uma parcela desse aluguel sob a forma de rendimento mensal (dividendos). O mais interessante é que esse rendimento não é tributado pelo Imposto de Renda.

Só há cobrança de IR quando o investidor vende suas cotas com lucro. Nesse caso, a alíquota é de 20%.

Além disso, o investidor possui um pedaço de um imóvel, mas não tem que se preocupar com a administração, cobranças, nem burocracias.

Isso fica a cargo da gestora do Fundo, que para isso recebe uma taxa de gestão, e da administradora, que recebe uma taxa de administração.

Em linhas gerais, a gestora cuida do negócio em si, negociando contratos, arranjando inquilinos e adquirindo novos imóveis, e a administradora cuida da parte contábil e de supervisão da gestão.

Existem, portanto, diversas vantagens de investir em um FII, como isenção de imposto de renda, alta liquidez da maioria dos ativos e diversificação da carteira de investimentos.

Ocorre que os FIIs são ativos de renda variável e, portanto, suas cotas sofrem variação de preço de acordo com alguns comportamentos do mercado.

SIMULADOR DE RENDA COM FUNDO IMOBILIÁRIO

A ideia do simulador é mostrar, na prática, como se comportou uma aplicação feita em um dos Fundos Imobiliários que está entre as nossas recomendações.

Esse FII atua na atividade de locação de galpões logísticos é composto por 20 imóveis e uma base bem diversificada de locatários.

Ou seja, esse Fundo é um dos melhores do mercado e sempre fez parte da nossa Carteira Recomendada.

Vale lembrar que esse FII está na B3 desde o início de 2011 e que ele pagou dividendos todos os meses durante esse período – o que “facilita a vida” de quem quer viver de renda.

Apenas para fins de simulação, pois não existe valor mínimo para investir em FIIs, vamos considerar que tenhamos feito uma aplicação de R$ 50.000 nesse Fundo, em 2011.

No gráfico abaixo, mostramos a evolução, desde 2011, do quanto ele pagou somente em dividendos, durante o período:

Perceba que, em 2011, o retorno foi de R$ 3.950 ou 7,9% em relação à aplicação de R$50.000. Conforme o Fundo foi crescendo e aumentando seus rendimentos, os dividendos também cresceram.

Considerando 2022, o retorno foi de R$7.978 ou 15,95% em relação à aplicação inicial de R$50.000.

Isso mesmo que você leu: somente em 2022, o retorno foi de quase 16% apenas em dividendos – uma taxa superior a +1,3% ao mês.

Se considerarmos os recebimentos de dividendos desde 2011, o retorno total teria sido de R$68.000 ou +136% em relação ao aporte inicial.

RETORNO TOTAL 

Não podemos esquecer que, além dos dividendos, podemos ganhar dinheiro com a valorização das cotas.

No caso do Fundo Imobiliário da nossa simulação, considerando o retorno de dividendos somado ao que as cotas se valorizaram na B3, o resultado final é de um ganho total de +455%.

No mesmo período, o CDI rendeu +175%, e a Poupança, +87%. Já a Inflação (IPCA) foi de +98,8%.

Para se ter ideia do quão fantástico é esse retorno de +455%, o metro quadrado no bairro carioca do Leblon, o mais caro do Brasil, era de R$15.900 em 2011 e subiu para R$21.900 no final de 2022 – uma valorização de apenas +37,74% no período.

POR QUE INVESTIR EM FUNDOS IMOBILIÁRIOS E REITS?

O investimento em Fundos Imobiliários e REITs são duas das formas mais inteligentes de investir em imóveis.

Além dos rendimentos mensais serem isentos de Imposto de Renda, é possível investir nos principais empreendimentos (logísticos, corporativos, shoppings, entre outros) e títulos de renda fixa, atrelados ao mercado imobiliário, do Brasil e do mundo, através do REITs americanos.

DESEMPENHO DA CARTEIRA DE FIIS E REITS DA CAPITALIZO

Abaixo, segue o desempenho Carteira Capitalizo de FIIs e REITs desde Outubro de 2017 até hoje. Perceba que, nesse período, o nosso retorno é muito superior ao apresentado pelo IFIX:

Melhores pagadoras de dividendos: o que podemos esperar em 2024?

shutterstock 179739326 1024x683 1

CENÁRIO DE INCERTEZAS

Em um cenário de incertezas que assola o mundo, será que existe alguma estratégia campeã? Que tal investir em possíveis melhores pagadoras de dividendos?

Mesmo que boa parte da população mundial ainda venha sentindo os efeitos da alta de preços, não podemos deixar de citar que a inflação já dá sinais de maior controle em diversos países, incluindo Brasil, EUA e os do continente Europeu.

Esse arrefecimento é reflexo direto da atuação forte promovida pelos Bancos Centrais, que passaram a elevar consideravelmente as taxas de juros com o intuito de frear a economia.

Por outro lado, agora rondam preocupações de que isso possa promover um cenário de recessão global. Assim, todos os mercados seguem na expectativa de que uma onda de corte de juros, como já vista aqui no Brasil, possa ocorrer ao longo do mundo ainda em 2024. Portanto, o que não falta são incertezas!

