Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

É possível pagar R$ 0,50 por uma nota de R$ 1,00? Saiba como identificar uma barganha na Bolsa de Valores e comprar ações 'baratas'.

Benjamin Graham

Pai da filosofia de Investimentos em Valor (ou Value Investing), Benjamin Graham é considerado o mentor do maior investidor de todos os tempos, Warren Buffet. Graham ficou famoso pela frase: “comprar uma nota de US$ 1 com uma moeda de US$ 0,50”.

Graham acreditava que é preciso sempre investir com uma margem de segurança. Isso quer dizer que, como o mercado financeiro muitas vezes gera distorções entre preço e “valor justo” de uma ação, existem sempre oportunidades para comprar ações “baratas”. E para Benjamin Graham, o importante não é só comprar ações baratas, mas também comprar ações dentro de uma margem de segurança, com desconto significativo em relação ao seu valor intrínseco. Dessa forma, não só é mais fácil gerar grandes retornos, como também é possível minimizar os riscos de variação nos preços das ações.

Como identificar ações baratas

Uma das formas mais comuns de se ver se uma ação está “barata” é observar o seu P/VPA, ou seja, o preço por ação dividido pelo valor patrimonial por ação. Esse indicador mostra quanto os investidores estão pagando por cada real dos ativos residuais da empresa.

Vamos supor que a empresa ABCD esteja cotada na Bolsa a R$ 10,00, e que o seu valor patrimonial por ação também seja de R$ 10. Nesse caso, o nosso P/VPA seria de 1,00 (10/10), ou seja, as ações da empresa ABCD estariam sendo negociadas exatamente com o valor do seu patrimônio. Na verdade, isso não é comum, porque as ações, em sua maioria, são negociadas com uma expectativa de crescimento. Dessa forma, é normal que os P/VPAs de grande parte das ações estejam com valores superiores a R$ 1,00.

Porém, como sabemos, o mercado não é perfeito e em muitos casos (especialmente em tempos de baixa) mesmo ações de boas empresas podem cair e serem negociadas até abaixo do seu valor patrimonial. Ou seja, elas valem na Bolsa menos que seu próprio patrimônio. Sim, esse tipo de distorção é mais comum do que se imagina.

Ranking P/VPA

Realizamos um estudo com ações listadas na B3 para identificar as mais baratas em relação ao seu valor patrimonial. Porém, é importante ressaltar que o índice deve ser analisado em conjunto com outros indicadores e não é garantia de ativo subavaliado. Valores muito elevados podem significar oportunidade de crescimento, com incremento do patrimônio através de lucros e aumento do denominador.

Separamos algumas empresas que operam próximo ou abaixo do seu P/VPA:

EMPRESA CÓDIGO P/VPA
BR Properties BRPR3 0,63
Eletrobrás ELET3 0,73
BR Malls BRML3 0,77
Metalúrgica Gerdau GOAU4 0,86
Copasa CSMG3 0,87

 

Conheça as empresas citadas na lista

BR PROPERTIES (BRPR3)

BR Properties é uma das principais empresas de investimento em imóveis comerciais de renda do Brasil. A Companhia tem como foco a aquisição, locação, administração, incorporação e venda de imóveis comerciais, especialmente imóveis qualificados como Escritórios, Galpões Industriais e de Varejo, localizados nas principais regiões metropolitanas do Brasil, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Para o 2T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 75,5 milhões, representando um decréscimo de 23,0% em relação ao 2T19. Vale ressaltar que essa redução de receitas se deve principalmente pela venda de 15 ativos ao longo de 2019. Considerando apenas as mesmas propriedades, a receita líquida reportou aumento de 13% na comparação anual. O volume de aluguéis diferidos (em decorrência da pandemia) no segundo trimestre correspondeu a apenas 5% da receita bruta da Companhia no período.

O Ebitda Ajustado do segundo trimestre de 2020 foi de R$ 52,1 milhões, representando um decréscimo de 27,0% ao mesmo período de 2019, com uma margem Ebitda ajustada de 69,0% para 2T20 (perda de 3,0 p.p. em relação ao 2T19). Novamente, a queda está relacionada com a venda dos ativos em 2019. Em mesmas propriedades, o Ebitda Ajustado reportou aumento de 18% entre o 2T19 e o 2T20.

A companhia reportou lucro líquido de R$ 19,9 milhões no segundo trimestre de 2020, representando queda de 65,0% do lucro registrado no 2T19. A margem líquida ficou em 26,4%, com perda de 31,8 p.p. na comparação anual.

ELETROBRÁS (ELET3)

A Eletrobrás atua em geração, transmissão e comercialização de energia elétrica no Brasil. A companhia conta com uma malha de transmissão de aproximadamente 71 mil km, correspondendo a mais de 45% do total das linhas do país considerando a rede básica do Sistema Interligado Nacional (SIN). Ao final de 2019, a empresa atingiu uma capacidade instalada de cerca de 51 GW, representando 30% da capacidade alcançada pelo Brasil.

Para o 2T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 11,1 bilhões, representando um acréscimo de 68,0% em relação ao 2T19. No entanto, a receita líquida recorrente apresentou queda de 13% na comparação com o 2T19, influenciada pelo término de contratos em Furnas e Eletronorte.

O Ebitda do segundo trimestre de 2020 foi de R$ 7,8 bilhões, representando um acréscimo de 483,0% ao mesmo período de 2019, com uma margem Ebitda de 70,2% para 2T20 (ganho de 50,0 p.p. em relação ao 2T19).