Assim, neste artigo, você compreenderá como é possível driblar cenários de incerteza, a importância da análise fundamentalista e de uma estratégia de dividendos.

Confira!

COMO LIDAR COM AS INCERTEZAS ATUAIS?

Diferentemente do risco, em que é possível avaliar se um investimento é relevante ou não a partir de análises estatísticas, a incerteza causa certo pânico no mercado.

Muitos novatos buscam a “fórmula secreta” para ganhar dinheiro na bolsa, mas não é bem assim que funciona. Tudo parte de um processo de inteligência emocional.

Para lidar com as incertezas e possíveis cisnes negros que despencam os mercados, torna-se crucial utilizarmos dois pilares: autoconhecimento e autogestão das emoções.

Isto é, não basta apenas ter uma vasta bagagem financeira se você não se conhece e não domina suas próprias atitudes, até mesmo para não fazer escolhas equivocadas.

As incertezas requerem pensamentos ainda mais analíticos, de modo que possamos afastar as heurísticas e vieses cognitivos que podem alterar nossa percepção.

Mais do que sermos investidores resilientes, devemos considerar o conceito de antifragilidade, ou seja, evoluir após situações imprevisíveis e de grande pressão.

MESMO COM AS INCERTEZAS, HÁ LUZ NO FIM DO TÚNEL?

Se a volatilidade vista nos últimos anos deixou você igual ao quadro “O Grito”, de Edvard Munch, saiba que ainda é possível fazer bons aportes em um cenário recheado de incertezas.

No entanto, a tão esperada “luz no fim do túnel” costuma aparecer para quem aprende que o olhar a longo prazo faz uma enorme diferença, bem como o estudo contínuo.

A análise fundamentalista permite fazer possíveis projeções a partir de avaliações financeiras, setoriais e de fatores macroeconômicos, impulsionando boas estratégias.

Diversificar as ações na carteira, por exemplo, é uma ótima tática para ter uma melhor relação entre risco e retorno, além, é claro, de tentar se proteger das incertezas.

Uma carteira diversificada pode conter segmentos distintos com grande potencial de valorização, especialmente para os investidores que almejam viver de dividendos.

QUAIS EMPRESAS PODEM SER AS MELHORES PAGADORAS DE DIVIDENDOS EM 2024?

Os balanços divulgados nos últimos trimestres revelaram que, mesmo diante desse cenário, muitas empresas seguem entregando ótimos resultados.

Com isso, pensando em uma estratégia voltada para receber proventos de maneira periódica, trouxemos abaixo uma lista com duas das melhores pagadoras de dividendos.

TAESA (TAEE11)

A Taesa é considerada uma das maiores empresas de transmissão de energia elétrica do país, atuando como intermediária entre as empresas geradoras e distribuidoras.

É um grupo privado que possui aproximadamente 14 mil km em linhas de transmissão, além de 97 subestações distribuídas em todas as regiões do Brasil.

A Taesa acabou sendo bastante beneficiada pelo período inflacionário mais agudo, uma vez que seus contratos de concessão são reajustados anual e diretamente pelo IPCA e, alguns, até mesmo pelo IGP-M.

Mesmo com a inflação voltando a patamares mais acomodados, a companhia continua apresentando resultados fortes, o que deve manter os níveis de proventos elevados. Não podemos deixar de considerar, inclusive, a Taesa como uma das melhores pagadoras de proventos, historicamente falando.

BB SEGURIDADE (BBSE3)

A empresa de participação BB Seguridade foi constituída em 2012 a partir de autorização legislativa que liberava o Banco do Brasil a constituir subsidiárias para o cumprimento de atividades previstas em seu objeto social.

Atualmente, a companhia mantém o controle sobre a BB Corretora e a BB Seguros. A primeira tem por objetivo a corretagem de seguros dos ramos elementares, de vida e saúde, títulos de capitalização, planos de previdência complementar aberta e a administração de bens.

Já a BB Seguros detém participações econômicas na Brasilseg (seguros de vida, rurais, habitacionais, residencial e outros), Brasilprev (previdência) e Brasildental (parceria entre BB Seguros e Odontoprev), além da Brasilcap (títulos de capitalização).

Também conhecida como uma das melhores pagadoras de dividendos da B3, a BB Seguridade deve continuar se beneficiando não apenas do patamar ainda elevado de juros no Brasil, mas também do resiliente setor de seguros como um todo.

Portanto, trata-se de uma ótima combinação entre fortes resultados operacionais e um ainda interessante resultado financeiro, potencializando a geração de proventos nos próximos meses.

CONCLUSÃO

Por fim, perceba que a paciência e o estudo contínuo são fatores importantíssimos na análise fundamentalista, algo que ajuda a compreender quais são as melhores pagadoras de dividendos que, possivelmente, podem reportar bons valores.

Logo abaixo, você tem acesso a mais informações da Carteira Dividendos+ e de como pode assinar a Capitalizo para começar a investir de forma profissional em busca da tão sonhada renda passiva.

CONHEÇA A CARTEIRA DIVIDENDOS+ DA CAPITALIZO

×