A companhia reportou lucro líquido de R$ 4,6 bilhões no segundo trimestre de 2020, representando queda de 17,0% do lucro registrado no 2T19. A margem líquida ficou em 41,4%, com perda de 42,8 p.p. na comparação anual. O resultado do 2T19 foi impactado positivamente por operações descontinuadas. Se excluirmos estes efeitos, o lucro do 2T19 seria de apenas R$ 301 milhões. Já o lucro de R$4.6 bilhões do 2T20 foi impactado, principalmente, pelo efeito das revisões tarifárias das concessões de transmissão.

BR MALLS (BRML3)

A BR Malls é uma das principais empresas de shoppings da América Latina. Atualmente, a empresa possui participação em mais de 30 shoppings, situados em todas as regiões do Brasil, com quase 1.275,0 m² de área bruta locável total (ABL). O percentual médio de participação nos shoppings é de 65%.

Para o 2T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 185,5 milhões, representando um decréscimo de 43,7% em relação ao 2T19. A receita com aluguéis regrediu 34,2% devido a concessão de descontos aos lojistas em meio à pandemia. A perda com estacionamentos chegou a 90,6% em função do fechamento de shoppings e ainda ocorreu o efeito da venda de oito empreendimentos entre os períodos de comparação.

O Ebitda Ajustado do segundo trimestre de 2020 foi de R$ 48,6 milhões, representando um decréscimo de 80,0% ao mesmo período de 2019, com uma margem Ebitda ajustada de 26,2% para 2T20 (perda de 47,4 p.p. em relação ao 2T19).

A companhia reportou lucro líquido de R$ 10,2 milhões no segundo trimestre de 2020, representando queda de 93,1% do lucro registrado no 2T19, ainda com contribuição do aumento nas perdas esperadas com créditos duvidosos e efeito negativo de R$ 896,7 milhões na reavaliação do valor justo do portfólio.

METALÚRGICA GERDAU (GOAU4)

A Metalúrgica Gerdau é a holding da Gerdau, que detém 37% da empresa. Já a Gerdau é a maior siderúrgica de aço longo das américas, com 26,1 milhões de toneladas de capacidade de aço bruto. A Gerdau tem as principais operações localizadas no Brasil, com 9,2 milhões de toneladas de capacidade instalada, e nos Estados Unidos com 8,62 milhões de toneladas.

Para o 2T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 8,7 bilhões, representando um decréscimo de 14,0% em relação ao 2T19. Destaque para a elevação de 9,9% na venda de aços longos no Brasil, com grande contribuição da construção civil, variação cambial e oportunidades de exportação. Esses movimentos foram compensados pelo fraco desempenho de aços especiais, muito em função da menor demanda do setor automotivo.

A empresa reportou Ebitda Ajustado de R$ 1,3 bilhão no 2T20, representando decréscimo de 16,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. No entanto, comparado ao 1T20, houve crescimento de 12,0% do Ebitda Ajustado, desconsiderando os efeitos dos custos fixos das usinas paradas.

A companhia reportou lucro líquido de R$ 315,0 milhões no 2T20, sendo 15% menor que o lucro reportado no 2T19. Entretanto, o lucro foi acrescido em 43% quando comparado com o obtido no primeiro trimestre de 2020.

COPASA (CSMG3)

A Copasa foi criada há 55 anos, sendo uma das maiores empresas de saneamento do Brasil, atualmente controlada pelo Governo do Estado de Minas Gerais. Em 2018, a companhia abasteceu uma população de 11,4 milhões com 968,7 milhões de m³ de água, tendo também coletado 388,7 milhões m³ de esgoto dos quais 286,5mm m³ foram tratados.

Para o 2T20, a empresa reportou receita líquida de R$ 1,2 bilhão, representando um acréscimo de 9,2% em relação ao 2T19. Destaque para o crescimento das receitas da divisão de esgoto, com ganhos de 10,3% de receita bruta na comparação anual.

O Ebitda do segundo trimestre de 2020 foi de R$ 378,5 milhões, representando um acréscimo de 9,4% ao mesmo período de 2019, com uma margem Ebitda de 31,9% para 2T20 (em linha com o apresentado no 2T19).

A companhia reportou lucro líquido de R$ 146,3 milhões no segundo trimestre de 2020, representando alta de 22,9% do lucro registrado no 2T19. A margem líquida ficou em 12,3%, com ganho de 1,4 p.p. na comparação anual. Destaque para a redução de outras despesas operacionais e para a diminuição da despesa líquida financeira, mesmo com o dólar pressionando os resultados.

Quer receber as melhores recomendações de ações para montar sua carteira de longo prazo?

Conheça o Invista em Ações. O guia que vai te ajudar a construir e diversificar seu patrimônio. Receba análises e recomendações para a montagem da sua carteira de ações e conheça os ativos que podem trazer altos retornos em longo prazo. Acompanhe a nossa recomendação de diferentes Carteiras e invista com o suporte e acompanhamento da melhor equipe de analistas do mercado.

Acesse agora nossas recomendações de diferentes Carteiras 

Carteira Dividendos

Carteira Crescimento

Carteira Top Recomendadas

Carteira Small Mid Caps

Carteira Buy & Hold Raiz

Carteira de Ações Internacionais

Recomendações de Fundos de Ações

Atendimento Exclusivo Capitalizo

___

Analistas Responsáveis

Danillo Sinigaglia Xavier Fratta, CNPI-T EM-1795

Daniel Karpouzas Barcellos, CNPI EM-1855

___

Importante: leia nosso Disclosure antes de investir.

Quer ficar por dentro das novidades do mercado financeiro? Conheça o nosso Canal no Youtube e inscreva-se.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Atendimento

E-mail

contato@capitalizo.com.br

Telefone

4003-9127 (para todo Brasil)
em dias úteis, das 9h às 19h

Redes Sociais

Pagamento

Segurança

Capitalizo Análises e Recomendações – CNPJ: 27.253.377/0001-09 
© 2019 – Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Vezy

Receba nossos relatórios Grátis